Equilíbrio comportamental é uma característica de líderes de sucesso

Equilíbrio comportamental é uma característica de líderes de sucesso

Quem está numa posição de liderança de equipe deve saber como ser menos explosivo, pois ter um bom relacionamento interpessoal com os subordinados reflete diretamente no sucesso de seus projetos. Já se foi o tempo em que era aceitável que os chefes tivessem comportamento abusivo. Além de estar em descompasso com os tempos atuais esse comportamento pode acarretar no seu desligamento do trabalho. Tem várias formas de reduzir o seu pavio curto e te ajudar a controlar seu descontrole emocional.

Dicas para líderes: Como ser menos explosivo

Para você é difícil imaginar um dia em que não esteja estressado e sem paciência para as demandas que seus subordinados lhe trazem? Saiba que se essa é a sua rotina como líder de equipe está fazendo isso errado. Ter um comportamento mais ameno e saber dialogar com as pessoas que trabalham ao seu lado é crucial para bater as metas estipuladas. Por isso listei a seguir dicas de como se tornar menos explosivo no ambiente de trabalho.

– Reconheça que tem um problema

O primeiro passo para resolver qualquer dificuldade é admitir que ela existe e que precisa ser solucionada. Nesse caso é necessário que o líder explosivo observe o erro em seu comportamento e esteja preparado para os desafios que desenvolver inteligência emocional demanda. Reconhecer uma falha, em especial no caso de quem está em posição de liderança, pode ser bem difícil, mas é absolutamente necessário.

– Tenha uma rotina de atividades físicas

Incluir em sua rotina a prática de atividades físicas, sejam elas esportes individuais ou coletivos, é uma forma de reduzir a sua sensação de raiva. Quando nos exercitamos nosso corpo produz endorfina que é uma substância que nos dá a sensação de bem-estar. Quem se sente bem se irritará menos com as outras pessoas e terá menos episódios de estresse.

Fica o adendo de que ao escolher um esporte coletivo como futebol, por exemplo, você está assumindo um desafio duplo, pois precisará controlar as suas emoções durante um momento em que não se tem por hábito fazer isso, o calor da competição. Para quem tem um comportamento muito explosivo pode ser interessante iniciar numa atividade solo como caminhada, por exemplo.

– Desabafe para não se manter intoxicado

Sabe quando guardamos uma frustração somente para nós e sentimos que estamos com algo engasgado na garganta? Essa sensação é resultado da toxicidade resultante de não expor nossos sentimentos negativos a respeito de algumas situações ou pessoas. A dica é ter um confidente, alguém de sua confiança e que de preferência seja de fora do escritório – para não se tornar um momento de fofoca – com quem se possa falar a respeito do que te faz ter esses sentimentos ruins.

Há outras formas de colocar esse sentimento negativo para fora como, por exemplo, escrever um diário (que pode ser até digital, mas esteja acessível somente por você), desenhar, jogar videogame entre outras atividades. O mais importante é ter uma maneira de extravasar o sentimento de peso pela frustração.

– Aprenda a dialogar

Estando na posição de liderança da equipe é importante desenvolver a técnica do diálogo, basicamente isso quer dizer que você realiza uma troca com a outra pessoa a respeito dos seus pontos de vista. O principal erro que líderes cometem é o de achar que por estarem na posição de liderança não tem nada a aprender com seus subordinados.

Quando estiver se sentindo irritado e prestes a explodir respire fundo para ouvir com atenção o que a outra parte tem a dizer. Considerar os argumentos dos outros pode ser uma maneira bastante positiva de evoluir as suas próprias opiniões. Ter em mente aquela velha máxima de que temos dois ouvidos e uma boca para que possamos ouvir mais e falar menos ajudará a ter menos situações de explosão inadequadas.

– Faça uma análise do seu padrão de reações

Quem é explosivo costuma ter um padrão de apresentação da sua hostilidade, minha recomendação para que você possa resolver essa questão é analisar como reagiu em diferentes cenários identificando quais são as atitudes dos outros que te tiram do sério. Com essa identificação você poderá pensar em estratégias para não cair no erro de reagir de forma abrupta.

A grande questão a respeito das explosões de raiva é que elas estão guiadas por um sentimento irracional. Tornar o que está no campo da irracionalidade palpável e descrito por um processo racional de causa e efeito torna mais simples administrar essas situações. Você pode ensaiar mentalmente quais devem ser suas respostas em diferentes ocasiões que podem despertar a sua ira e assim evitar que esses erros se repitam.

– Medite

A meditação é uma prática que pode ser considerada como o exercício para o cérebro tal qual há o exercício para os músculos. Inicialmente pode parecer difícil para quem tem um perfil mais explosivo, porém, encontrando o método certo para você (pesquise na internet) será relativamente simples embarcar num caminho de autoconhecimento.

Gostou das dicas de como ser menos explosivo? Compartilhe o artigo com seus amigos em suas redes sociais!

Créditos da Imagem: Por Ollyy – ID da foto stock livre de direitos: 78951343