Descubra as diferenças entre Logotipo e Logomarca

Descubra as diferenças entre Logotipo e Logomarca

Entender a diferença entre logotipo e logomarca é importante para que os gestores consigam estabelecer um diálogo mais assertivo com a equipe da agência de publicidade/design, assim como desenvolver um bom planejamento de comunicação para a companhia. Embora muitos acreditem que esses conceitos são sinônimos, na verdade servem para designar ideias diferentes.

Logotipo e logomarca: Quais são as diferenças?

Quantas vezes você já escutou alguém dizendo “a logomarca da sua empresa é bonita” ou “esse logotipo representa bem a marca”? Certamente inúmeras vezes, mas será que em todas elas você soube se a frase estava correta? Sei que pode parecer inicialmente confuso fazer a diferenciação entre os conceitos, porém, é relativamente simples. A seguir vou apresentar essas questões com maior detalhamento.

Logotipo, também conhecido como logo

Os profissionais de design e publicidade estão acostumados a ouvir dos clientes que eles desejam um logo quando estão em processos de desenvolvimento de marca. De origem grega “logos” significa conceito enquanto “typos” se refere a figura ou símbolo. Sendo assim da junção das duas palavras, logotipo, temos um símbolo que torna um conceito visível.

Para que fique mais claro quando um cliente leva para a agência de design o conceito da sua marca está entregando o logo que a partir da conversão em símbolo gráfico passa a ser o logotipo. Na prática logo e logotipo são a mesma coisa, tornou-se habitual referir-se ao segundo com a abreviação.

Do que um logotipo é feito?

Seguindo na explicação do que é um logotipo é importante salientar quais são os elementos que o compõem, basicamente é formado pela tipografia e pelo símbolo. Logotipo é a representação gráfica do nome fantasia de uma empresa podendo contar apenas com uma tipografia estilizada ou ter elementos desenhados também. Coca-Cola, Sony e Google são exemplos de logotipos, a forma como as palavras são grafadas criam a identidade da marca.

Algo interessante de citar é que o registro feito no Instituto Nacional de Propriedade Industrial – INPI se refere ao logotipo e não a marca como boa parte das pessoas pensa. Os símbolos que são usados por várias companhias como no caso da Apple e da Nike, por exemplo, não é a marca em si, mas ajuda a representá-la.

Entendendo o que é marca

Para que fique mais simples entender a diferença entre logotipo e logomarca é importante explicar o conceito de marca. A marca é constituída pela junção do logotipo e identidade visual abrangendo também as cores e as emoções que pretendem ser transmitidas pela comunicação. Esse é certamente o principal elemento da identidade visual de uma organização.

O papel da marca é essencial, pois faz a conexão da empresa com a sua missão e os seus valores. Conforme o conceito de Philip Kotler, considerado como o ‘Pai do Marketing Moderno’, a marca, pode contar com até seis níveis de significados dentre os quais estão: atributos, cultura, benefícios, valores, personalidade e usuário. A marca é o que comunica quem é a companhia e como ela pretende interagir com o consumidor.

Conceito de logomarca

Os profissionais da área de comunicação costumam reagir mal ao uso da palavra logomarca por considerar que ela simplesmente não existe. Talvez você já tenha ouvido que logomarca é um logotipo em que o nome da marca vem acompanhado de um símbolo, isso não é real. Na verdade essa palavra foi se disseminando com o passar do tempo entre os leigos em publicidade e se tornou um sinônimo de logotipo.

Porém, ao pensar a respeito do significado intrínseco de logomarca (logos + marca – que vem do alemão e significa o mesmo que logos), teríamos algo como significado do significado. Não faz sentido, não é mesmo? Mas, é claro que sendo essa palavra tão utilizada usualmente não está necessariamente proibida, A dica é dar preferência para a palavra logotipo.

Dicas para ter um bom logotipo

Agora que já ficou clara a diferença entre logotipo e logomarca, sendo que a última não existe é interessante conferir dicas para acertar na escolha desse elemento tão relevante para a identidade da sua marca.

– Trabalhe com profissionais

Por mais tentador que possa ser pagar um valor baixo para um sobrinho desenhar o logotipo da sua companhia saiba que para ter sucesso no mercado é fundamental ter uma identidade visual forte começando pelo logotipo. Faça uma pesquisa entre agências e profissionais de design, é possível encontrar alguém que faça um bom trabalho dentro do orçamento que o seu negócio possui.

– Evite um logotipo carregado

É importante que as pessoas batem o olho no logotipo e reconheçam a marca do seu empreendimento. Evite criações que fiquem muito carregadas dificultando a leitura ou que não estejam condizentes com que o se negócio oferece.

– Saiba quando repaginar

Você já deve ter visto casos de marcas que passaram por redesign, isso é importante de vez em quando para o logotipo fique atualizado. Recomendo que as mudanças sejam sutis e feitas somente quando for primordial.

Gostou de conhecer a diferença entre logotipo e logomarca?

 

Copyright:624961109 – https://www.shutterstock.com/pt/g/munawiralfikri