A importância da validação de uma ideia de negócio

A importância da validação de uma ideia de negócio

Quando se tem uma ideia de negócio, por melhor que ela pareça ser, é fundamental validá-la antes de começar a colocá-la em prática. Isso é necessário para verificar a aceitação do mercado e, assim, realizar as adaptações que forem necessárias para fazer investimentos mais assertivos. Continue acompanhando o artigo e entenda melhor a importância de validar a sua ideia antes de partir para a ação.
 

Como Validar uma Ideia de Negócio

 
Mesmo que seus amigos e familiares digam que a sua ideia tem tudo para ser um sucesso, a validação é uma etapa indispensável, pois é ela que irá te ajudar a reduzir os riscos. É bastante comum que, durante esse processo, os empreendedores descubram formas de melhorar ainda mais o seu projeto e, assim, aumentar as chances de ele ser bem aceito no mercado. Confira, a seguir, dicas de como realizar a validação de uma ideia de negócio.
 

1 – Realize uma Análise Completa da Ideia

 
Existem muitas ideias geniais que já existem, então é muito importante começar a validação com uma análise completa da sua, o que inclui uma boa busca no Google. Caso encontre algo igual ou parecido, não desanime, pois existe a possibilidade de você melhorar o que já existe, modificando algum detalhe ou criando um diferencial. O ponto é analisar se a sua ideia de negócio é realmente capaz de fazer a diferença para as pessoas. Se a resposta for sim, é sinal de que vale a pena partir para o próximo passo da validação.
 

2 – Peça a Opinião Sincera das Pessoas

 
Você tem algum amigo ou familiar que tenha noções de empreendedorismo e em quem confie? Se sim, aproveite para contar sobre a sua ideia para essa pessoa e peça para que dê um feedback completamente honesto. Deixe claro que precisa de uma opinião sincera e não de apoio de alguém que gosta e torce por você. Repita isso com quantas pessoas for possível. É natural que haja divergência de opiniões e alguns gostem enquanto outros não. Entretanto, se houver unanimidade de que a ideia não é tão boa assim, é melhor repensá-la.
 

3 – Pense em Como Sua Ideia Irá Ajudar as Pessoas

 
Não importa que tipo de produto ou serviço você deseja oferecer, é necessário que analise se ele realmente será capaz de ajudar as pessoas. Ter relevância é indispensável e, mais do que isso, é importante que a solução que a sua ideia irá proporcionar te encha os olhos e seja a sua missão. Embarcar em um novo negócio apenas por dinheiro não irá te levar a lugar algum, pois os ganhos devem ser uma consequência do seu trabalho e não a razão de ele existir.
 

4 – Construa um MVP

 
A sigla MVP significa Minimum Viable Product ou, em português, Produto Mínimo Viável. Trata-se de um protótipo que precisa ser o mais próximo possível do que será o seu produto depois de finalizado. Dessa forma, poderá testá-lo com pessoas próximas ou, mesmo, com clientes em potencial. Este passo é importante porque torna a sua ideia tangível, possibilitando que a percepção seja mais real.
 

5 – Analise a Concorrência

 
Realizar uma análise da concorrência também faz parte do processo de validação de uma ideia. Enquanto algumas ideias para negócio podem contar com vários representantes em uma mesma região, outras possuem apenas um que se destaca. Então, é necessário considerar esses pontos antes de começar para valer. Se houver concorrentes, mas, ainda assim, perceber que há espaço para o seu negócio, não caia no erro comum de entrar em uma guerra de preços, o ideal é ter um diferencial, algo que faça com que os clientes prefiram o seu produto.
 
Depois de realizada a validação, se chegou à conclusão de que a ideia é realmente interessante, chega o momento de colocá-la em prática. O primeiro passo é realizar todo o planejamento necessário, para traçar o caminho que irá seguir. Esta segunda etapa é tão importante quanto a primeira, pois sem se planejar as chances de cometer erros se tornam muito maiores.
 

O Que Não Deve Ser Feito ao Validar uma Ideia de Negócio

 
Após conhecer os passos necessários para validar a sua ideia, é hora de saber quais são os erros mais comuns durante esse processo para evitá-los cometer no seu negócio. Essa preparação é realmente importante para verificar a aceitação que o seu produto ou serviço terá no mercado. Entretanto, muitos empreendedores pecam pelo exagero nos detalhes e, com isso, estendem o processo mais do que o necessário.
 
O ideal é que a validação seja realizada sempre com bom senso, levando tempo suficiente para verificar todos os pontos, mas sem demorar demais. Ao seguir os cinco passos que indiquei é possível chegar a uma resposta relativamente rápida. Dessa forma, evita-se que ótimas ideias fiquem muito tempo paradas e sem serem tocadas em frente.
 
Você tem alguma ideia que precise de validação? Se sim, aconselho que comece o quanto antes, pois boas ideias não devem permanecer no papel!