O que é gamificação?

O que é gamificação?

Somos seres movidos a desafios. Isso é um fato! Sempre estamos em busca de algo que nos motive e nos preencha, para que nos sintamos cada vez mais bem-sucedidos e realizados, pessoal e profissionalmente. É por isso, que a todo o momento procuramos realizar atividades que façam sentido e que nos tragam aquilo que precisamos para nos tornarmos seres ainda mais felizes.

É neste contexto que a gamificação é aplicada e tem ganhado cada vez mais espaço em diversos tipos de ambientes, inclusive o empresarial, pois ele utiliza mecanismos de jogos de videogame para engajar, não só colaboradores a realizarem suas atividades da melhor maneira possível, como também os clientes a se manterem fiéis à empresa, bem como aos produtos e serviços que esta oferece.

É um conceito ainda novo, mas que tem tudo para dar certo, se utilizado da maneira correta.

O que é gamificação?

Gamificação vem do termo em inglês gamification, e trata-se da utilização de mecanismos de jogos, sejam eles virtuais ou não, para engajar pessoas, por meio de desafios constantes e recompensas. Além de gerar engajamento, este novo conceito tem ajudado diversas empresas, principalmente as de educação, a ajudarem seus alunos a resolverem problemas e melhorarem sua forma de aprendizado, motivando-os e desafiando-os como se estivessem participando de um jogo.

O objetivo da gamificação é melhorar o engajamento, despertando a curiosidade de seus participantes, oferecendo-lhes recompensas ao final de cada ação bem realizada. Este é o segredo que faz com que esta nova metodologia esteja fazendo com que tantas empresas alcancem o sucesso.

Principais características da gamificação

Este processo, assim como qualquer outro, é dotado de características próprias, que podem ser encontradas em diversos contextos, sejam eles empresariais ou não. Vejam quais são eles:

O feedback deve ser constante

Os participantes de jogos, sejam eles online ou não, costumam ter feedbacks constantes e imediatos de sua evolução e progresso. Assim também deve ser no contexto empresarial. A partir do momento que você lançar desafios a seus colaboradores, é preciso dar-lhes um retorno sobre o trabalho que eles vêm desenvolvendo ao longo da atividade, para que assim, eles entendam em que estão acertando ou e no que precisam melhorar para entregar os melhores resultados.

E por falar em desafios…

É por meio deles que você fará com que seus colaboradores se sintam motivados, diariamente, a alcançarem os objetivos que lhe são propostos, pois, geralmente, a superação de um desafio está associada a algo maior, que trará imenso prazer à satisfação àqueles que o superarem. Isso aumenta as chances de seus funcionários acessarem o seu potencial máximo, para obterem as melhores recompensas.

Uma competição saudável

A pessoa que participa de um game sabe que vai precisar competir para alcançar seus objetivos. Neste sentido, você pode estimular uma competição saudável entre seus colaboradores ou equipes de trabalho, para que eles superem os desafios e assim sejam premiados no final.

A melhor parte: recompensas

Um processo gamificado sempre vai oferecer uma recompensa aos seus participantes, assim como acontece nos games, onde o competidor se torna o vencedor, o grande campeão no final. Esta é uma maneira eficiente de mostrar os bons resultados que o seu time vem alcançando ao longo do tempo.

As recompensas nem sempre precisam vir em forma de dinheiro. Seus colaboradores podem ser reconhecidos através de almoços ou jantares com a equipe, cartões-presentes de grandes lojas ou algo simbólico que você veja que vai fazer grande diferença para a sua equipe.

De que maneira a gamificação motiva?

Como eu disse no início do artigo, todos nós precisamos nos sentir motivados para darmos o melhor de nós em qualquer atividade que nos propomos a realizar. É partir disso que a gamificação se torna tão eficaz, pois ela oferece desafios constantes a seus participantes, e também recompensas, para incentivá-los a fazer algo.

Em um jogo de videogame, por exemplo, o jogador é desafiado a lutar contra seus inimigos, passar de fase e só assim alcançar as recompensas que busca. No entanto, isso não acontece de forma tão fácil assim, pois é preciso muito esforço e dedicação para obter bons resultados no final, já que cada fase alcançada se torna ainda mais difícil de ser superada.

Neste sentido, o que faz a gamificação ser tão bem-sucedida em seus objetivos, é o fato de propor desafios, que geralmente requerem bastante esforço para serem superados, mas que prendem o participante pelo simples fato de lhe oferecer prazer e satisfação no momento em que está solucionando um problema ou executando uma tarefa, por exemplo.

Isso pode ser utilizado com excelência no ambiente empresarial, para engajar e motivar colaboradores a entregarem o melhor de si em prol dos bons resultados para a empresa, que serão refletidos em bons resultados para todos os envolvidos no processo de crescimento da mesma.

Você pode elaborar games de disputa entre equipes e departamentos, por exemplo, desafiando e instigando cada um com atividades semanais, quinzenais ou mensais pré-estabelecidas. Aquele “time” que tiver o melhor resultado está pronto para passar para a próxima fase de desafios e assim, se manter firme na disputa pela recompensa proposta.

É importante lembrar e incentivar uma competição saudável entre seus colaboradores, sempre com ética e jamais com qualquer tipo de trapaça.

Por fim podemos dizer que a gamificação nas empresas é algo que ainda está sendo descoberto, mas que, aos poucos tem mostrado bons resultados àqueles que ousam utilizar seus mecanismos no dia a dia organizacional. Conheça mais sobre o assunto e faça com que o seu negócio cresça através desta metodologia instigante.

Gostou deste artigo? De que forma ele contribuiu para o seu crescimento e da sua empresa? Deixe o seu comentário e compartilhe com seus amigos em suas redes sociais.