A importância do aprendizado contínuo na vida profissional

A importância do aprendizado contínuo na vida profissional

De tudo o que conquistamos ao longo da vida, o aprendizado á a única coisa que ninguém pode nos tirar. Cada experiência vivida contribui para a nossa formação como pessoas e profissionais, por isso, não há como considerar que nenhum indivíduo está completamente pronto. Nossa vida é um aprendizado contínuo, todos os dias descobrimos algo novo e isso é incrível. Nas empresas deve acontecer da mesma maneira, pois apenas quando se assume a política de aprendizado contínuo se consegue acompanhar as constantes mudanças do mercado.
 

Como Construir uma Cultura de Aprendizado Contínuo na Empresa

 
O constante aprendizado nunca foi tão importante quanto é agora. Na verdade, é indispensável se você quer que a sua empresa cresça e se destaque no mercado. Para colocar isso em prática é necessário promover uma mudança na cultura da organização, oferecendo um ambiente que incentive os colaboradores a buscar e compartilhar conhecimento de forma contínua.
 
Confira, a seguir, dicas para promover uma cultura de aprendizado contínuo na sua empresa.
 

Faça um Planejamento

 
Seu planejamento deve ter uma combinação de oportunidades de desenvolvimento, incluindo formais, informais e on the job, que é um tipo de treinamento que acontece no local de trabalho dos colaboradores. É fácil contratar cursos de formação básicos para ensinar os funcionários a utilizarem um software ou uma ferramenta, por exemplo. Entretanto, é mais significativo para os indivíduos e para a sua organização proporcionar oportunidades de aprendizagem que sejam específicas para as competências com as quais eles tenham maior afinidade.
 
Não adianta investir em diversos treinamentos para um funcionário se tornar mais desenvolto no atendimento ao cliente se ele tem o perfil reservado, que prefere trabalhar apenas internamente, sem contato externo. É importante considerar o perfil de cada colaborador para potencializar o que eles têm de melhor. Dessa forma, estará incentivando-os a se tornarem cada vez melhores por meio do aprendizado contínuo.
 

Forneça Tempo e Recursos

 
Se uma organização deseja promover o aprendizado contínuo e fazer dele parte de sua cultura, é necessário que incentive que isso aconteça. Vale dizer que o aprendizado pode ser promovido tanto em empresas com muitos recursos, quanto nas menores, com o orçamento mais limitado. Basta ter criatividade para fornecer tempo e recursos para os funcionários adquirirem conhecimento dentro da realidade da organização.
 
Uma ótima maneira de apoiar a aprendizagem dos funcionários é ceder um período de tempo durante o expediente, no qual eles possam se concentrar em uma atividade específica, que pode ser um curso, assistir vídeos da internet com conteúdo relevante sobre determinado tema, ler livros, etc. Mesmo que seja uma hora por semana ou 15 minutos por dia, isso irá incentivar os colaboradores e deixá-los mais motivados a seguir no caminho do aprendizado contínuo.
 

Incentive a Inovação

 
Em um mercado cada vez mais competitivo, a inovação tem sido um conceito bastante explorado. Hoje, sai na frente aquela empresa que consegue se reinventar e trazer produtos e serviços com um diferencial e que realmente façam a diferença na vida das pessoas. Uma das vertentes de programas de aprendizagem contínua é resolver problemas por meio de experimentação e inovação.
 
Será que toda ideia pode ser revolucionária para a sua organização? Na verdade, não, mas os funcionários vão gostar de ter a liberdade para explorar possíveis soluções e cometer erros dentro de parâmetros claramente definidos. As descobertas que isso pode promover certamente terão um impacto significativo sobre o seu negócio, melhorando a eficiência e aumentando a produtividade.
 

A Importância da Prática no Processo de Aprendizado

 
Assim como tudo na vida, o equilíbrio é fundamental e de nada adianta investir em cursos e treinamentos se não parar para colocar todo o aprendizado em prática. Então, tome cuidado para não se esquecer dessa etapa tão importante, que é aplicar o conteúdo aprendido na empresa e incentivar os colaboradores a fazerem o mesmo. Teoria e prática devem sempre andar lado a lado para que os resultados sejam positivos e o investimento traga retorno.
 
Muitas pessoas acabam pecando pelo excesso de perfeccionismo e esperam se tornarem completos especialistas em algo para poder colocar em prática. Sempre costumo dizer que feito é melhor do que perfeito, ou seja, vale mais a pena colocar a mão na massa e adquirir ainda mais conhecimento durante o processo, do que viver esperando o momento certo e perder diversas oportunidades.
 
Existe um ditado que diz que a prática leva à perfeição e essa é uma grande verdade. A partir do momento em que começar a colocar o que aprende em prática, conseguirá aperfeiçoar seu conhecimento e se tornar um profissional cada vez melhor e mais preparado. Pratique até que o conteúdo em questão se torne fácil para você e, então, terá a certeza de que realmente aprendeu. Então, poderá passar para a próxima fase e buscar novos conhecimentos.
 
Sua empresa tem uma política de aprendizado contínuo? Deixe a sua opinião sobre o assunto nos comentários.