Avaliação 360º: veja como funciona essa ferramenta

Avaliação 360º: veja como funciona essa ferramenta

O modelo conhecido como feedback 360° é um método de avaliação de empresas que tem como objetivo verificar quais são as competências e dificuldades dos profissionais. Trata-se de uma das ferramentas mais eficientes no que diz respeito à gestão de pessoas e permite que o setor de Recursos Humanos tenha conhecimento mais profundo sobre cada um dos colaboradores avaliados.
 

O Que é a Avaliação de Empresas 360°?

 
Consiste numa avaliação de desempenho que visa oferecer uma visão global a respeito do trabalho do colaborador a partir de diferentes fontes. O método foi desenvolvido na década de 1950, com base em conceitos de desenvolvimento organizacional, além de ter recebido influência da psicologia social-cognitiva.
 
O método 360° tem um questionário específico a respeito do colaborador que está sendo avaliado que é aplicado a diferentes públicos, como funcionários, gestores de equipes, clientes internos e externos, entre outros. Um dos diferenciais da avaliação 360° é que o colaborador também preenche um questionário sobre si mesmo, de maneira a compreender em quais pontos ainda tem dificuldade na organização.
 

Para Que Serve a Avaliação de Desempenho 360°?

 
Os resultados obtidos com essa avaliação podem ser usados para desenvolver políticas de recursos humanos, ascendência e desenvolvimento de boas lideranças, nortear mudanças nos rumos da organização, bem como escolher colaboradores mais preparados para receber promoções. O nome 360° vem do fato de ser uma avaliação de desempenho que se baseia em diferentes fontes, de maneira que oferece um panorama mais completo.
 

Para Quais Empresas a Avaliação 360° é Indicada?

 
Em geral, a avaliação 360° é associada com os níveis gerenciais das empresas, aplicada aos principais executivos do negócio, contudo, também pode ser adequada para empresas de pequeno porte e para outros níveis hierárquicos. A realização desse tipo de avaliação permite prospectar e conquistar fatias significativas do mercado apenas com pequenas mudanças na forma de trabalhar.
 

Bases da Avaliação 360°

 
Para começar a pensar na aplicação dessa avaliação de desempenho no seu negócio é essencial conhecer as bases do conceito.
 
Desenvolvimento de lideranças mais sólidas: Um dos objetivos centrais dessa avaliação é permitir identificar e melhorar eventuais falhas dos líderes no cumprimento de suas funções.
 
Feedback sincero: Uma das premissas da avaliação 360° é que o avaliado não tenha conhecimento da identidade das pessoas que responderam a pesquisa a seu respeito. O anonimato permite que as fontes consultadas realizem avaliações mais sinceras a respeito do colaborador, o que influi para que ele tenha um impulso mais forte de mudar seu comportamento.
 
Ambiente organizacional favorável: Os bons resultados de mudança de comportamento dependem, entre outros aspectos, do desejo de mudança de cada indivíduo e do ambiente organizacional favorável. A empresa precisa zelar pelo clima leve e de dedicação dos seus funcionários.
 
Como aplicar a avaliação de empresas 360°: Abaixo vou listar as quatro etapas que devem ser seguidas para a aplicação do modelo de avaliação 360° em seu negócio.
 

Etapa 1 – Desenho do Perfil de Liderança e Definição de Método

 
Nessa primeira etapa é essencial que a equipe de recursos humanos responsável pela avaliação 360° elabore o perfil de liderança eficaz para a empresa em questão. O avaliador deve ter bem claro quais são as características do líder que melhor impactarão no bom andamento da organização.
 
A partir do perfil de liderança traçado, chega o momento de definir de que maneira será feita a avaliação. O questionário deve ser elaborado visando descrever os principais comportamentos e competências do colaborador que está sendo avaliado. As perguntas devem ser pensadas para definir se o funcionário em questão possui os atributos de que a sua empresa necessita.
 

Etapa 2 – Escolha dos Fornecedores de Feedback

 
A definição dos fornecedores de feedback é feita pensando nas relações desenvolvidas pelo avaliado. O setor de recursos humanos deve procurar indivíduos da rede de contato do colaborador que tenham a possibilidade de avaliar o seu trabalho. As fontes escolhidas devem ser orientadas a não serem muito rigorosas e nem muito solidárias com o avaliado. Além disso, é essencial que seja mantida a confidencialidade dos envolvidos no processo de avaliação.
 

Etapa 3 – Contato do Avaliado Com os Feedbacks

 
Trata-se da etapa mais relevante do processo de avaliação de desempenho, pois é nela que o colaborador avaliado é exposto aos feedbacks a respeito de suas competências e comportamentos, tornando-se passível de mudanças. Para tornar o colaborador engajado em realizar as mudanças necessárias é essencial que os feedbacks tenham embasamento na realidade e no que é possível de ser feito.
 
Os pontos levantados nesse processo de avaliação devem ter sentido tanto para o bom andamento da companhia como para o profissional em questão. O avaliado terá uma ideia mais precisa do que foi abordado nesse feedback se contar com relatórios palpáveis em relação a: número de entrevistados, comparação com os resultados de sua autoavaliação, indicação de citações recorrentes e assim por diante.
 

Etapa 4 – Avaliação 360° Integrada ao Sistema de Recursos Humanos

 
Para que a realização dessa avaliação de desempenho seja benéfica e assertiva é fundamental que ela esteja integrada a outras políticas do setor de recursos humanos, como processos de recrutamento de novos funcionários, promoções, concessão de bônus, entre outros.
 
O que você achou da avaliação 360°? Deixe seu comentário!