Aplique o método GTD em sua empresa e otimize seu tempo

Aplique o método GTD em sua empresa e otimize seu tempo

Você, provavelmente, já ouviu aquele ditado que diz que tempo é dinheiro, e essa é uma grande verdade. Dentro de uma empresa, a hora mais cara é a do seu dono, por isso é importante usar ferramentas que te ajudem a organizar as suas atividades e, assim, não perder tempo com coisas que não são importantes. No artigo de hoje falarei a respeito do método GTD, que tem como objetivo promover a organização e a produtividade. Continue acompanhando e saiba mais sobre o assunto.
 

O Que é o Método GTD?

 
A sigla GTD vem da expressão em inglês Getting Things Done, que, em tradução livre para o português, significa “a arte de fazer acontecer”. O método tem como foco a gestão das tarefas a serem realizadas, por isso é um dos pilares para uma administração do tempo eficiente e eficaz. Por meio de um bom planejamento é possível otimizar o tempo e, com isso, acelerar os resultados da empresa.
 
Para aplicar o método é importante utilizar um fluxograma que te ajuda a se organizar melhor para realizar as suas tarefas. Irei explicar de forma breve para que você entenda melhor como o GTD funciona. Acompanhe os seguintes passos:
 
Identificar as Tralhas: É tudo o que está a nossa volta e depende de uma ação para ser resolvido. Essas tralhas precisam ser retiradas da sua mente e colocadas em uma caixa de entrada. Imagine que você está no meio de uma reunião de negócios e se lembra que se esqueceu de pagar a conta de luz, obviamente não irá pausá-la para ir efetuar o pagamento, certo? Por isso é importante registrar essas informações em outro lugar, para que não se esqueça de fazer o que precisa.
 
Processar as Tralhas: Chega um momento em que a sua caixa de entrada fica cheia, então é necessário processar cada uma das tralhas que estão registradas lá. Verifique se cada tralha é passível de ação, se a resposta for:
 
Não: Você deverá enviá-la para umas dessas 3 opções:
 

  • Referência (adição de alguma informação extra que pode ser útil)
  • Um dia / talvez (significa que um dia você irá resolver essa questão, mas que não irá pensar nisso no momento)
  • Lixo (local para onde as tralhas que não têm nenhuma importância devem ir)

 
Sim: Se as tralhas forem passíveis de ação, considere os seguintes passos:
 

  • Leva menos de 2 minutos para ser realizada: Faça agora!
  • Leva mais tempo para ser realizada: Se for você que irá fazer, é necessário agendar um horário para isso. Se não for, delegue alguém para ficar responsável pela tarefa.

 

Origem do Método GTD

 
Depois de conhecer o método, provavelmente ficou curioso para saber a sua origem, não é mesmo? Ele foi criado por David Allen, um americano que não conseguiu encontrar nenhum método de gerenciamento de tempo que fosse realmente eficaz. Então, ele resolveu criar a sua própria ferramenta para fazer as coisas acontecerem, algo que fosse simples, mas que funcionasse.
 
Depois da criação do método GTD, David sentiu a necessidade de compartilhá-lo, para que mais pessoas conseguissem ser mais produtivas. Então, ele publicou o livro “Getting Things Done”, que é o nome da metodologia, e se tornou conhecido em todo o mundo. O sucesso foi tanto que ele lançou mais dois livros, que são: “Ready for Anything” (Pronto Para Qualquer Coisa, em tradução livre) e “Making it All Work”, que foi publicado no Brasil com o nome de “Fazendo as Coisas Acontecerem”.
 
Os livros de David Allen são muito recomendados para empreendedores e empresários de uma forma geral, mas com maior destaque para aqueles que estão abrindo suas empresas. Isso porque, no início, é natural que aconteça um acúmulo de funções, então o método poderá ser de grande ajuda para organizar todas as tarefas e não deixar nada importante para trás.
 

A Ferramenta Ideal Para Aplicar o Método GTD

 
Toda a explicação que dei sobre o método GTD foi no sentido figurado, com informações como “retirar da mente”. Porém, é importante dizer que é necessário utilizar uma ferramenta para registrar todas essas informações e separá-las entre caixa de entrada, delegação, execução, etc. Não existe um consenso de qual é a melhor, o próprio David Allen diz que não há uma ferramenta que seja perfeita.
 
A orientação é que você encontre o programa ou aplicativo de computador ou celular que mais se adapte à sua rotina. Algumas sugestões são: Evernote, Google Tarefas, Trello, Wunderlist, Outlook, entre outros. São diversas opções disponíveis, então procure saber mais a respeito de cada uma e eleja aquela que melhor se adaptar. Muitas dessas ferramentas são gratuitas, então é possível experimentar antes de definir a que irá usar.
 
Você já tem uma preocupação em gerenciar o seu tempo e organizar as atividades que precisa realizar? O que achou sobre o método GTD? Compartilhe sua opinião comigo nos comentários!