Saiba como aplicar o Diagrama de Pareto em sua empresa

Saiba como aplicar o Diagrama de Pareto em sua empresa

O Diagrama de Pareto é uma ferramenta da qualidade que pode ser bastante útil nas empresas, pois prioriza as ações que trarão bons resultados. Por meio dele, o empresário poderá concentrar os seus esforços naquilo que realmente irá fazer a diferença, evitando, assim, desperdícios de tempo, dinheiro e recursos. Para saber mais sobre o assunto, continue acompanhando e veja como usar o diagrama no seu negócio.
 

O Que é Diagrama de Pareto?

 
O diagrama ou Princípio de Pareto foi criado por Vilfredo Pareto, um importante economista nascido na França e criado na Itália. Ele se baseou no fato de que todo problema tem uma causa, ou seja, aquilo que o origina. Então, chegou à conclusão de que 80% dos problemas de uma empresa ou da vida pessoal de alguém poderiam ser resolvidos ao focar em 20% das causas. Por esse motivo, a ferramenta também ficou conhecida como Regra 80/20.
 
Pode parecer estranho, mas é possível comprovar que Pareto realmente tinha razão. Para isso, basta colocar informações sobre a sua empresa em um gráfico e irá constatar que a ferramenta é eficaz. Por exemplo, quando existe um grande número de reclamações dos clientes, ao investigar cada uma delas, é bem provável que sejam poucas as causas. Isso acontece porque uma causa é capaz de gerar uma série de problemas.
 
Ao utilizar o Diagrama de Pareto no seu negócio, conseguirá identificar quais são as causas em que deverá reunir esforços para resolver o que realmente é necessário. É como se ele atuasse como uma peneira, para te ajudar a separar o que realmente precisa de atenção daquilo que não é tão importante e pode ser resolvido depois. Com isso, economiza-se tempo, dinheiro e recursos, o que é muito importante para alcançar o sucesso.
 
Resumindo, o Gráfico de Pareto é também chamado de Regra 80/20 porque se baseia no fato de que 80% dos problemas de uma empresa se originam de 20% das causas. Da mesma forma, 80% das vendas podem se originar de 20% dos produtos e assim por diante. Ele ajuda o empreendedor a identificar a causa de situações diversas, a fim de que se possa reunir esforços para otimizar e resolver apenas o que for realmente necessário. Então, ao trabalhar sobre os 20% certos, é possível chegar a 80% de resultado.
 

Quando Usar o Diagrama de Pareto

 
Uma ótima ferramenta para a tomada de decisão, o Diagrama de Pareto é útil em diversas situações dentro de uma empresa. Ele ajuda o empresário a identificar quais devem ser as prioridades da gestão, a fim de acelerar os resultados. É indicado para:
 
• Verificar a frequência com que ocorrem falhas dentro da organização.
 
• Definir quais os problemas devem ser priorizados.
 
• Entender melhor a causa de cada falha.
 
• Apresentar dados de forma mais clara para outros membros da empresa.
 

Como Fazer o Diagrama de Pareto

 
O primeiro passo para criar o diagrama é montar uma planilha, que é composta por 5 partes, que são: descrição das falhas, número de ocorrências, total de ocorrências, casos acumulados, porcentagem por falha e porcentagem acumulada. O processo pode ser todo realizado em programas de edição de planilhas, como o Excel. Veja como cada área deve ser preenchida:
 
Descrição das Falhas: Anote neste campo os problemas que pretende analisar por meio do diagrama. Exemplos: Faturamento incorreto, atraso na entrega, preço errado, produto avariado, etc. Posicione-os em ordem decrescente, começando pelas falhas mais frequentes.
 
Número de Ocorrências: Registre o número de ocorrências de determinado período de cada uma das falhas que anotou.
 
Total de Ocorrências: Some o total de ocorrências de todas as falhas registradas.
 
Casos Acumulados: Registre o total de ocorrências de cada problema.
 
Porcentagem Por Falha: Para chegar à porcentagem de cada falha, faça o seguinte cálculo: Some o total de ocorrências do período, de todas as categorias, e, então, divida o número de ocorrência de cada categoria por este valor.
 
Exemplo:
 
Total de Ocorrências: 500 casos
 
Atraso na entrega: 140 casos
 
140 / 500 = 0,28 = 28%
 
Porcentagem Acumulada: Repita o mesmo cálculo, porém considerando a quantidade de casos acumulados.
 
Após o preencher a planilha, o próprio Excel será capaz de gerar o diagrama, para que os dados fiquem mais claros para a análise. Dessa forma, o gestor poderá entender quais são as causas que estão gerando os maiores problemas e, assim, focar nas soluções certas. Isso permite que aconteça uma aceleração dos resultados, já que a empresa poderá concentrar os seus esforços naquilo que realmente importa.
 

Maior Eficácia da Solução de Problemas

 
Agora que você já conhece o Diagrama de Pareto, poderá aplicá-lo na sua empresa para resolver situações que possam estar minando a produtividade e lucratividade do negócio. Por meio dessa ferramenta é possível identificar aquelas falhas que parecem inofensivas, mas que são a origem de grandes problemas.
 
Como acha que o Diagrama de Pareto pode ser útil no seu empreendimento? Já utilizou alguma ferramenta parecida? Compartilhe sua experiência comigo nos comentários.