Quanto vale sua empresa?

Quanto vale sua empresa?

Quando temos um bem, seja um imóvel ou automóvel, conseguimos ter uma ideia sobre o quanto eles valem com bastante facilidade, seja por meio de outros bens parecidos ou tabelas, como no caso dos carros. Porém, quando se trata de uma empresa, se torna mais difícil ter uma noção do quanto ela vale. Mas saiba que é possível saber o valor de um negócio realizando um cálculo chamado valuation, em que são levados em consideração os ativos e passivos da organização.
 

Por Que Devo Saber o Valor da Minha Empresa?

 
Muitos empreendedores nunca pararam para pensar sobre o valor de sua empresa porque não viram necessidade. Entretanto, fazer o valuation pode trazer diversos benefícios para o negócio, como:
 
• Possibilita que sejam identificados os pontos que fazem a empresa valer mais.
 
• E também aqueles que fazem com que ela valha menos.
 
• Saber quanto exigir de pessoas que desejem se tornar sócias do negócio.
 
• Ter visão sobre o crescimento da empresa com o passar do tempo.
 
• Saber quanto pedir para um comprador, caso esteja interessado em vender o negócio.
 
• Conhecer melhor a situação financeira da empresa.
 
Por meio de cálculos periódicos, um empreendedor irá saber se ele está criando valor em sua empresa. É um tipo de informação extremamente útil para gerentes, investidores e a diretoria de uma forma geral, para que entendam melhor as suas falhas e acertos e busquem o melhor caminho para que o negócio se desenvolva. Inclusive pode ser interessante passar essa informação para fornecedores e clientes, para que saibam que se trata de uma empresa na qual eles podem confiar.
 

Como Calcular o Valor da Empresa

 
Fazer o cálculo do valor de uma empresa não é uma tarefa simples e exige um amplo conhecimento da área financeira. Inclusive, se você quiser realizar o cálculo para vender todo o negócio ou parte dele, é interessante que procure um profissional, pois ele saberá incluir na conta os ativos intangíveis, como a presença da sua marca no mercado, por exemplo. O que irei mostrar aqui é uma simulação básica, que leva em conta o fluxo de caixa com os passivos descontados.
 
A técnica mais conhecida de Valuation se chama Fluxo de Caixa Descontado. Trata-se de uma estimativa sobre os ganhos da empresa para o próximo período, que costuma ser de cinco anos. A projeção de caixa no futuro é trazida para o presente, dando uma noção de retorno sobre investimento.
 
1º Passo: Faça o cálculo do fluxo de caixa e subtraia os gastos que envolvem o funcionamento do negócio, como: salários dos funcionários, despesas com água, luz, telefone, internet, etc.
 
2º Passo: Defina uma taxa de desconto, ou seja, leve em conta os riscos que envolvem o seu negócio e estipule um valor que os represente. Se é um negócio que envolve mais riscos, logo a taxa deve ser maior.
 
3º Passo: Agora é hora de finalizar o cálculo, subtraindo a taxa de desconto do fluxo de caixa, daí vem o nome Fluxo de Caixa Descontado. O resultado é o valuation da sua empresa, que é o valor pelo qual você pode vendê-la em totalidade ou apenas uma porcentagem.
 

Valuation: Um Processo Amplo e Cheio de Detalhes

 
Como disse anteriormente, avaliar uma empresa é algo que envolve muitas informações e, para fazer um cálculo correto, é necessário contar com a orientação de um profissional. É muito comum que pessoas diferentes definam valores diferentes para um mesmo negócio. Isso porque se trata de um conceito subjetivo, em que cada um utiliza os seus conhecimentos e técnicas para chegar ao resultado.
 
Geralmente, os especialistas em valuation levam em consideração os seguintes aspectos ao realizar o cálculo:
 
• O fluxo de caixa da empresa.
 
• Sua presença no mercado.
 
• O mercado de uma forma geral.
 
• As informações da técnica escolhida.
 
• O seu conhecimento.
 
Como se pode ver, são informações que não possuem um padrão e variam de acordo com a visão de quem está realizando o cálculo. O professor de finanças Aswath Damodaran, autor do livro “Valuation – Como Avaliar Empresas e Escolher As Melhores Ações”, afirma que não existe uma fórmula mágica para calcular o valuation de uma empresa. Para ele, as técnicas usadas por grandes empresários não serão eficientes para quem tem um pequeno negócio, por exemplo, pois cada um tem as suas particularidades.
 
Em casos de venda da empresa ou quando um dos sócios deseja vender a sua participação, é natural que as duas partes interessadas contratem um profissional diferente para fazer o cálculo. Cada um irá em busca o especialista de sua preferência para que ele defina o valor mais justo. Como, provavelmente, os valores definidos por cada um serão diferentes, é importante que os interessados entrem em um consenso para chegar a um número comum. Afinal, existe um conflito de interesses e quem vai vender sempre quer o maior preço.
 
Você já realizou algum tipo de cálculo para saber o valor da sua empresa? Sabia o quanto o valuation é importante mesmo que não tenha interesse em vendê-la? Compartilhe sua experiência comigo nos comentários.