Funcionários problemáticos - Conheça os perfis mais comuns

Funcionários problemáticos - Conheça os perfis mais comuns

Por mais cuidadosa que uma empresa seja ao fazer a seleção de funcionários, ela não está isenta de contratar um profissional que se torne um problema no futuro. Isso pode acontecer por diversos motivos, seja por uma desatenção do recrutador ou por o candidato não ter deixado transparecer tais características.
 
Para te ajudar a fugir de funcionários problemáticos, preparei um guia com os principais perfis. Confira!
 

Funcionários Problemáticos: Perfis

 
Essa dica não vale apenas para gestores, mas também para profissionais que procuram oportunidades no mercado de trabalho. Faça uma autoanalise e verifique se você se encaixa em algum dos perfis que citarei a seguir. Se a resposta for sim, aconselho que repense as suas atitudes, além dessa mudança te trazer mais chances de sucesso na carreira, certamente fará bem para a sua vida pessoal.
 

Funcionário Mal-Humorado

 
Não conheço ninguém que goste de conviver com pessoal mal-humoradas. Elas estão sempre reclamando e achando que tudo está ruim. Além de ser uma companhia desagradável, colaboradores que estão sempre de mau humor contaminam a equipe e prejudicam a união do grupo, que é fundamental para o sucesso da empresa.
 

Funcionário Pessimista

 
Pensamentos bons atraem coisas boas, e isso não é questão de acreditar no sobrenatural. Pesquisas comprovaram que, quando pensamos de forma otimista, nossas atitudes acabam seguindo a mesma linha o que, por consequência, acaba trazendo bons resultados. Com o pessimismo acontece exatamente ao contrário. As pessoas que só enxergam o lado ruim das coisas e acreditam que nada vai dar certo, têm atitudes negativas que, obviamente, trazem resultados ruins.
 

Funcionários Mentiroso

 
As pessoas mentirosas estão sempre deixando os seus chefes e colegas na mão, pois prometem algo e, muitas vezes, não cumprem. Isso sem contar quando inventam mentiras sobre outros funcionários ou sobre a empresa em geral. Uma organização precisa de pessoas honestas, que cumpram suas promessas e falem sempre a verdade.
 

Funcionários Orgulhosos

 
O orgulho é uma característica bastante prejudicial para o ser humano. No âmbito profissional, os orgulhosos nunca assumem quando estão errados e buscam encontrar um terceiro para culpar. Isso gera diversas situações desagradáveis e causa a desunião da equipe. Ter humildade para admitir uma falha é uma grande qualidade.
 

Funcionários Que Têm Medo de Dizer Não

 
Um profissional não deve ter medo de se negar a fazer algo, caso perceba que não dará conta. Se disser sim para tudo, ou ele não conseguirá fazer ou, sem conseguir, não fará com a atenção necessária. Claro que não dá para negar tudo, mas é importante que todos tenham bom senso e saibam dizer não quando for preciso.
 

Funcionários Desorganizados

 
Não importa qual é o ramo de atuação da sua empresa e qual é a função de cada profissional, ser organizado é fundamental para que o trabalho seja bem feito. A desorganização atrapalha toda a equipe, pois de uma parte do processo depende de um funcionário desorganizado, os outros também serão prejudicados.
 

Funcionários Desatualizados

 
Assim como o mercado está concorrido para empresas, também está para profissionais. Por isso é necessário sempre buscar formas de se aperfeiçoar, seja fazendo cursos ou aprendendo com os colegas de trabalho. Aqueles que são resistentes a mudanças e melhorias podem se tornar um obstáculo para o sucesso de uma organização.
 

Funcionários Submissos

 
Os profissionais que são excessivamente submissos deixam de expressar a sua opinião na grande maioria das vezes. Isso faz com que a empresa perca a oportunidade de receber ideias que podem ser muito boas. Uma organização precisa de pessoas que não tenham medo de se impor e dar sua opinião sobre as situações. Os indivíduos que aceitam tudo sempre sem questionar são verdadeiras incógnitas, pois ninguém sabe o que eles realmente estão pensando.
 

Funcionários Agressivos

 
É muito difícil conviver com pessoas agressivas, pois elas costumam impor o que pensam de forma violenta, mesmo que seja apenas com palavras. Ter colaboradores com essa atitude na equipe não é nada positivo, pois eles causam estresse entre os outros funcionários e desestabilizam o ambiente. Quando uma empresa tem mais de um funcionário agressivo a situação se torna ainda pior, pois eles tendem a se enfrentar, gerando situações altamente desagradáveis e prejudiciais.
 

O Que Fazer Quando Se Tem um Funcionário Problemático?

 
Todos os perfis que citei são prejudiciais para a empresa porque, de alguma forma, atrapalham o andamento do trabalho e o entrosamento da equipe. Porém, os gestores que já possuem um funcionário com uma dessas características ficam sem saber como agir, principalmente se for uma pessoa que tem outras qualidades.
 
A resposta para o questionamento é que a demissão não é o único caminho e que a situação pode ser resolvida de outra forma. Minha primeira sugestão é chamar o colaborador para uma conversa e, de forma amigável, expor a ele o quanto certas atitudes o prejudicam e, muitas vezes, ofuscam suas qualidades. Talvez se você mostrar o quanto essas qualidades são importantes para a empresa, ele possa tentar mudar as atitudes negativas.
 
Outra forma interessante é proporcionar um curso de coaching para os colaboradores. Por meio das práticas apresentadas, aqueles que têm um perfil problemático irão se conhecer melhor, entender quais são suas qualidades e fraquezas e, com isso, poderão mudar. Entretanto, se ainda assim não houver uma melhora, talvez a demissão seja a saída.
 
Não existe uma resposta pronta para resolver o caso de ter um funcionário problemático, sabe a cada gestor analisar o profissional e a situação, e, então, buscar o melhor caminho. Você tem ou já teve um colaborador com alguma das características que citei? Que atitude tomou em relação a ele? Compartilhe sua experiência comigo nos comentários.