O alvo de toda empresa deve ser a Qualidade Total

O alvo de toda empresa deve ser a Qualidade Total

O termo qualidade total foi cunhado pela primeira vez em 1956 e, desde então, evoluiu como conceito até chegar à definição de atendimento irrestrito das demandas dos clientes. É importante deixar claro que companhias de todos os portes podem se valer desses conceitos para atingir a melhora contínua de seus processos. Trabalhar focado em estratégias que visem reduzir o desperdício e melhorem os resultados finais é essencial para o sucesso da organização.
 

O Que é Qualidade Total?

 
Em 1956, o engenheiro Armand Feigenbaum – especialista em qualidade e fundador da General Systems – proferiu pela primeira vez a expressão qualidade total com o objetivo de esclarecer que a qualidade dos processos de uma empresa só poderia ser obtida através de um trabalho global em que todos os envolvidos tivessem esse foco.
 
Nesse conceito, a gestão da qualidade passa a ter um leque mais amplo de objetivos que extrapolam os limites da empresa e que visam oferecer satisfação e qualidade para todos aqueles que estão envolvidos de alguma maneira com a organização. Podem ser incluídos como públicos de uma companhia fornecedores, consumidores, distribuidores, entre outros.
 

A Busca Pela Melhoria Contínua

 
O principal objetivo da qualidade total é estabelecer a melhoria contínua dos processos produtivos da empresa. Esse método administrativo tem caráter multidisciplinar, em que são combinadas diferentes ferramentas, técnicas e programas visando chegar ao final do processo com a satisfação de todos aqueles que participaram de alguma maneira.
 
Contudo, o conceito de qualidade aplicado a negócios nem sempre foi tão amplo. Num primeiro momento, era entendido como qualidade ter um resultado final sem defeitos. Sendo assim, a empresa deveria se preocupar apenas em produzir com o máximo de assertividade possível em relação às funcionalidades do seu produto ou serviço. Não existia foco nos processos e nem nos envolvidos, só importava o resultado final.
 

Por Que a Qualidade dos Processos é Importante?

 
Para aqueles que ainda têm dúvidas a respeito de gestão da qualidade, pode parecer um pouco abstrata a importância da qualidade dos processos. A questão se torna mais clara quando pensamos quais são os focos de atenção do conceito de qualidade total: corte de custos, eficiência produtiva, aumento da produtividade com inteligência e cuidado com danos ambientais.
 
Ao longo do desenvolvimento do conceito de qualidade total, se percebeu que era necessário contar com dados e métodos de verificação de condições micro e macro do ambiente organizacional. As empresas passaram a ter um trabalho mais direcionado para encontrar o equilíbrio entre a produção de seus itens (sejam produtos ou serviços) e a entrega dos mesmos.
 

As Ferramentas de Qualidade Total

 
Dentro da gestão de qualidade existem algumas ferramentas que podem ser utilizadas para a implementação da busca pela melhoria contínua. Essas ferramentas geralmente têm caráter estatístico e devem ser de conhecimento de todos os que estão envolvidos na empresa.
 
É interessante que a organização ofereça treinamentos para que seus funcionários possam ter conhecimento, de que maneira realizar esses processos corretamente. Algumas das ferramentas que podem ser utilizadas para chegar a qualidade total são: Diagrama de Pareto, Fluxograma, Histograma, Diagrama Ishikawa (Espinha de Peixe), Folha de Verificação e Diagrama de Dispersão e Controle Estatístico de Processo (CEP).
 
Uma ferramenta da qualidade que se tornou bastante conhecida e utilizada por muitas empresas nos últimos anos foi o Programa 5S. Basicamente, se trata de um conjunto de ações que permite criar um ambiente de trabalho leve e seguro para todos. As normas ISO também têm sido amplamente utilizadas por companhias que desejam tornar o seu trabalho mais inteligente e com menos custos.
 

Quais São os Benefícios de Implantar a Qualidade Total em Empresas?

 

Amplo conhecimento a respeito dos processos de produção

 
O conhecimento é a chave para inúmeras melhorias. Antes da implantação da qualidade total, muitas empresas não sabem quais são os processos produtivos que realizam como um todo. A partir desse conhecimento se passa a ter mais controle do trabalho e compreensão de que maneira é possível melhorá-lo.
 

Redução de custos

 
Quando os processos são pensados para oferecer o máximo de satisfação para todos os envolvidos, passam a ser realizados com mais inteligência. A eficiência na forma de utilizar os recursos humanos e financeiros permite reduzir o total de custos da companhia a longo prazo.
 

Melhor relacionamento com todos os envolvidos

 
A qualidade total permite estabelecer vínculos mais efetivos com todos os envolvidos na cadeia produtiva. Oferecendo processos bem realizados e redondos, a organização se torna mais próxima dos seus parceiros e clientes, o relacionamento passa a ser mais positivo.
 

Imagem sólida

 
Empresas que trabalham com qualidade total passam a ter uma imagem mais sólida no mercado, tanto em relação a eventuais parceiros – dando margem para negócios mais lucrativos – como aos clientes. A imagem é essencial para que uma empresa se torne a escolhida num mercado com tantas opções.
 
O que você achou do conceito de qualidade total? Comente, pois quero muito saber sua opinião!