O marketing cultural é uma ação que realiza a difusão da marca.

O marketing cultural é uma ação que realiza a difusão da marca.

O marketing cultural tem se tornado uma solução pertinente para a comunicação de empresas de vários segmentos que estão em busca de um posicionamento diferenciado no mercado. Para os gestores que ainda não conhecem essa possibilidade de ampliação do mix comunicativo de suas companhias, vale a pena entender mais a fundo do que se trata. É a oportunidade que muitas organizações estavam procurando para se consolidar.

O Que é Marketing Cultural?


Considera-se como marketing cultural toda ação de comunicação que tem como base a cultura para realizar a difusão de uma
marca, reposicionamento da imagem de uma empresa ou mesmo fixação de um nome corporativo. É importante ressaltar que não existe um método predeterminado ou fechado a respeito de como realizar ações de marketing com cunho cultural. Há algumas variáveis que, quando trabalhadas juntas, resultam em ações bastante pertinentes para a divulgação de uma empresa.

Os profissionais da área de marketing que decidem enveredar pelo caminho das ações focadas na cultura devem ter muita criatividade e capacidade de adaptação para enfrentar os empecilhos que podem surgir no caminho. Idealizar e realizar projetos culturais com objetivos comunicativos demanda muita assertividade e conhecimento da sua área de atuação.

Marketing Cultural – A Resposta Para Exigências do Mercado


A utilização da cultura como meio de propagação de uma mensagem publicitária tem se tornado cada vez mais relevante por atender às exigências atuais do mercado que incluem a necessidade de diferenciar as marcas das suas concorrentes, ampliar o seu mix comunicativo e construir uma imagem de responsabilidade social para as empresas. Investir em cultura é uma forma de dizer ao mercado que se tem uma postura responsável de devolução de parte dos impactos causados pela simples existência da organização.

Os consumidores estão dando cada vez mais valor para as empresas que saem dos limites dos seus muros para entregar algo positivo para a sociedade. Ao se associar a projetos culturais, a companhia também demonstra que não está preocupada somente em escalonar os seus lucros. A impessoalidade criada pela Era Digital torna esse tipo de ação muito mais relevante e capaz de fidelizar consumidores.

Valores dos Projetos Patrocinados


O ponto chave para ter sucesso nas suas ações de marketing cultural é ter atenção especial aos valores dos projetos que se irá apoiar. Patrocinar um evento faz com que a imagem da companhia se associe aos valores pregados pelo mesmo. Uma organização que está tentando se posicionar como sustentável no mercado deve procurar por projetos culturais que sigam por esse caminho ou que pelo menos não contribuam para a geração de lixo, por exemplo.

Como Concretizar o Apoio da Sua Empresa a Projetos Culturais


Para os pequenos e médios empresários que estão pensando que marketing cultural não está dentro das possibilidades financeiras das suas empresas ressalto que o apoio a um projeto de cultura não se dá somente pelo patrocínio. Existem outras formas da sua companhia contribuir como o fornecimento de passagens aéreas para artistas, pagamento de refeições, hospedagem, enfim, qualquer ação que contribua para a infraestrutura de realização de um evento focado na cultura. Não importa que seja um apoio de menor escala, se ele permite a realização daquele evento também conta.

Faço ainda o adendo de que há projetos culturais para todos os bolsos, é possível que uma pequena ou média companhia seja a principal apoiadora de um evento de menor porte. A barreira para que mais empresários invistam nessa modalidade de marketing ainda é o desconhecimento das regras e das possibilidades que existem. A sua marca pode ter muito mais reconhecimento com ações de marketing cultural bem direcionadas.

Marketing Cultural Não é Mecenato


Uma dúvida pertinente que deve ser esclarecida diz respeito ao fato de que marketing cultural não é o mesmo que mecenato. A diferença entre os dois conceitos está na motivação de cada um, o mecenato é custeio do trabalho de um artista sem nenhuma intenção de retribuição, somente pelo prazer de investir. Já o marketing cultural tem como objetivo ter retorno seja pela associação da imagem da empresa a um determinado evento e/ou artista ou mesmo pela possibilidade de estar próximo do seu público-alvo numa situação de descontração.

Vale a Pena Investir em Marketing Cultural?


A resposta para essa questão é sim, pois esse tipo de marketing permite que a sua organização se torne conhecida por mais pessoas e tenha uma imagem melhor delineada diante do seu público consumidor. Boa parte das pessoas se sente orgulhosa de comprar produtos ou serviços de empresas que atuam como apoiadoras de projetos culturais, elas sentem que suas compras também contribuem para coisas boas para a sociedade.

Podemos dizer que todos saem ganhando com o marketing cultural, a companhia fortalece a sua imagem e a sociedade aproveita a realização de um projeto que difunde a cultura. Para quem estava procurando uma boa estratégia para as próximas ações de marketing da sua organização é interessante começar a pensar na cultura.

Gostou de saber mais sobre marketing cultural? Divulgue para seus amigos compartilhando nas suas redes sociais!

 

Várias estratégias para seu negócio você acompanha no meu canal do Youtube! Inscreva-se agora!