Você conhece o significado de memória organizacional?

Você conhece o significado de memória organizacional?

Quando se fala a respeito de memória, a maioria das empresas se concentra no operacional, o que inclui informações e dados. No entanto, falar de memória organizacional vai além disso e inclui todas as experiências pelo qual a organização passou e fizeram ela chegar onde está. A gestão do conhecimento adquirido nos anos de existência é vital para o seu sucesso a longo prazo. Continue acompanhando e saiba mais a respeito do assunto.
 

O Que é Memória Organizacional?

 
A memória organizacional é um termo que se refere a todos os dados, informações e conhecimentos acumulados por uma empresa desde a sua abertura. Dentro dela estão incluídas tecnologias, processos, materiais usados, entre outros aspectos que envolvem o funcionamento de uma organização e que são fundamentais para o seu desenvolvimento. Tudo isso faz parte da área de gestão do conhecimento e é muito importante no que se refere à competitividade.
 
Para deixar mais claro, farei uma analogia com a nossa vida. Você, em seus anos de vida, certamente acumulou conhecimentos, dados e informações que fizeram com que se tornasse quem é hoje. Agora, imagine se tudo isso se perdesse e não fosse mais possível recorrer às informações adquiridas em tantos anos de vivência. Certamente isso traria inúmeras dificuldade, certo? Com as empresas acontece praticamente da mesma maneira e, por isso, é necessário que sejam implantadas medidas para que todos esses dados sejam conservados.
 

A Memória Organizacional Como Estratégia de Comunicação

 
Grandes empresas já perceberam que a memória organizacional pode ser uma ótima estratégia para se comunicar com seus clientes. Contar sua história e trajetória faz com que as pessoas se envolvam mais com a marca e, consequentemente, sintam mais confiança nela. Isso pode ser realizado tanto de forma física quanto virtual, por meio de exposições, sites, eventos, vídeos, etc. Cada empresa deve definir a forma como irá apresentar a sua memória ao público e que partes dela irá compartilhar com ele.
 
Não se pode deixar de citar que promover esse compartilhamento da memória organizacional tem um custo, mas basta encontrar a forma que estiver dentro da capacidade financeira da organização. É interessante ver essa estratégia como um investimento em marketing, pois, se feita da maneira certa, irá ajudar a atrair e fidelizar clientes.
 
Mostrar para o consumidor mais do que apenas os produtos ou serviços oferecidos é vital em um mercado que está cada vez mais competitivo. Hoje, mais do que nunca, as pessoas não compram apenas mercadorias, elas querem conhecer a origem do que estão consumindo e fazer parte da história da marca. Tudo isso ajuda a agregar valor ao produto e torná-lo único, o que dificulta que a concorrência se destaque sobre ele.
 

O Armazenamento da Memória Organizacional

 
O conceito de memória organizacional é bastante amplo e se refere tanto à história de uma organização quanto aos seus processos, documentos e desenvolvimento. Para que tantas informações não se percam, é fundamental adotar formas seguras de armazená-las. Hoje, a tecnologia oferece ferramentas de armazenamento altamente eficazes e que podem facilitar que tantos dados sejam protegidos e possam ser usados quando for necessário.
 
Além do cuidado de arquivar as informações, é necessário mantê-las bem organizadas para que possam ser encontradas com facilidade. Já pensou na quantidade de arquivos que podem ser acumulados em uma empresa com o passar dos anos? Se não estiverem com os nomes corretos e separadas por pastas e datas, será praticamente impossível encontrar alguma informação. Por isso, além de investir no armazenamento é necessário definir um método para mantê-los organizados e com fácil acesso.
 

A Importância da Memória Organizacional

 
Quando nascemos, passamos por diversas experiências até nos tornarmos adultos. Durante esse percurso vamos acumulando diversas informações, que nos ajudam a tomar melhores decisões e, assim, evitar que erros se repitam. Com uma empresa acontece da mesma forma, por isso é importante criar uma memória a fim de reunir todas as experiências adquiridas para que ajudem a planejar o presente e o futuro.
 
Imagine se apenas um funcionário for o responsável por determinado processo e apenas ele tiver as informações necessárias para realizá-lo. Se um dia, por qualquer motivo, ele deixar a empresa, como essa atividade continuará a ser feita? Ao ter tudo armazenado evita-se esse tipo de risco, pois qualquer colaborador poderá acessar um arquivo e entender as etapas desse processo.
 
Infelizmente, grande parte dos gestores apenas começa a se preocupar com o armazenamento da memória organizacional quando sente falta dela. O meu conselho é que você não espere um problema acontecer para tomar uma atitude em relação a isso e se adiante, implementando uma solução para manter todos os arquivos que possa precisar em um curto ou longo prazo.
 
Seja para utilizar como uma estratégia de marketing ou para registrar dados que possam vir a ser necessários no futuro, a memória organizacional é extremamente importante para as empresas. Aproveite e compartilhe este artigo em suas redes sociais para que mais pessoas conheçam o conceito e a importância de implementar soluções de armazenamento de dados.