Branding - Você sabe o que significado?

Branding - Você sabe o que significado?

Começo este artigo fazendo uma pergunta que vai te levar a entender o que é branding e qual a sua importância no mercado de uma forma mais simples. Qual é a diferença entre um cavalo comum e um unicórnio? Se olharmos para a questão estritamente do ponto de vista técnico, diríamos que a única diferença é um chifre na testa do unicórnio que o cavalo não tem. No entanto, não dá para negar que o unicórnio conseguiu ganhar um status mítico e mágico no nosso imaginário coletivo, tornando-se associado a outros objetos, como o arco-íris, por exemplo.
 
Essa associação se deve à força da marca do animal mágico. Obviamente, ninguém criou a marca do unicórnio com esse intuito. Porém, o fascínio que as pessoas têm por essa criatura, criou uma forte imagem visual no imaginário coletivo. Como dono de uma empresa que acaba de entrar no mercado, você também precisa criar uma boa marca para o seu negócio. Continue acompanhando o artigo e saiba mais sobre o assunto.
 

O Que é Branding?

 
O termo em inglês branding é derivado de brand, que significa marca. Então, branding é o ato de “marcar”, ou seja, criar uma marca que faça com que as pessoas se lembrem da sua empresa. A origem do termo remonta ao ano de 1500, quando passou a significar a marca que os fazendeiros faziam no gado para registrar sua propriedade. Simples e de fácil identificação, esses símbolos tinham, praticamente, as mesmas características do logo moderno. No entanto, a marca hoje é mais do que apenas um logotipo, ela passou a significar o sentimento que uma empresa pode causar em seus clientes.
 
Em poucas palavras, a sua marca é o conjunto de percepções que as pessoas têm sobre a sua empresa. Branding é o conjunto de ações que você toma para construir e cultivar a sua marca. Quando o trabalho é bem feito, a marca torna-se a união de design, linguagem e experiência. Um dos casos de branding de maior sucesso no mundo é, sem dúvida, a Apple, uma marca que consegue atrair consumidores não apenas pela qualidade de seus produtos, mas também por tudo o que ela representa.
 

Evolução da Marca

 
Você pode ter ouvido por aí que o fundamento da sua marca é o seu logotipo. Mas, a menos que você esteja marcando gado em algum lugar do Velho Oeste (onde o logotipo no animal é realmente a única coisa que importa), por favor, permita-me discordar. Seu logotipo é apenas o topo do iceberg da sua marca. Há muitos outros pontos a serem trabalhados sob a superfície que define a sua marca.
 
A verdade é que uma marca moderna é muito mais do que apenas um nome, um projeto ou um símbolo que identifica produtos. Uma gestão de marcas moderna também inclui as emoções e sentimentos que transmite para o mundo, e é tendo essas emoções como base que a popularidade e sucesso da maioria das marcas é mantida.
 
Vamos tomar como exemplo as marcas de refrigerante Coca Cola e Pepsi. Cada consumidor de refrigerante tem uma preferência entre as duas marcas, jurando que há diferença no sabor. No entanto, inúmeros testes e, até mesmo, estudos científicos comprovaram que as duas bebidas possuem, essencialmente, o mesmo sabor e que não é possível distinguir.
 
Então, por que as pessoas afirmam ter uma forte preferência por uma ou outra marca? Porque, quando bem feita, a marca evoca uma identidade que está ligada a emoções poderosas. A Coca Cola, por exemplo, foca na felicidade ao consumir a bebida, enquanto a Pepsi passa uma imagem descolada, focando na nova geração. São esses sentimentos e emoções que afetam a maneira como o público percebe seus produtos.
 

Os Elementos do Branding

 
Embora eu tenha dito que as marcas modernas causam emoções nos consumidores, a verdade é que defini-la como uma emoção não vai ajudá-lo a estabelecer o seu branding. Os elementos necessários para a criação de uma marca moderna são: Visual, Voz e Valores.
 
Visual: Este elemento inclui as características tradicionais de uma marca, como logotipo, cores e tipografia.
 
Voz: Semelhante à marca visual, mas talvez um pouco menos conhecida está a voz, que inclui o slogan da sua marca e o tipo de linguagem utilizada ao se comunicar com os fãs.
 
Valores: Os valores da marca definem a sua essência, bem como as regras que ajudam a orientar e gerenciar o seu desenvolvimento.
 
Muitos pequenos empresários pulam a etapa de definir os valores da sua marca porque consideram que análise de mercado e desenvolvimento de produtos são muito mais importantes. A omissão, no entanto, pode ser fatal para a longevidade do seu negócio. Sem valores fundamentais, uma empresa fica sem direção e perde a sua identidade. São eles formarão o núcleo da sua marca e vão ajudar a guiá-la à medida em que evolui, sem perder a essência.
 
Você já tinha parado para pensar na importância do branding para uma empresa? Compartilhe sua opinião comigo nos comentários abaixo.