O papel das cores no ambiente de trabalho

O papel das cores no ambiente de trabalho

Escolher as cores certas para o local de trabalho pode ser tão importante quanto selecionar os funcionários certos para trabalhar para você. Pesquisas afirmam que o efeito das cores pode influenciar no comportamento dos funcionários, seus níveis de produtividade, humor e atitudes.
 
No artigo de hoje vamos falar mais a respeito desse assunto e trazer dicas para que você escolha as cores certas para a sua empresa.
 

Os Princípios da Psicologia das Cores

 
As primeiras pesquisas sobre a psicologia das cores foram realizadas pelo psiquiatra Carl Jung, que as estudou como uma ferramenta para a psicoterapia. A partir desse estudo ele definiu os seguintes princípios básicos:
 
• Cada cor tem um significado específico.
 
• O significado da cor é biológico ou aprendido.
 
• Uma pessoa que percebe uma irá avaliá-la automaticamente.
 
• A avaliação de uma cor provoca um comportamento induzido por ela.
 
• A influência da cor é automática.
 
• O significado de uma cor é afetado pelo contexto em que ela está inserida.
 

As Sensações Causadas Pelas Cores

 
Cada pessoas reage de maneira diferente às cores. Entretanto, de uma maneira geral, podemos considerar algumas reações mais comuns.
 
Basicamente podemos classificar as cores em:
 
• Cores Quentes – Amarelo, vermelho e laranja são consideradas cores quentes. Elas costumam trazer sensações de calor e conforto, mas também podem causar raiva.
 
• Cores Frias – Por outro lado, as cores como azul, roxo e verde são conhecidas por induzir sentimentos de calma, serenidade ou tristeza.
 
Branco: Embora paredes brancas passem uma imagem de limpeza, elas também nos lembram de lugares em que não gostamos de estar, como um consultório médico, por exemplo. Em ambientes na cor branca as pessoas costumam se sentir inertes, calmas demais e sem motivação para agir. Por esse motivo, o branco é considerado a pior cor para pintar um escritório.
 
Azul: A cor azul pode ter um efeito calmante no ambiente de trabalho. As paredes azuis ajudam a baixar o estresse e reduzir a frequência cardíaca. Se seus funcionários costumam passar por situações estressantes com frequência, pintar as paredes de azul pode ajudar a tornar o ambiente mais tranquilo.
 
Vermelho: Símbolo do paixão, da amor e da raiva, o vermelho é uma cor bastante poderosa. Em um ambiente de trabalho, paredes vermelhas podem ajudar a aumentar a frequência cardíaca e a atividade cerebral dos funcionários. Mas lembre-se: a cor também pode deixá-los irritados. Por isso o ideal é evitar essa cor em um escritório ou usá-la apenas em alguns detalhes da decoração.
 
Amarelo: Uma das cores mais brilhantes que existe, o amarelo pode proporcionar bastante energia e estimular a produtividade. Infelizmente, é um tom que, quando em excesso, pode trazer irritação. É uma cor que reflete muita luz, e, por isso, é difícil de olhar. Deve ser usada com moderação, apenas em alguns pontos do ambiente.
 
Verde: A cor que nos lembra da natureza e da vida pode fazer maravilhas no escritório, pois é bastante relaxante e agradável. Olhar para uma parede na cor verde não é algo que cansa os olhos. Se você quiser que seus funcionários e clientes se sintam bem vindos, talvez seja hora de dar um toque verde no ambiente.
 
Rosa: Trata-se de uma cor que tem uma vibração sedutora e confortável. Os tons mais claros são mais delicados e agradáveis, enquanto as versões mais vivas podem ser um pouco cansativas. Antes de decidir fazer a pintura de parede do escritório em um tom de rosa é importante levar em consideração o estilo de ambiente que você deseja, pois trata-se de uma cor mais informal.
 
Cores Neutras: Já falamos a respeito do branco e agora vamos falar a respeito de outras cores neutras, como o bege, o marrom, o cinza e e preto. Elas são boas para serem usadas em combinação com outras cores, para amenizar o efeito de tons vivos demais. Tons claros de cinza e bege não irão estimular os funcionários se forem usadas sozinhas.
 
O marrom traz uma sensação de conforto e aconchego, mas pode deixar o ambiente escuro demais. Preto e cinza escuro são boas cores para alguns detalhes do escritório e proporcionam uma profundidade interessante para uma sala, mas cuidado com o excesso, pois elas podem trazer sentimentos de tristeza ou depressão.
 

As Cores de Acordo Com o Tipo De Ambiente

 
As cores frias, como azul, roxo e verde, são melhores para locais de trabalho em que as pessoas precisam estar calmas e relaxadas. Alguns exemplos incluem: escritórios de advocacia, clínicas de psiquiatra, áreas públicas, entre outros.
 
O branco é indicado para áreas como hospitais ou laboratórios, onde a esterilidade é necessária. No entanto, por não ser uma cor muito relaxante, não é muito indicada para escritórios e outros ambientes de trabalho. Prefira cores como o verde e azul.
 
Como já dissemos, o vermelho não é indicado para escritórios, porém pode ser uma opção interessante para locais de passagem, em que as pessoas não permanecem por muito tempo, como corredores e o local que os funcionários usam para fazer as refeições.
 
Além de pensar no efeito das cores sobre os funcionários, em empresas com atendimento ao público a escolha certa pode ser um fator importante para mantê-los felizes e satisfeitos. Por isso é importante pensar o tipo de sensação que você deseja causar nos seus clientes.