Boas práticas para otimizar o espaço físico de sua empresa

Boas práticas para otimizar o espaço físico de sua empresa

Algumas mudanças no layout de uma empresa podem contribuir para que a mesma se torne mais competitiva e produtiva no seu segmento de mercado. Independente do tamanho da estrutura de uma companhia, é possível otimizar a forma como o espaço está sendo usado no presente para ter uma redução significativa dos custos no futuro. O aproveitamento de espaços tem se tornado uma prática cada vez mais comum nas organizações que buscam melhores resultados a longo prazo.
 

05 Dicas Para Otimizar o Layout de uma Empresa

 
A seguir, vou dar dicas práticas de como aproveitar os espaços na empresa para aumentar a sua produtividade e usar todos os espaços que poderiam se tornar onerosos e até desconfortáveis para os colaboradores.
 

Dica 01 – Aposte na escolha de mobiliário inteligente

 
O chamado mobiliário inteligente é aquele que, além de oferecer conforto para o colaborador, mantém um bom espaço de circulação no escritório, bem como se encaixa nos cantinhos disponíveis. Um dos melhores exemplos desse tipo de móveis é a mesa ergonômica, que tem como objetivo manter o colaborador focado no desempenho de suas tarefas sem o incômodo que móveis mal projetados podem gerar.
 
Vale destacar que não é necessário apostar em móveis grandes, peças que sejam pequenas, mas funcionais têm ótimo impacto no cotidiano das companhias. O segredo para mexer com sabedoria no layout de uma empresa é apostar em deixar o máximo possível de espaços livres para que as pessoas possam andar pelas salas sem esbarrar umas nas outras.
 

Dica 02 – Diga adeus a divisórias que apenas reduzem o espaço

 
Atualmente, boa parte das empresas já aposta na eliminação de divisórias e barreiras que separem salas e departamentos. Uma configuração bastante vista é aquela em que se tem uma sala ampla em que todos os colaboradores estão dispostos lado a lado ou em que cada setor tem uma ilha de mesas.
 
Além desse desenho de espaço tornar a interação entre diferentes setores maior, contribui também para que o local de trabalho pareça maior. Basta que a gente compare mentalmente uma sala ampla sem divisões com um espaço cheio de salinhas, o que parece maior?
 

Dica 03 – Truques para aumentar o espaço físico da empresa visualmente

 
Se sua empresa tem um espaço físico relativamente pequeno e não há orçamento para realizar o aumento real, é possível apostar no uso de alguns truques, como a escolha da cor das paredes das salas e iluminação. Ambientes fechados que têm paredes de cores claras tendem a parecer mais amplos visualmente, assim como aqueles que têm boa incidência de luz natural.
 
Nos casos em que o local não possui boa iluminação natural, é possível recorrer ao uso de iluminação artificial por meio de lâmpadas fluorescentes que têm luz azulada. É interessante evitar a escolha de lâmpadas incandescentes que possuem luz mais fraca e puxando para o tom amarelo. Lembre-se que espaços que são muito pequenos podem gerar uma sensação desagradável de sufocamento, algo que pode ser evitado com esses pequenos truques que ensinei.
 

Dica 04 – A empresa deve descartar o que não é mais útil com regularidade

 
Muitas pessoas têm o hábito de acumular papéis, objetos, móveis velhos, entre outros itens que apenas ocupam espaço sem ter nenhuma utilidade, o mesmo acontece com as organizações. Manter esses itens desnecessários pode ser bastante oneroso, em termos de manutenção e de espaço. Salas que servem para abrigar arquivos sem utilidade poderiam ser usadas para desafogar o aperto de alguns funcionários que dividem outros espaços dentro da companhia.
 
Uma forma bem simples de dar um jeito nessa questão é manter uma limpeza regular da empresa, descartando tudo o que não for relevante. Realizar esse processo constantemente é uma maneira de tornar o trabalho de seleção e descarte mais simples. Para as companhias que nunca focaram nessa atividade, indico que organizem um mutirão com os colaboradores para dar fim no acúmulo.
 

Dica 05 – Pense a respeito de alugar um self-storage

 
Após seguir a dica anterior, o gestor da empresa pode se deparar com itens como documentos que não podem simplesmente ser descartados. Alguns documentos, mesmo não tendo utilidade prática, devem ser guardados por determinação da lei. Para as organizações que têm um grande acervo de itens desnecessário, indico considerar alugar um self-storage.
 
A parte mais interessante é que existem diversas opções para atender a diferentes demandas de valores financeiros e de espaço. Comparando, é muito mais em conta alugar um self-storage do que outro tipo de local para armazenamento. Uma maneira de retirar do espaço físico da empresa tudo o que está apenas entulhando, oferecendo, assim, mais espaço para que os colaboradores desenvolvam as suas tarefas com qualidade.
 
Gostou das sugestões de como mudar o layout de uma empresa? Tenho certeza que com essas dicas será muito mais fácil ter um espaço maior a disposição para os seus colaboradores!