Porque é importante usar o crowdsourcing em sua empresa?

Porque é importante usar o crowdsourcing em sua empresa?

O empreendedor tem que entender que, por mais que ele tenha o papel de quem toma as principais decisões dentro do negócio, existem problemas que podem ser solucionados por mais mentes pensantes. Afinal, uma empresa unida resolve seus problemas unida! Pensando por essa perspectiva, um método que vai ajudar bastante nesse momento de união de forças é o crowdsourcing.
 

O que é?

 
Destrinchando a palavra da língua inglesa, crowd tem o significado de multidão e source remete a pesquisa, fonte. Juntando as duas palavras, crowdsourcing representa como encontrar informações através de um número maior de pessoas, uma comunidade. Todos pensando juntos em prol de algo que precisa ser resolvido, esse é o princípio básico desse método.
 

Como fazer acontecer?

 
A principal ideia do crowdsourcing é juntar pessoas que pensem numa solução, juntas, para algum problema em comum. Parecido e diferente ao mesmo tempo com o crowdfunding, onde integrantes da rede se unem para financiar algo em que acreditam, aqui o objetivo é unir diferentes mentes que possam completar um desafio. Dentro de uma multidão, o penso é mais importante, tem mais ângulos para ser analisado, tem mais material para ser discutido.
 
Dentro do universo das empresas, o crowdsourcing faz muito sentido ao juntar colaboradores de diferentes áreas para se unir e resolver um problema juntos. Seja pensar num novo produto, analisar um investimento ou até decidir sobre as tarefas da equipe em si, todas essas são opções onde o crowdsourcing tem muito a ajudar. Além das reuniões presenciais que podem se configurar em crowdsourcing; com a tecnologia disponível atualmente; muitos encontros virtuais também passam a acontecer. Aplicativos de chat online conseguem reunir todos da equipe a qualquer hora do dia e ainda manter registrado o histórico das conversas para fazer uma ata com os principais pontos discutidos.
 

Por que é tão produtivo?

 
A produção colaborativa mais do que a união de mentes trabalhando juntas é também uma forma direta de integração e pertencimento. A sensação de fazer parte de algo maior do que o seu próprio setor, a transformação de simples ideias em ações que podem, de fato, fazer a diferença, causa uma influência muito grande na hora de decidir praticar o crowdsourcing ou não. Afinal, é a junção de tantas experiências, conhecimentos, opiniões e diferentes modos de pensar que torna este método uma forma efetiva de resolver os problemas e aproveitar melhor as oportunidades.
 
Com a internet, os espaços disponíveis para a criação de novos projetos são praticamente ilimitados, e o local de encontro das ideias é todo lugar. E dentro de grandes empresas, esse método se torna ainda mais vantajoso por permitir a simulação de grupos focais que podem opinar e avaliar o seu produto, por exemplo. Antes de se lançar no mercado, a empresa consegue ter um feedback extremamente valioso e que reúne uma grande pluralidade de informações, todas realizadas ao juntar um grupo de pessoas que querem fazer acontecer.
 
Outro modelo bastante adotado é o broadcasting, quando um projeto ou problema é colocado no ar em busca de parceiros financiadores e executores. Quando essa proposta é aceita por algum fornecedor, ele recebe as soluções apresentadas e decide se irá aplicá-las na resolução de seu problema ou não.
 

Mais do que vantagens

 
Crowdsourcing não é somente a busca pela resolução de um problema dentro da empresa, mas é também motivar os setores para serem parceiros uns dos outros. Um bom clima organizacional inclui times que são parceiros entre si, que interagem e que se sentem pertencentes ao projeto maior que é o empreendimento. E isso não acontece somente dentro do mundo dos negócios, mas também em comunidades e fóruns da vida real.
 
Existem inúmeros lugares online onde pessoas com os mesmos gostos se reúnem para discutir sobre um assunto em comum e também, onde podem encontrar quem possa ajudá-los. Como por exemplo, existe uma comunidade de amantes de barbas e dentro desse fórum, estão perguntas e respostas sobre os cuidados com a barba, dúvidas sobre produtos. Outro exemplo é pesquisar dentro da própria empresa se existem potenciais compradores do produto que sua organização está desenvolvendo e fazer algum tipo de grupo focal com eles para conseguir entender melhor a demanda gerada por essas pessoas. A ideia é explorar ao máximo o conhecimento de cada um mais o pensamento coletivo gerado a partir dessa discussão. Esses são exemplos de lugares onde todos se ajudam!
 
Principalmente dentro do âmbito online, é possível fazer parte de todo e qualquer crowdsourcing. Mas quando isso é levado para dentro de uma empresa, os resultados são ainda melhores. Garantindo diferentes pontos de vista para um mesmo tópico, o empreendedor pode, então, pensar macro ao analisar as possibilidades apresentadas pelos colaboradores. Incluí-los em decisões que refletem no universo deles ajuda muito a transformá-los em aliados para o que der e vier no caminho do sucesso.