O que podemos aprender com o modelo de negócio Food Truck?

O que podemos aprender com o modelo de negócio Food Truck?

Quem vive uma rotina atribulada provavelmente já sabe o que é food truck no âmbito comercial, isto é, como aquele lugar providencial no meio da rua que oferece um lanche ou até uma refeição por um preço acessível e rápido. Nos últimos anos, o Brasil assistiu a um aumento considerável de food trucks, em especial devido ao surgimento de praças de alimentação fora dos shoppings, que têm nesses vendedores sua base de funcionamento. Um modelo de negócios que se sofisticou e conseguiu um status com maior valor agregado em pouco tempo.

O Que é Food Truck?


Conceitualmente, um food truck é uma estrutura sobre rodas que possui uma cozinha que permite fornecer alimentos de maneira itinerante. No entanto, como citei no início do artigo, já estão sendo desenvolvidos espaços fixos desse tipo de venda de alimento, dedicados somente a esse modelo de negócios.

O mais relevante para quem está pensando em investir nesse segmento de mercado é atentar para o fato de que precisará ter uma cozinha com capacidade para atender a demanda dos consumidores dentro das exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Além disso, sendo o food truck um veículo, deve estar alinhado com as exigências do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Há, também, algumas questões que devem ser observadas a partir do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Ter um food truck exige grande comprometimento com as regras que regem o setor.

O Que Podemos Aprender Com Esse Modelo de Negócios?


Abaixo vou explicar quais são as lições que podemos aprender com o modelo de
negócios conhecido como food truck.

– Uma nova maneira de vender


Você sabia que a atividade conhecida como vendedor de comida de rua é a que mais cresce em países em desenvolvimento? Essa estatística tem muito a nos dizer a respeito desse modelo de negócios, trata-se de um sistema considerado relativamente simples, que permite que indivíduos que não conseguiram uma colocação convencional no mercado de trabalho adquiram uma fonte de renda. Os trabalhadores desse setor já representam quase 2% da população do nosso país.

Vender alimentos na rua foi uma atividade que sempre existiu, no entanto, no começo deste século, os food trucks ajudaram a tornar esse trabalho melhor valorizado. Ter um truck bonito e bem organizado permite que os vendedores cobrem preços um pouco mais elevados em seus lanches, tendo assim uma rentabilidade mais significativa. A modalidade ainda permitiu que a qualidade da gastronomia aumentasse, de maneira que os compradores tivessem acesso a mais qualidade. Aprendemos com isso que imagem e infraestrutura são muito importantes para a valorização do seu produto.

– Redes sociais são a base para o sucesso de público


Logo que os food trucks começaram a se popularizar no Brasil, surgiu a necessidade de fazer uma divulgação mais eficaz dos empreendimentos para que eles conquistassem a sua parcela de público. A lição que foi aprendida é que as redes sociais têm um grande poder de aproximação com o público-alvo. A criação de fan pages e divulgação própria para cada rede permitiu que muitos negócios, que antes passavam despercebidos de grande parte dos indivíduos, se tornassem populares, criando uma cartela de clientes fidelizada.

– Quando o aquecimento de mercado se torna saturação


Atualmente, quem investiu ou está pensando em investir em food trucks deve observar com atenção à questão do aquecimento desse segmento de mercado. Nos últimos anos, houve uma grande expansão do número desse tipo de comércio de alimentos, criando em alguns momentos picos de saturação. Encontrar e se estabelecer num espaço de mercado cheio de concorrentes pode não ser fácil.

Nesse contexto, o que os food trucks nos ensinam é observar com algum senso crítico as tendências. Quando alguma coisa se torna moda, pode acabar desembocando num mercado saturado e no qual o seu empreendimento torne-se apenas mais um em meio a tantos. Porém, o empreendedor que acredita na sua ideia não deve desanimar, o segredo está em saber criar diferenciais para o seu negócio para que ele se torne a principal escolha do seu público-alvo. Sempre há o que inovar, mesmo num mercado saturado.

– Preços elevados, clientes que vão embora


Um dos movimentos do mercado de food trucks, que fez com que o segmento retrocedesse na sua ocupação diante do público, foi o aumento dos preços dos lanches e refeições. A “gourmetização” dos trucks fez com que muitos empreendedores aumentassem a média de valores dos seus produtos, obtendo como resposta a redução de sua clientela fixa.

Trata-se de uma situação mercadológica que acontece com muitas organizações, o setor passa por um aquecimento e, então, os preços são elevados, fazendo com que os consumidores acabem se retraindo. O aumento da demanda acaba se tornando o motivo de sua redução.

Gostou de saber o que é food truck? Esse modelo de negócios tem muito a nos ensinar sobre o mercado!

 

Confira as melhores estratégias de negócio. Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!