Pitch - Apresentando sua ideia para investidores

Pitch - Apresentando sua ideia para investidores

Para ter sucesso no seu negócio é necessário ter algum capital no início, não é mesmo? A questão é que mesmo depois que a sua empresa der os primeiros passos, investimentos e melhorias são sempre bem-vindos. Por isso, você empreendedor, tem que saber como vender a sua marca e conquistar cada vez mais investidores que podem ajudar a sua organização a decolar definitivamente.
 

O que é um Pitch?

 
Pense por um instante; você estivesse do outro lado, onde um investidor está; o que te convenceria a investir em um negócio, produto ou serviço que está sendo mostrado a você? Uma boa apresentação? Uma boa argumentação do vendedor no momento de expor a ideia? Uma proposta inovadora e irrecusável?
 
Para conseguir chamar a atenção necessária, ser interessante o bastante para quem está conhecendo você ou a sua empresa pela primeira vez, é muito importante que uma boa impressão fique e marque esse potencial investidor. Portanto, uma apresentação que tenha um resumo de tudo que você quer que ele saiba é muito válida para que este primeiro momento cause um impacto positivo.
 
Para isso existe o chamado Pitch, que é uma forma rápida e prática de expor suas ideias, vender aquilo que sua empresa faz a um potencial interessado em investir ou fazer parte deste novo negócio.
 

Como o Pitch se estrutura?

 
O Pitch perfeito dura no máximo cinco minutos de apresentação, e deve ser muito bem feito para neste tempo prender a atenção do público para fazê-lo considerar a possibilidade de investir seu dinheiro naquele projeto. Por isso, a ideia aqui é despertar o interesse do potencial apoiador no menor tempo possível e da forma mais persuasiva e convincente possível.
 
Comece apresentando quem você é e falando da onde surgiu o insight para criar sua empresa. Basicamente, use esses segundos para que o investidor conheça a sua trajetória e consiga ver em sua proposta de valor um negócio com potencial.
 
Depois, é hora de falar sobre do que se trata a sua ideia, qual o seu diferencial, qual a oportunidade que ela vai explorar e qual mercado vai atender. Lembre-se que esse é o momento defender muito bem o que você tem a oferecer. Para isso, é muito importante usar estatísticas, bons argumentos e exemplos práticos de como a sua ideia pode ser tão especial e usada para atender uma demanda específica como ninguém mais.
 
Então, é hora de falarmos sobre as possibilidades de atuação. Quem são os prospects; como eles atuam; o porquê da sua marca ser diferenciada no mercado x. É muito importante usar esse tempo para falar das oportunidades que o seu produto tem ao explorar um nicho de consumidores que ainda não foi atendido, ou então que esse tipo de cliente é certeiro para comprar seus produtos já que é algo muito inovador.
 
E o que a sua empresa está querendo solucionar? Qual o grande problema que a sociedade tem que a sua marca consegue resolver? Nessa parte da apresentação você mostra a razão de ter vindo até ele. Fale sobre os seus diferenciais, sobre como o seu negócio pode agregar valor, como vem crescendo, apresente números que mostrem como já existem clientes em potencial prontos para receber essa solução.
 

Como sua empresa estará nos próximos 5 anos?

 
Essa é uma pergunta coringa que um dos investidores pode vir a fazer e que pode te ajudar a fechar o negócio ou afundar sua proposta. A sua resposta deve envolver os mesmos objetivos que o possível apoiador tem para seus investimentos. Isso fará com que ele entenda como o negócio dele está alinhado com o seu e por isso, investir um capital em seu projeto vai trazer ganhos para ele também.
 
Nessa pergunta, quem está querendo conhecer melhor a sua organização já consegue ter uma noção do quanto você vai se esforçar durante esse período para fazer o negócio crescer, para potencializar suas vendas, dar uma revirada dentro do mercado atual, sem contar que você pode aproveitar e mostrar que a sua empresa é a sua verdadeira paixão.
 

A estratégia do Pitch

 
Pode parecer bobagem, mas tudo importa na hora de vender o seu peixe. Uma apresentação que mostre que você está muito seguro em suas decisões, que você tem bastante motivação, inteligência e também um planejamento estratégico sobre como agir nas situações mais desafiadoras, é importante para mostrar que você está preparado para encarar esse desafio que é crescer em parceria.
 
Principalmente quando se fala em estratégia, o investidor deve sentir firmeza no seu tom de voz e entender que você está dando o máximo de si para que essa empresa dê certo. Isso inclui também deixar claro como o apoio do seu potencial investidor é essencial ao sucesso do negócio, onde o dinheiro será aplicado, quais as melhorias imediatas que poderão ser vistas ou quais são os upgrades que aparecerão em termos de mudanças na empresa.
 

Conseguindo “fisgar o peixe” com o Pitch perfeito

 
Cada empreendedor e cada empresa são únicos. Por isso, deve usar suas diferenças e ideias a seu favor na construção de um negócio. O Pitch de vendas não é fórmula mágica, mas com certeza, ajuda a guiar melhor suas ações e colocar em prática seu plano de como conquistar mais e mais investidores que possam te ajudar a impulsionar os resultados da sua empresa. Lembre-se disso e o use o Pitch a favor do sucesso dos seus projetos.
 
Gostou do texto? Curta, comente e compartilhe em suas redes sociais!