Planejamento de caixa - Conheça sua importância para a empresa

Planejamento de caixa - Conheça sua importância para a empresa

Os empreendedores provavelmente já ouviram falar a respeito do fluxo de caixa, mas nem todos se dão conta da importância que ele tem para uma empresa. Controlar todas as entradas e saídas de dinheiro é algo básico, até mesmo as pessoas físicas deveriam fazer isso para manter suas finanças mais organizadas. Quando não há controle, a possibilidade de as contas se acumularem são muito grandes. Continue acompanhando e saiba mais sobre a importância de fazer o planejamento de caixa.
 

Fluxo de Caixa: Conceito

 
O fluxo de caixa é utilizado por empresas para controlar todas as movimentações financeiras, sejam entradas ou saídas. É uma ferramenta indispensável, pois ajuda o gestor a saber exatamente o quanto ele tem para pagar, receber e, também, qual é o seu lucro dentro de cada período.
 
Por meio das informações registradas no controle de caixa, o administrador conseguirá tomar melhores decisões e definir o caminho que deve ser seguido. Quando as saídas de dinheiro são maiores do que as entradas, por exemplo, é sinal de que a empresa está no vermelho, ou seja, está gastando mais do que recebendo. Então, é necessário tomar medidas para que as saídas diminuam e as entradas aumentem para que as contas voltem a ficar positivas.
 

Importância do Fluxo de Caixa

 
O fluxo de caixa traz uma série de benefícios para uma empresa. Veja quais são os principais a seguir:
 
Gerenciamento de Gastos: Quando todos os gastos são registrados, é muito mais fácil identificar desperdícios e saídas desnecessárias de dinheiro. Ao analisar o fluxo de caixa, o gestor poderá verificar se algum setor está consumindo mais material do que o necessário, se os gastos com energia elétrica, água e telefone estão muito altos, etc.
 
Melhor Controle Financeiro: O fluxo de caixa permite que se tenha controle sobre o dinheiro da empresa. Dessa forma, é possível saber exatamente quanto está sendo gasto com cada coisa e também saber de onde vem cada valor que entra.
 
Possibilita o Planejamento Financeiro: Ao analisar o fluxo de caixa de meses passados é possível fazer projeções para o futuro. Com isso, o administrador pode ter uma ideia de quanto a empresa terá de dinheiro nos próximos meses e isso possibilita o planejamento de ações para alcançar objetivos.
 
Facilita a Tomada de Decisão: Com base nas informações atuais do fluxo de caixa e também em projeções para os próximos meses, o empreendedor poderá tomar decisões muito mais acertadas. Esses dados são extremamente importantes na hora de decidir sobre investimentos, financiamentos, grandes mudanças no negócio, etc.
 
Pagamento de Contas em Dia: Ao ter todas as informações sobre contas a pagar e a receber, bem como suas respectivas datas de vencimento, fica muito mais fácil se planejar para pagar tudo em dia. Assim, a empresa continua mantendo seu bom nome perante os fornecedores e, com isso, consegue melhores formas de pagamento.
 
Recebimento de Contas em Dia: Além de saber as datas certas para pagar contas, o fluxo de caixa permite que a empresa saiba as datas em que os clientes irão pagá-la. Isso permite que sejam feitas cobranças em caso de atrasos, reduzindo as chances de ficar no prejuízo.
 

Dicas Para um Fluxo de Caixa Eficaz

 
Não basta fazer um fluxo de caixa, é importante, também, seguir algumas dicas para que ele seja uma ferramenta verdadeiramente útil para o negócio.
 
Utilize um Software: Para que o seu fluxo de caixa seja realmente eficaz, é muito importante investir em um software específico para isso. Dependendo do tipo de empresa, um sistema do tipo ERP pode ser o mais indicado, pois ele centraliza todos os setores, incluindo o financeiro. Isso facilita a vida de todos os colaboradores e, claro, do gestor. Fazer o fluxo de caixa manualmente em uma planilha será extremamente trabalhoso e pouco eficiente.
 
Mantenha-o Atualizado: De nada adianta fazer o fluxo de caixa uma vez e deixar para atualizá-lo semanas depois. Para que seja realmente uma ferramenta útil dentro da empresa, é necessário que seja atualizado diariamente, sempre que acontecer qualquer movimento de caixa, seja uma entrada ou saída de dinheiro.
 
Seja Específico: Inserir informações abreviadas e pouco claras faz com que o objetivo inicial do fluxo de caixa seja perdido. Nunca registre apenas valores, sem especificar sua origem, pois a ideia é exatamente ter o máximo de informações possível sobre as movimentações financeiras. Por isso, seja o mais específico possível para que qualquer pessoa que olhar o fluxo de caixa consiga entender o que está registrado nele.
 
Mantenha a Organização: Para que as informações fiquem claras, é importante, também, que sejam bem organizadas. Para isso, categorize todas as despesas e separe-as por contas e pagar e a receber. Dessa forma, o fluxo de caixa será mais facilmente compreendido e trará ainda melhores resultados para o negócio.
 
Não Seja Tão Otimista: Em um mundo ideal todos iriam pagar as suas dívidas em dia, mas, infelizmente, não vivemos essa não é a nossa realidade e pode acontecer de seus clientes atrasarem os pagamentos. Por isso, ao registrar as entradas futuras, considere essa informação para que as contas não fiquem descontroladas e o caixa não feche no vermelho.
 
Você sabia que o fluxo de caixa é tão importante dentro de uma empresa? Divida sua experiência comigo nos comentários e aproveite para compartilhar este artigo nas suas redes sociais e passar a informação para mais pessoas.