War Room ou Sala de Guerra Estratégia Diferenciada Que Gera Resultados Positivos

War Room ou Sala de Guerra Estratégia Diferenciada Que Gera Resultados Positivos

O nascimento do conceito de War Room se deu durante a Segunda Guerra Mundial quando Sir Winston Churchill, o primeiro ministro do Reino Unido, determinou a criação de um bunker no subsolo de sua residência oficial para que pudesse discutir e elaborar estratégias para deter o exército nazista somente com as pessoas que pudessem dar contribuições efetivas. Atualmente, o conceito migrou para a área de vendas e se tornou uma poderosa aliada para o crescimento.

Confira as estratégias que geram resultados positivos para sua empresa acessando meu canal.Inscreva-se agora!

O Que é War Room?

Em português, a Sala de Guerra é um espaço destinado especificamente a reuniões de uma equipe formada por pessoas selecionadas a dedo para traçar estratégias para alcançar um objetivo previamente estabelecido. O bunker de Churchill foi de grande relevância para a resistência solitária da Inglaterra ao avanço alemão porque tinha como único objetivo discutir esse tema e chegar a soluções.

Durante os cinco anos de existência da Sala de Guerra do primeiro-ministro foram realizadas 115 reuniões das quais somente podia participar peças-chave em termos de estratégia. Quando o conceito é transportado para as vendas deve levar em consideração os traços que fizeram as War Room original bem-sucedida, isto é, foco num objetivo claro e seleção dos indivíduos que irão participar das reuniões.

Dicas Para Preparar uma War Room em Sua Empresa

A seguir vou dar dicas de como conseguir estabelecer o clima de Sala de Guerra para motivar os seus vendedores.

1 – Sala de Guerra é apenas Sala de Guerra

A primeira questão é que o espaço escolhido para servir de War Room não deve ser usado para outras atividades. Além desse espaço demandar uma estrutura permanente pode ocorrer a quebra do clima desejado com a realização de reuniões convencionais nesse espaço.

2 – Quadro de ações

Quando entravam no bunker de Churchill os membros de sua equipe se deparavam com um quadro de ações em que havia um mapa no qual estavam registrados os avanços das tropas alemãs para que se pudesse pensar em estratégias para detê-las, sempre que havia alguma modificação no panorama o mapa era modificado.

Nas reuniões com a sua equipe é interessante ter um quadro em que estejam registrados metas e objetivos que devem ser cumpridos para alcança-las. A dica é não deixar que esse quadro fique muito restrito a questões numéricas como vender x% a mais no próximo trimestre. Esse é um espaço para listar tudo que deve ser feito para alcançar suas metas – isso inclui ações subjetivas também.

3 – Clima musical

Uma Sala de Guerra não pode ser uma sala silenciosa, não é mesmo? Contudo, é primordial encontrar o equilíbrio para que a música de fundo não atrapalhe a conversão dos vendedores participantes. A dica é selecionar uma playlist de músicas instrumentais (canções com letra tiram a concentração) e deixar num volume que nem seja alto e nem baixo demais, deve ser um plano de fundo.

4 – Estrutura para passar horas em reunião

Geralmente, a estratégia de Sala de Guerra é empregada para realizar reuniões longas em que serão tomadas inúmeras decisões. Para que os participantes mantenham o discernimento ao longo de todas essas horas é essencial que haja conforto. As cadeiras assim como a temperatura da sala devem ser adequadas. Faça um planejamento de paradas para refeições, deixe água à disposição e lembre-se que não funciona se as pessoas só ficarem pensando em ir embora.

5 – Ferramentas

Para que a reunião seja produtiva, é fundamental que nessa sala estejam reunidas as ferramentas necessárias para que se possa consultar dados bem como atualizar informações. Notebooks, sinal wi-fi, papel e caneta, relatórios entre outros elementos não podem faltar. Quebra a magia da sua War Room ficar o tempo todo levantando para ir buscar algo que está faltando. Uma dica prática é fazer um checklist de tudo o que vai precisar para poder se manter sentado no seu lugar durante as discussões relevantes.

6 – Temas para a War Room

Quem achou legal o conceito de War Room e já está se preparando para fazer todas as reuniões de equipe nesse formato deve começar a rever os seus planos. O que torna essa ferramenta de desenvolvimento de estratégias tão poderosa é exatamente ser uma carta na manga para discutir negócios que representam uma virada para a companhia, o que é conhecido no mercado como big delas.

Não se deve banalizar o conceito de Sala de Guerra levando qualquer tema para dentro dela porque depois fica difícil conseguir o engajamento esperado da sua equipe. Os selecionados para participar desse momento devem ter a compreensão de que são peças de grande valor para a organização. Da mesma forma os não-selecionados podem se sentir motivados a fazer por merecer esse espaço.

Gostou de conhecer mais sobre a história e detalhes que fazem de uma Sala de Guerra uma ferramenta estratégica capaz de impulsionar ótimos resultados?

Saiba mais sobre estratégias e como aumentar as vendas no meu canal. Inscreva-se agora!