Dicas para ampliar o faturamento da empresa

Dicas para ampliar o faturamento da empresa

Quando uma empresa é aberta, o primeiro objetivo do empresário é efetuar vendas para que ela se torne sustentável. Mesmo quando esta meta é alcançada, é interessante sempre buscar formas de manter o faturamento em ascensão, para que o negócio cresça cada vez mais. No artigo de hoje darei dicas de como aumentar o faturamento de maneira eficaz. Acompanhe e veja o que é necessário fazer para ter um faturamento nas alturas.
 

Diferença Entre Faturamento e Lucro

 
Antes de começar a falar sobre as dicas, é necessário deixar claro que faturamento e lucro são coisas distintas e não devem ser confundidas. O faturamento é o total que a empresa arrecadou por meio de suas vendas em um determinado período, ou seja, é o valor bruto, sem ter as despesas debitadas. Já o lucro é aquilo que sobra depois de quitar todos os custos, o que inclui salários dos funcionários, água, luz, aluguel, etc.
 
Se formos comparar com o salário de um trabalhador, o faturamento é o valor total que ele recebe. Já o lucro é aquilo que sobra depois que todas as contas são pagas, ou seja, é o valor líquido que poderá ser usado para o que ele quiser.
 

Dicas de Como Aumentar o Faturamento da Sua Empresa

 
Para aumentar o faturamento é importante tomar medidas para impulsionar os resultados. Confira sete dicas indispensáveis para faturar mais em menos tempo.
 

1 – Expandir as Vendas

 
Se a sua empresa é baseada em produtos, pense na possibilidade de começar a vendê-los pela internet. Se com uma loja física você consegue atingir clientes da sua região, por meio de um e-commerce poderá vender para todo o Brasil. Nesse caso é importante verificar questões relacionadas ao frete para confirmar a viabilidade.
 
Independente se for possível ou não vender online, utilize a rede para divulgar seus produtos ou serviços, mesmo que seja para clientes da loja física. Ter presença nas redes sociais é fundamental para qualquer negócio do tipo B2C, ou seja, que vende para pessoas físicas.
 

2 – Reduzir de Custos

 
Além de vender mais, para aumentar o faturamento é necessário otimizar e reduzir custos, mas, claro, sem comprometer a qualidade. Esta é a melhor maneira de faturar mais sem precisar fazer um investimento. O primeiro passo é analisar todos os custos da empresa, desde materiais até as contas de água e luz, por exemplo. Tudo deve ser revisto a fim de verificar se é possível reduzir os gastos.
 
Rever os contratos com fornecedores também é importante para verificar se é possível obter melhores condições de pagamento ou mesmo procurar por empresas que tenham preços melhores. Depois de tudo analisado, é hora de definir as medidas que precisam ser tomadas para baixar os custos.
 

3 – Terceirização de Determinados Serviços

 
Certas atividades não exigem tanta demanda dentro da empresa de acordo com a sua área de atuação. Como a contratação de funcionários é algo que gera custos mais altos, é interessante terceirizar as atividades com menor necessidade, como é o caso do contador, por exemplo. Ao invés de manter o profissional na equipe, é possível contratar os seus serviços apenas para as atividades que são necessárias. Esta é uma forma inteligente de otimizar e reduzir os custos e, com isso, aumentar o faturamento.
 

4 – Investir em Pós-Venda

 
Muitas empresas, em busca de aumentar o faturamento, seguem de forma obstinada para conquistar novos clientes, mas se esquecem de manter aqueles que já têm. Saiba que o custo para atrair novos consumidores chega a ser até sete vezes mais alto do que o de manter a clientela atual. Por isso, o ideal é investir na fidelização e manter um relacionamento mais próximo com os clientes.
 

5 – Pessoas e Processos

 
Os resultados são obtidos por meio da soma de pessoas e processos, dificilmente uma empresa conseguirá aumentar seu faturamento sem isso. É fundamental que seja feita uma análise de todos os processos para identificar gargalos que possam estar prejudicando os resultados. Da mesma forma, é necessário investir na capacitação dos colaboradores para que todos se tornem fiscais dos processos, a fim de que se mantenham eficientes.
 

6 – Atenção aos Preços

 
A precificação é um fator que exige muita atenção por parte dos empresários. Se por um lado um preço baixo pode ser mais competitivo no mercado, por outro ele pode sacrificar a saúde financeira do negócio. É importante encontrar um equilíbrio para que o valor cobrado esteja de acordo com as condições do público alvo, para efetuar mais vendas, mas sem prejudicar o faturamento.
 

7 – Utilização da Tecnologia

 
A tecnologia é uma ferramenta poderosa para os empreendedores e pode ser usada das mais variadas formas para aumentar o faturamento. Seja para otimizar processos, vender ou fazer marketing, o uso inteligente da internet e da tecnologia, de uma forma geral, está revolucionando o mercado e trazendo resultados cada vez melhores para quem sabe aproveitar seus benefícios.
 
Gostou das dicas? Aproveite para compartilhar com os seus amigos empresários e passa-las adiante!