Confira minha entrevista e veja dicas de como ser uma profissional autônoma bem-sucedida!

Confira minha entrevista e veja dicas de como ser uma profissional autônoma bem-sucedida!

Com a crise e um mercado de trabalho instável, tem muita gente pensando em trabalhar por e para si mesma, como profissional autônoma.  É uma escolha que pode dar certo se você tomar os cuidados necessários. Para te ajudar nessa missão, o DaquiDali conversou com Marcus Marques, master coach e diretor executivo do Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, que passou as orientações a seguir.

Planeje-se

Esse é um passo básico, mas que muita gente, por ansiedade ou falta de informação, acaba pulando! “Planejar não é apenas pensar no negócio em si, é preciso ter visão sistêmica. Isso implica em aspectos financeiros, gestão de tempo e do conhecimento, entre outros quesitos. Nesse sentido, o planejamento deve envolver todas essas questões de forma detalhada, estipulando metas e prazos a serem cumpridos. É claro que há fatores externos sobre os quais não temos controle, porém, o que está em nossas mãos e foi planejado por nós deve ser feito”, alerta o master coach.

VladTeodor/iStock Buscar informações sobre todas as áreas do seu negócio é muito importante para ter pelo menos uma noção do todo.

Prepare-se

É preciso estar preparada para enfrentar os desafios de ser uma empreendedora. Segundo o profissional, “apenas boa vontade e empenho não são o suficiente. Conhecimentos em administração, na área operacional, fiscal, financeira, contábil, de marketing, venda e gestão são bem-vindos. Não é necessário ser expert em tudo, porém o mínimo de informação é importante. Procure também desenvolver aspectos comportamentais que lhe auxiliarão nas questões do dia a dia, como comunicação, gestão de tempo, controle e inteligência emocional, flexibilidade e melhoria no processo de tomada de decisão, por exemplo”.

Trace objetivos alcançáveis

Se você perguntar, a maioria das pessoas vai responder que sim, queria ter muito dinheiro. Não é impossível, mas é imprescindível ter os pés no chão. “Conhece a célebre frase do conto ‘Alice no país das Maravilhas’, ‘para quem não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve’? Ela nos traz uma reflexão muito importante quando pensamos na importância de se ter objetivos. Você só saberá qual caminho trilhar quando definir onde quer chegar. Pensando nisso, pontue objetivos profissionais, pessoais e até mesmo financeiros, eles serão seu norte para seguir um caminho mais seguro. Lembre-se de estabelecer objetivos realistas: um negócio não dá lucro de um dia para o outro, é preciso de um tempo de maturação até o empreendimento tomar consistência e dar os primeiros frutos”, lembra Marques.

Aleksander-Kaczma/iStock Uma vez que as ideias estejam todas esquematizadas, tem que arregaçar as mangas e partir para a ação!

Tenha atitude

Planejamentos, ideias ótimas, um projeto consolidado só saem do papel se você partir para a ação de verdade. “Nada acontece se você ficar parada, então arregace as mangas e trabalhe. Não se importe em passar sábados, domingos e feriados ocupada, nem as noites acordadas até que o negócio tome forma. É normal ter que despender um pouco mais de tempo e dedicação. Mas lembre-se: o negócio é seu, você está dando duro para si mesma, e um final de semana trabalhando, hoje, pode se tornar a viagem internacional de amanhã. Outro ponto importante é: não tenha medo de pedir ajuda, temos amigos, familiares e colegas de profissão sempre aptos e dispostos a nos ajudar (e isso vale inclusive para o tópico sobre conhecimento)”, destaca o especialista.

Para ver a publicação original clique em Daqui Dali.