Vantagens e desvantagens de trabalhar com horário flexível

Vantagens e desvantagens de trabalhar com horário flexível

Em termos gerais, dentro das leis trabalhistas brasileiras, um empregado deve cumprir 08 horas diárias de trabalho ou então 44 horas semanais. Se essas horas de trabalho forem cumpridas dentro do ambiente corporativo ou de casa, isso quem decide é o empregador. Por isso que ultimamente tem surgido muito um novo tipo de acordo entre empresas e colaboradores, o do horário flexível.
 

Como funciona o horário flexível?

 
O horário flexível é um modelo de gestão em que os funcionários podem ter mais liberdade para escolher a hora de começar e de parar suas atividades diárias. A premissa diz que as horas diárias devem ser cumpridas, mas não especifica o local e nem quando finalizá-las, dependendo exclusivamente do que for combinado com entre à organização e seus funcionários.
 
Por exemplo, quem tem esse acordo pode começar às oito e meia da manhã, almoçar em meia hora e seguir trabalhando, não precisando seguir o regime de 2 horas diárias de intervalo. Ou então, pode começar à tarde e seguir direto trabalhando até à noite, fazendo pequenas pausas que não interferem no cálculo geral de horas trabalhadas.
 
Esse método de trabalho também não defende um local único para cumprir sua seu expediente, por isso muitos profissionais chamam este método de jornada móvel já que pode ser realizada de casa, de um café ou de outra cidade, estado ou país. Neste sentido, o trabalho home office é uma das alternativas mais usadas pelas empresas com horários flexíveis e por seus profissionais. Em alguns casos, a maior parte de suas demandas é entregue online, já que os empregados não precisam marcar presença na empresa onde trabalham todos os dias.
 

O que preciso para ter esse tipo de acordo?

 
Em primeiro lugar, você precisa conferir se o seu trabalho aderiu a este tipo de flexibilização, afinal, existem tarefas que dependem de da interação presencial de uma equipe e, por isso, sua função não poderia ser realizada em um horário diferente. Verifique se a sua empresa concorda com essa funcionalidade, já que ela pode preferir que seu time trabalhe todo junto no escritório da empresa e, em horário normal.
 
Outro detalhe importantíssimo é pessoal e diz respeito à sobre como você se organiza. Para conseguir trabalhar num horário flexível é necessário que você seja um profissional disciplinado, focado, responsável, comprometido e que sabe gerenciar muito bem seu tempo, pois como já diria o ditado, grandes poderes trazem grandes responsabilidades. Do contrário, o que poderia ser uma vantagem pode se tornar uma grande bagunça.
 

Quais as vantagens para os empregados?

 
Assim como para as empresas há uma redução drástica de custos, em se tratando dos colaboradores, as vantagens de usar esse método de trabalho também são muitas:
 
• Maior flexibilidade dos horários de trabalho e vida pessoal permitindo ao funcionário escolher quais os momentos do dia que ele trabalha menos ou mais;
 
• Mais motivação para realizar as tarefas e demandas e entregá-las nos prazos corretos;
 
• Execução de tarefas no home office, sem a necessidade de deslocamentos obrigatórios e, com entregas não presenciais possibilitando que esse profissional possa trabalhar de qualquer lugar;
 
• Fortalecimento da relação de confiança entre empregado e empregador já que assim, sua relação fica mais próxima.
 

E quais as vantagens para sua empresa?

 
• Menos custos com estrutura física de escritório já que alguns funcionários trabalham de outros lugares e não diretamente na empresa;
 
• Maior produtividade dos funcionários, afinal, este sistema mostra um abertura da empresa e é muito importante que eles cumpram suas tarefas e entreguem suas demandas nos prazos.
 
• Menor frequência de atrasos e faltas porque com a autogestão, fica mais fácil de somente começar a contar o horário de trabalho quando o empregado de fato estiver realizando suas tarefas;
 
• Maior satisfação dos colaboradores, que com este sistema conseguem ter mais tempo para cuidar também de vida pessoal. Assim, eles aumentam sua motivação, engajamento e honram a oportunidade dada pela empresa sendo mais produtivos.
 

E as desvantagens?

 
Como qualquer regime de trabalho, o método que propõe o horário flexível também apresenta algumas falhas e desvantagens para ambos os envolvidos:
 
• Fica mais difícil de controlar as ações dos empregados, afinal, eles estão longe do empregador e dos supervisores;
 
• A comunicação entre os funcionários fica um pouco comprometida, já que eles não se veem todos os dias;
 
• Profissionais que tem dificuldade com prazos podem sofrer com a falta de supervisão;
 
Contudo, nota-se, claramente, que dependendo do tipo de atividade que a sua empresa exerce e, que se for disponibilizada esta opção, alguns funcionários podem preferir trabalhar com o regime de horário flexível. Além de todas as vantagens que eu citei acima, ainda existe o fato de que metas podem ser colocadas em pauta para fortalecer o crescimento da empresa e também para incentivar ainda mais o cumprimento desse acordo.
 
E você empreendedor, adotaria ou não esse método na sua empresa? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe sua opinião!