Aprenda a lidar com conflito de gerações em sua empresa

Aprenda a lidar com conflito de gerações em sua empresa

Enfrentar conflitos entre colaboradores em uma empresa é algo bem comum, já que estamos lidando com perfis diferentes de pessoas, que têm suas particularidades, características e bagagem cultural próprias. Vez ou outra é possível ver funcionários debatendo e discutindo, por discordarem da forma como o outro trabalha ou se comporta. Nestes momentos, é fundamental fazê-los entender que tais discussões e discordâncias devem ser saudáveis e não devem ultrapassar os limites profissionais, já que, para que a sua organização alcance o sucesso, é preciso que todos desenvolvam suas atividades em harmonia diariamente.
 
É certo que fazer as coisas se desenvolverem em harmonia não é uma das tarefas mais fáceis que existem para um empreendedor, talvez seja um dos maiores desafios que enfrentaremos em nossa jornada empresarial, no entanto, é nossa responsabilidade fazer com que isso aconteça, independentemente, dos obstáculos que surgirem.
 
Digo isso, pois de uns anos para cá, a geração Y entrou no mercado de trabalho, trazendo inúmeras novidades, inclusive um modo diferenciado de trabalhar. Isso também trouxe a necessidade de reestruturar e encontrar formas eficientes de conciliá-los com as gerações que há tempos estão no mercado, como a baby boomer e a geração X, por exemplo.
 
São estes mecanismos que vamos explorar ao longo deste artigo, para entendermos de que maneira empreendedores e empresários podem gerenciar os possíveis conflitos que podem surgir em sua empresa quando se tem gerações diferentes trabalhando juntas.
 

Que gerações são essas?

 
Explorar as gerações, buscando entender como cada uma funciona, não só dentro, como também fora da empresa, é essencial para encontrar formas de fazer todas trabalharem em harmonia. Para isso, vamos conhecer que gerações são estas, bem como suas características, para assim, elaborarmos maneiras de lidar com os conflitos existentes entre elas.
 

Baby Boomers

 
São aqueles colaboradores que nasceram entre os anos de 1946 a 1964 e que acreditam que para alcançar o sucesso profissional é preciso trabalhar duro e de forma sistemática. São pragmáticos e estão há mais de 10 ou 20 anos em uma mesma empresa e pretendem se aposentar nela. Têm dificuldades de enfrentar as mudanças que estão acontecendo nas estruturas de trabalho, hierárquicas e tecnológicas, que transformaram o dia a dia nas organizações.
 
Estabilidade e segurança é o que mais lhes atrai em uma empresa.
 

Geração X

 
A geração X corresponde aos colaboradores nascidos entre os anos de 1965 a 1979 e já se adaptam melhor mudanças trazidas pela tecnologia. São pessoas engajadas e comprometidas em ajudar a empresa em que trabalham a alcançar seus objetivos, alinhando-se à sua missão, valores e cultura.
 
Ao mesmo tempo em que se dedicam com afinco ao trabalho, permanecendo na mesma empresa por anos, estes colaboradores estão em busca do equilíbrio entre vida pessoal e profissional, desejando também dedicar o tempo que têm à família.
 

Geração Y

 
Esta é a geração que nasceu conectada, entre 1980 a 1995, e não consegue imaginar o seu dia a dia sem smartphones, tablets, internet e tudo que envolva tecnologia. São pessoas multitarefa, ou seja, conseguem desempenhar diversas funções dentro das empresas em que trabalham, pois não gostam de rotina, pelo contrário, seu anseio por mudanças lhes faz querer que as coisas aconteçam de forma rápida.
 
A geração Y é bastante criativa, ousada, flexível e focada em realizar um trabalho que faça sentido, já que é composta por pessoas que têm como objetivo principal se tornarem profissionais e seres plenamente realizados. Esta é uma das características que gera mais conflito quando se deparam com colaboradores das outras gerações, pois os baby boomers e a geração X os enxerga como indivíduos um tanto quanto imediatistas, já que eles buscam crescimento a curto e médio prazo, e se não conseguem, podem acabar abandonando os projetos pela metade.
 

Como lidar com os conflitos?

 
Esta é uma tarefa árdua, mas que em momento algum pode ser considerada impossível nem para empresários e muito menos para empreendedores, pois, a partir do momento que os bons resultados começarem a aparecer, todo mundo vai sair ganhando. Por isso, fique atento aos próximos parágrafos e comece já a operar as mudanças necessárias para que o seus colaboradores se tornem os maiores parceiros uns dos outros e de sua empresa.
 

Descubra como cada um funciona

 
Cada ser humano, como eu disse no começo do texto, possui suas particularidades, e a melhor maneira de lidar com elas é se interessar pelas pessoas que estão ao seu redor, buscando compreender como elas são, como funcionam perante às mais diversas situações, o que as motiva e assim por diante. Fazendo isso, as chances de assertividade são imensamente maiores, quando você precisar que todos trabalhem em prol do objetivo maior, que é fazer a sua empresa se tornar cada vez mais bem-sucedida.
 

Compreender os valores individuais é fundamental

 
Dentro do que eu disse anteriormente, para conhecer melhor seus colaboradores, é preciso entender quais são seus princípios, os valores e a missão que lhes move. Assim você passa a elaborar estratégias eficientes para motivar cada um, não só a trabalhar em conjunto, mas a desenvolver individualmente o melhor trabalho possível diariamente.
 

Faça-os entender a importância do trabalho em equipe

 
Ninguém sai do lugar em que está, ou alcança o sucesso sozinho. Por mais que alguém tenha uma boa reserva financeira para investir e contratar os melhores colaboradores, isto não será suficiente se estes não realizarem um bom trabalho juntos e em harmonia. Isso vale não só para empresários e empreendedores, vale também para cada um dos funcionários que você tem em sua empresa.
 
Todos eles têm um objetivo ou um sonho na vida, seja ele simples ou complexo, eles precisarão unir forças com outras pessoas para alcançarem suas metas, tanto dentro quanto fora do ambiente de trabalho. Nesse sentido é essencial fazê-los entender que a melhor coisa é trabalhar bem em equipe, de forma sincronizada e com sinergia, pois assim todos estarão trabalhando em prol seus resultados individuais e dos resultados que a organização deseja alcançar.
 

Uma geração sempre pode aprender com a outra

 
Pegando o gancho do item anterior, não há ser humano que seja completo e não possa aprender um pouco mais com as pessoas ao seu redor. Ou seja, nem baby boomers, nem geração X ou geração Y são donas da verdade, pois todas elas têm pontos positivos e pontos que podem ser melhorados, basta se manterem abertas aos aprendizados diários. Incentivar isto em suas equipes de trabalho é fundamental para que elas deixem os conflitos de gerações de lado a passem a se enxergar como professores e alunos uns dos outros.
 

Promova treinamentos e discussões abertas

 
Existem diversos treinamentos comportamentais e dinâmicas de grupo que são ferramentas poderosas para você estimular seus colaboradores a trabalharem melhor em equipe e respeitarem as diferenças uns dos outros. Discutir com eles, de forma aberta e sincera, maneiras de melhorar a convivência e de diminuir os conflitos existentes, pode ser uma boa alternativa para que todos passem a trabalhar em prol da harmonia no ambiente corporativo.
 

Respeito é bom e todo mundo gosta muito

 
E já que falamos em respeito, este é um dos princípios básicos para a convivência de todos os colaboradores em harmonia. Como eu disse, e continuo batendo na tecla, cada pessoa tem características únicas, modos diferentes de enxergar o mundo e aqueles que as rodeiam, e isso não é motivo para que hajam conflitos. Pelo contrário, todos nós devemos nos respeitar e, cada vez mais, diminuir o julgamento que fazemos daqueles que nem conhecemos ao certo.
 
Cada um carrega consigo experiências que as moldaram e as fizeram ser como são. Claro que podemos mudar, mas enquanto estivermos todos em processo de mudança, nosso dever é simplesmente respeitar, sem julgar. Estimule estes comportamentos entre seus colaboradores e tenho certeza que tudo vai melhorar consideravelmente.
 
Acredito que esta última dica seja uma das que mais devem ser disseminadas para que os conflitos entre as gerações que compõem a sua empresa diminuam, já que é a partir do respeito mútuo que os cenários passam a ser transformados. É através do respeito que você vai conseguir fazer com que um bom trabalho em equipe seja realizado, com que um se permita aprender com o outro e assim por diante.
 
Você gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos em suas redes sociais e continue me acompanhando.