Vou te apresentar as principais competências de um bom líder

Vou te apresentar as principais competências de um bom líder

As competências de um líder que são consideradas mais relevantes vão mudando com o tempo devido às transformações pelas quais passa o próprio cenário corporativo. As características que eram vistas como mais positivas há alguns anos já não preenchem o escopo do que pode tornar uma equipe vencedora atualmente. Quem assume a posição de liderança deve fazer uma autoavaliação e trabalhar no desenvolvimento das características que ainda lhe faltam.

Conheça as Competências de um Líder Eficaz

Abaixo apresentei em tópicos quais são as principais competências que um líder deve ter para ser bem-sucedido em guiar a sua equipe rumo ao sucesso.

– Você nunca sabe o suficiente

Para exercer uma liderança de sucesso é fundamental que o líder reconheça que nunca sabe o suficiente mantendo-se assim numa posição de humildade e com abertura para novas experiências. Prepare-se para buscar conhecimento em diferentes fontes de maneira a ter uma base mais sólida para oferecer aos seus liderados.

– Inteligência emocional

Estar à frente de uma equipe exige muita inteligência emocional, pois além dos seus próprios conflitos e dilemas será necessário administrar as questões dos outros. Se você é o tipo de pessoa que não tem muita paciência é importante trabalhar essa questão afinal o líder deve ser a pessoa que agrega e não a que intimida. Outra questão essencial diz respeito a capacidade empática, colocar-se no lugar do outro assumindo o seu ponto de vista em diferentes situações.

– Capacidade de comunicação assertiva

Muito se fala a respeito da relevância da comunicação dentro de uma equipe, porém, pouco se enfatiza sobre a qualidade da mesma. Não basta que uma das partes fale e a outra ouça, é fundamental que exista uma troca real de pontos de vista e diferentes conhecimentos. Equipes em que os subordinados apenas reportam as atividades para o líder dificilmente realizam grandes feitos, pois não se aproveita o talento individual de cada membro.

– Boa relação interpessoal

Uma extensão da inteligência emocional, o bom relacionamento com as pessoas que o cercam faz do líder uma figura benquista que obtém apoio quando isso se mostra necessário. É essencial que seja dito que não se trata de uma forma de agir com política, é essencial ter uma boa relação com os superiores, profissionais do mesmo status e com os subordinados. Um bom trabalho é o resultado do conjunto de ações do grupo.

– Coerência entre o dito e o feito

Os subordinados da equipe devem ter no líder um exemplo a ser seguido, isto é, uma pessoa que em coerência entre o que diz e faz. Não funciona estabelecer uma relação em que se diga para que a equipe haja de tal maneira se o líder segue pelo caminho contrário. Saiba que as pessoas retêm com muito mais facilidade aquilo que fazemos do que aquilo que dizemos. Quando se tem coerência não há nada que possa impedir a realização de um bom trabalho.

– Estabelecimento de um plano de futuro

Saber onde se quer estar daqui a cinco ou mais anos é fundamental para quem deseja assumir a posição de liderança da equipe. Na verdade todo profissional, estando ou não numa posição de destaque, deveria ter a clareza do ponto em que quer chegar com seu trabalho para que possa agir de acordo com as expectativas. Quem sabe o que quer, transmite mais confiança para os seus liderados no que concerne a competência.

– Organização

Ser organizado é muito importante em qualquer posição de hierarquia, porém, para quem tem um grupo para gerir se mostra crucial. Não dá para atender a todas as demandas daqueles que dependem do líder sem ter o conhecimento das necessidades de cada um e de um planejamento organizado. Ter método para as suas ações é importante para assumir a frente dos projetos.

– Reconhecimento do talento alheio

Todos os membros da sua equipe possuem talentos individuais que podem e devem ser aproveitados. O bom líder olha para cada um dos indivíduos com que trabalha e identifica esses talentos encontrando as melhores formas de aplicá-los no dia a dia. Muitas vezes se tem o profissional perfeito para uma função dentro da própria empresa que não consegue identificar isso e continua tendo gastos de recrutamento.

– Capacidade de inspirar

As competências de um líder não se resumem mais a somente planejar e executar projetos, agora ele passou a ser uma figura inspiradora que instiga a realização em seus subordinados. As pessoas de uma maneira geral dependem de um ‘empurrãozinho’ para que possam fazer aquilo que é tido como o seu máximo e melhor. Saber conversar com os subordinados com tranquilidade contribui para despertar a vontade de fazer que eles tem.

Gostou de conhecer mais sobre as competências de um líder? Então compartilhe em suas redes sociais e deixe seus comentários sobre o tema!

Créditos da Imagem: Por arka38 – ID da foto stock livre de direitos: 1095235346