Liderança Feminina nas empresas

Liderança Feminina nas empresas

É fato que as mulheres estão cada vez mais conquistando o espaço que lhes é de direito no mercado de trabalho, entretanto, um longo caminho ainda precisa ser percorrido. A desigualdade salarial e de oportunidades vem diminuindo, mas ainda existe e deve ser combatida. Felizmente, cada vez mais organizações estão percebendo o valor que a liderança feminina tem e os benefícios que ela pode trazer. Continue acompanhando e saiba mais a respeito do assunto.
 

Benefícios da Liderança Feminina Para as Empresas

 
Se antes os altos cargos em grandes empresas eram considerados masculinos, hoje isso está mudando e várias companhias passaram a ser comandadas por mulheres. A palavra de ordem da atualidade é igualdade, entretanto, existem algumas características comuns ao sexo feminino que podem oferecer vantagens a elas em relação aos homens.
 

Relacionamento Interpessoal

 
Não é só uma impressão, pesquisas já comprovaram que as mulheres realmente têm maior facilidade para lidar com pessoas. Essa habilidade é positiva porque ajuda a promover um ambiente mais agradável, que faz com que os colaboradores se sintam mais motivados e, consequentemente, produtivos. Além de ser positivo para o bom relacionamento com colegas de trabalho, também ajuda a aumentar os níveis de satisfação dos clientes.
 

Trabalho em Equipe

 
Saber trabalhar em equipe é uma habilidade bastante desejável pelas empresas, e as mulheres têm maior facilidade em agir de forma colaborativa com seus colegas de trabalho. Os homens costumam superestimar suas capacidades, minimizando a de seus colegas, por isso hesitam mais a trabalhar em equipe. Já as mulheres conseguem julgar melhor suas habilidades, e, portanto, costumam buscar sugestões e ajuda dos outros membros da equipe.
 

Comunicação Eficaz

 
Um líder deve ter a capacidade de estabelecer uma comunicação clara com seus liderados, clientes e consumidores. E, quando o quesito é comunicação, as mulheres também costumam sair à frente. Elas tendem a ser melhores ouvintes do que os homens, o que é indispensável para se comunicar de maneira eficaz. Essas habilidades ajudam no desenvolvimento dos colaboradores, motivação, reduzem a necessidade de retrabalhos, etc.
 

Ambiente Mais Agradável

 
Por todos os motivos que citei nos outros tópicos, as mulheres ajudam a promover um ambiente mais amigável de trabalho. Elas sentem mais empatia pelos colegas e são mais compreensivas, como resultado os colaboradores se sentem mais acolhidos pela empresa. Isso ajuda a melhorar a produtividade e a reter talentos, já que o bem-estar é algo bastante valorizado e fundamental para se ter uma carreira de sucesso.
 

Exemplos de Liderança Feminina no Brasil

 
Quando se trata de mulheres na liderança o Brasil ainda não é uma referência no assunto. Entretanto, já temos exemplos de grandes empresas que possuem líderes femininas. Conheça algumas delas e suas trajetórias de sucesso.
 
Luiza Helena Trajano – Magazine Luiza: Quando se fala em empreendedorismo feminino no Brasil o nome mais lembrado é o dela, que comanda a rede de lojas Magazine Luiza. Seu papel foi fundamental para o desenvolvimento da companhia, que atua em dezesseis estados brasileiros e conta com uma loja online. Luiza é uma grande entusiasta do empreendedorismo feminino e acredita que as empresas deveriam ter cotas de funcionárias mulheres como uma medida para acabar com a desigualdade de oportunidade que existe no país.
 
Viviane Senna – Instituto Ayrton Senna: Dona de um sobrenome bastante conhecido pelos brasileiros, ela é irmã do piloto falecido em 1994. Psicóloga por formação, ela se tornou empreendedora ao fundar uma instituição para levar educação a crianças que não tinham acesso. O instituto foi fundado no mesmo ano em que Ayrton faleceu e, em mais de 20 anos de existência, já ajudou mais de 15 mil crianças e ofereceu formação a quase 700 mil educadores.
 
Chieko Aoki – Blue Tree Hotéis: Nascida no Japão, Chieko é formada em Administração de Empresas pela USP e Administração Hoteleira pela Cornell University, nos Estados Unidos. Ela é fundadora e presidente da rede de hotéis Blue Tree e já foi considerada como uma das mulheres de negócios mais poderosas do país. Já foi presidente do LIDEM (Grupo de Mulheres Líderes Empresariais) e fez parte da Academia Brasileira de Marketing.
 
Ana Theresa Borsari – Diretora da Peugeot no Brasil: Advogada por formação, Ana trabalhava no Procon quando foi convidada para comandar o departamento de atendimento ao cliente da filial da Peogeot no Brasil. De lá para cá muita coisa mudou e hoje ela é diretora geral, foi a primeira mulher na empresa a assumir toda a divisão em um país. O universo das montadoras de carro era considerado masculino e ela afirma que usa o fato de ser mulher como um ponto positivo e nunca negativo.
 
Essas mulheres são fontes de inspiração para tantas outras empresárias espalhadas pelo país. A grande maioria delas precisa superar alguns obstáculos, como a cultura patriarcal das empresas e provar que elas têm tanta capacidade quanto os homens para serem boas líderes. Mais do que apenas falar sobre diversidade, é preciso colocá-la em prática nas organizações, sejam elas de pequeno, médio ou grande porte.
 
Sua empresa possui líderes femininas? Deixe um comentário contando a sua opinião e experiência sobre o assunto!