O que fazer para aumentar a produtividade de minha empresa?

O que fazer para aumentar a produtividade de minha empresa?

Os japoneses são conhecidos por serem extremamente organizados, disciplinados e produtivos, servindo como exemplo para o mundo todo. Se você quer saber como aumentar a produtividade se inspirando nas técnicas utilizadas pelos profissionais do Japão, continue acompanhando.
 

Como Aumentar a Produtividade no Trabalho

 
Mantenha a Calma: Uma das características mais fortes dos japoneses é a sua atitude zen na hora de realizar tarefas. Surpreendentemente, eles são capazes de fazer determinadas tarefas mais rapidamente do que as pessoas apressadas. Ao agir com calma, eles são capazes de garantir a qualidade do que estão fazendo, mantendo a atenção em cada detalhe. Fazer as coisas com pressa só vai diminuir as chances de sucesso.
 
Trabalhe Com Grupos: Uma técnica que muitas empresas japonesas utilizam é dividir os funcionários em grupos. Isso cria uma interdependência entre os membros e faz com que eles se unam em prol de um melhor resultado no trabalho. No Japão, as tarefas realizadas individualmente não são vistas de forma positiva, pois pode acontecer um acúmulo de funções, o que causa estresse e aumenta as chances de dispersão do foco. Quando uma pessoa trabalha em um grupo, a tarefa é realizada com mais facilidade porque cada um pode contribuir com seus conhecimentos e experiência.
 
Foco no Desenvolvimento dos Funcionários: As empresas japonesas são conhecidas por contratar jovens que geralmente permanecem na organização até a aposentadoria. Não é difícil ver japoneses se aposentando depois de décadas de trabalho em um único lugar. Isso acontece porque as empresas oferecem aos seus colaboradores oportunidades de desenvolvimento por meio de cursos e promoções. Ao se concentrar em melhorar o talento dos seus funcionários, você dá a eles oportunidades de desenvolver habilidades que irão trazer benefícios para o seu negócio.
 
Autonomia dos Funcionários: Provavelmente, a melhor lição qualquer empresa deve aprender com a prática japonesa é que eles confiam em seus funcionários e sabem que eles irão fazer o melhor. Impor regras de como um objetivo deve ser realizado não é exatamente a ideia da maioria das empresas japonesas. Nessas organizações, os indivíduos são livres para fazer o que acreditam ser o melhor para alcançar uma meta. Essa confiança existe porque, para os gestores, o que está em jogo é algo altamente valioso: a reputação de cada colaborador.
 

Método Kaizen e a Filosofia da Produtividade

 
A maioria dos métodos de produtividade oferece ferramentas para lidar com projetos específicos ou fazer algo de uma forma organizada. Já o método japonês Kaizen, que em português significa boa mudança, é uma filosofia de produtividade que ajuda a organizar tudo o que você faz. Em suma, ele tem como objetivo a melhoria contínua e pode ser aplicado em qualquer lugar e qualquer atividade.
 
De acordo com a filosofia, todos os aspectos de uma organização devem, em todos os momentos, se esforçar para realizar as suas atividades de forma cada vez melhor. O método apareceu pela primeira vez quando várias empresas japonesas, logo após a Segunda Guerra Mundial, perceberam que fazer as coisas do jeito que sempre foram feitas era uma má ideia, especialmente quando melhores opções, que iriam torná-los mais competitivos, estavam disponíveis.
 
Inspirado por métodos de fabricação de concorrentes ocidentais, o Kaizen passou a ser sinônimo de esforços de toda a empresa para melhorar e simplificar as práticas de negócios e métodos de fabricação de forma inteligente, respeitando o produto, os processos e as pessoas envolvidas.
 
Este método de melhoria contínua da produtividade no trabalho pode ser dividido em cinco etapas:
 
Padronizar: Comece padronizando uma atividade específica, de modo que todos os passos possam ser repetidos de forma organizada.
 
Medir: Analise se o processo é eficiente usando dados quantificáveis, como o tempo para ser realizado, horas gastas, etc.
 
Comparar: Compare a análise feito com as suas necessidades. Será que este processo economiza tempo? Será que, ao realizá-lo, irei obter o resultado desejado?
 
Inovar: Sempre pesquise novas e melhores maneiras de fazer o mesmo trabalho ou obter o mesmo resultado. Procure caminhos mais eficientes para chegar ao mesmo objetivo final a fim de aumentar a produtividade.
 
Repetir: Volte ao passo inicial e comece tudo de novo.
 
Esse processo deve ser cíclico e nunca ter um fim, dessa forma a sua empresa estará no caminho certo da melhoria contínua da produtividade. Pode parecer cansativo, mas uma vez que isso se tornar parte da cultura da empresa, será algo natural. O método Kaizen é uma formalização do costume que muitas pessoas já têm de sempre buscar melhores maneiras de fazer as coisas. No caso de um gestor, por exemplo, aplicar o método na empresa é uma forma de passar essa ideia para todos os colaboradores.
 
Devemos salientar que método Kaizen não prega a mudança pela mudança, sem um objetivo maior. Trata-se de uma filosofia que prega a melhoria constante por meio de mudanças que realmente trarão benefícios. Sempre que for alterar algum processo dentro da empresa pense se isso trará alguma vantagem, se a resposta for não, é sinal de que não irá valer a pena.
 
Você já conhecia os métodos japoneses de produtividade? Como acha que eles podem te ajudar no dia-a-dia da sua empresa? Divida sua experiência comigo nos comentários!