Dicas para trabalhar a precificação no seu negócio de uma forma assertiva

Dicas para trabalhar a precificação no seu negócio de uma forma assertiva

Realizar assertivamente o processo de precificação para produtos e serviços é essencial para que um negócio se consolide no mercado e cresça com saúde. Muitos empreendedores veem seu sonho se transformar num pesadelo no meio do caminho do sucesso devido à falta de dedicação a essa questão financeira extremamente relevante. Ter um preço abaixo do considerado sustentável pode levar uma empresa à falência, enquanto que ter um preço demasiadamente elevado pode afugentar os consumidores.

As melhores dicas para seu negócio você confere no meu canal. Inscreva-se agora!

Precificação – Entendendo a Diferença Entre Preço e Valor

O primeiro ponto que deve ser compreendido no processo de precificação diz respeito à diferença essencial que existe entre preço e valor. Para que fique claro, vou explicar em detalhes através de um exemplo: vamos imaginar que a marca X confecciona e vende calças jeans. O preço de uma calça é definido pela observação dos custos de produção da mesma, isto é, custo para o fabrico + custo operacional + pagamento de tributo + margem de lucro.

O valor que essa peça terá está ligado à imagem que a marca X tem no mercado de vestuário. Estando bem posicionada, essa companhia poderá vender a sua calça jeans por um preço mais alto do que outras marcas que tenham produtos similares. Parte do que os consumidores pagam nos bens e serviços que escolhem se refere à marca da fabricante ou fornecedora.

Como Precificar na Prática

Existem alguns métodos de precificação, no entanto, o que mais é utilizado estabelece a multiplicação do custo do produto ou do serviço pelo que se chama de índice de comercialização. Para quem nunca ouviu falar a respeito desse índice, é válido dizer que ele é o resultado da soma de alguns tópicos como:

– Soma dos impostos pagos, varia de acordo com o regime tributário adotado pela organização;

– Percentual de comissões e do frete;

– Percentual do custo fixo (para chegar a ele você deverá dividir o custo fixo pelo faturamento do ano ou do mês);

– Percentual da margem de lucro que se pretende obter.

Calculando o Índice de Comercialização

A fórmula para fazer esse cálculo é extensa, mas bastante simples, então não precisa se assustar:

(100% – (% dos impostos + % do custo fixo + % de comissão + % de frete + % de margem de lucro)) / 100

O resultado deve ser então dividido por 1.

Para ficar menos abstrato, confira essa versão de cálculo utilizando números de uma organização fictícia cujo custo é R$ 10,00:

(100 – (10 + 30 + 5 + 10 + 15)) / 100

100 – 70 / 100 = 30 / 100 = 0,3

1 / 0,3 = 3,333

Preço de venda = 10 (preço de custo) x 3,333 = 33,00 (arredondado)

Estudando o Mercado Para Precificar

Além da análise contábil, é importante ficar atento a outros fatores que são relevantes no processo de precificação, como a observação do mercado. A competitividade de preço é a base para se manter em qualquer segmento, uma vez que todos os dias novas empresas abrem as suas portas. Tornar-se a escolha dos consumidores com tantas alternativas pode ser um tanto complicado, mas não é impossível. A seguir vou explicar os pontos em que se focar.

– Analise os preços da concorrência

Você sabe quanto custa para a sua companhia produzir cada unidade, então, observando os preços da concorrência será possível perceber se alguma dessas companhias tem alguma vantagem competitiva. Oferecer produtos ou serviços de padrão de qualidade similar aos seus por preços muito abaixo da média aponta para esse fato. Isso indica que existe algo que a sua organização pode fazer diferente para também conseguir os custos.

Realize um processo de verificação interna tentando encontrar brechas de gastos excessivos ou mesmo a possibilidade de negociar preços mais em conta com algum fornecedor. A criatividade também deve ser considerada no momento da precificação dos seus itens. Lembre-se que o sucesso do seu empreendimento depende disso.

– Cuidado com os prejuízos

Buscar por maneiras de reduzir o preço de custo para conseguir um preço de venda mais competitivo é perfeitamente aceitável, no entanto, tenha cuidado para não acabar entrando na cilada de um negócio insustentável, isto é, aquele em que o preço de venda não cobre nem o que é investido na produção. A precificação é um processo essencial para qualquer organização se manter no mercado.

– Invista em marketing

De nada adianta ter bons produtos ou serviços com preços competitivos se o seu público não sabe da existência deles. A dica é simples, invista em marketing para construir uma imagem sólida no mercado, lembra quando destaquei o conceito de valor? Trabalhar no reconhecimento da marca da organização pode representar a oportunidade de agregar valor de qualidade aumentando, assim, a margem de lucros. Quanto mais bem posicionada estiver a empresa, mais positiva será a receptividade dos consumidores por preços um pouco mais elevados.

Gostou de conhecer mais detalhes sobre precificação? Compartilhe com seus amigos!

Saiba mais como trabalhar a precificação e outras estratégias para seu negócio.! Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!