Publicidade Mobile - Nova forma de Busca por produtos

Publicidade Mobile - Nova forma de Busca por produtos

A publicidade mobile tem se tornado uma das principais ferramentas de divulgação de produtos e serviços podendo ser responsável pela conquista de novos consumidores. As empresas que desejam se fortalecer e destacar no mercado devem se adaptar e desenvolver estratégias de marketing relevantes para esse novo formato. Já vivemos a era da internet e aos poucos os dispositivos móveis vem galgando mais espaço no cotidiano das pessoas.

Publicidade para pequenas e médias empresas você confere as dicas no meu canal. Inscreva-se agora!

A Publicidade Mobile é o Novo Canal de Divulgação de Produtos

Pare e pense em quanto tempo você passou navegando na internet de um dispositivo móvel, como smartphone e tablet, apenas hoje. Esses aparelhos se tornaram sinônimo de diversão e ocupam parte do tempo livre de muitas pessoas sendo um dos canais mais eficientes para estabelecer uma comunicação. Se antes as marcas tinham nos comerciais de TV e anúncios de revistas pontes diretas com os consumidores, agora o caminho é digital e portátil.

Os dois pilares para o futuro da publicidade certamente são o tempo que as pessoas passam na internet e a migração de computadores para dispositivos móveis. As estratégias de marketing atuais devem levar em consideração esses fatores para que as companhias encontrem um canal satisfatório de comunicação com o seu público-alvo.

Questão de Adaptação

Tendo compreendido a relevância da publicidade mobile no presente e no futuro da divulgação da sua organização bem como de seus produtos/serviços confira como adaptar a comunicação para esse formato.

1 – Remarketing

O chamado remarketing nada mais é do que oferecer uma segunda chance de compra para o potencial consumidor que visualizou um determinado produto numa loja virtual, mas não concluiu o pedido. Provavelmente você já se surpreendeu ao abrir seu Facebook ou e-mail e se deparar com o anúncio de um item que te interessou em algum site. Trata-se de um sistema interligado que permite que o anunciante encontre esse interessado em outros meios e então mostre a ele que é possível fechar negócio com boas vantagens. Um mecanismo que contribui para a jornada de compra se concluir positivamente.

2 – Publicidade personalizada

A maior parte do público que utiliza dispositivos móveis em seu dia a dia deseja receber atenção personalizada por meio de publicidade direcionada. Isso quer dizer que uma das adaptações mais significativas que podem ser feitas é a de compreender que o público não deve ser segmentado por fatores como idade, gênero entre outros.

Uma dica é contar com ferramentas que permitam prever o comportamento de compra dos usuários lhe enviando lembretes nos momentos-chave criando assim um vínculo. As pessoas desejam a personalização, isto é, querem ter a impressão de que a publicidade da marca é pensada especificamente para elas.

3 – Adaptabilidade dos aplicativos

Empresas de todos os portes já reconhecem a relevância de contar com um aplicativo que ofereça alguma facilidade para os consumidores. Contudo, muito mais do que simplesmente ter um app é mantê-lo atualizado e prático. Tenha em mente que dispositivos móveis têm espaço de armazenamento limitado de forma que de tempos em tempos os usuários fazem ‘faxinas’ deletando tudo o que não tem mais uso ou que está defasado.

Atualizar o app e adicionar novas funções é fundamental para não perder os usuários que tem contato diário com a sua marca e podem utilizar os seus serviços ou comprar seus produtos com apenas alguns cliques. O recado é simples, não basta apenas desenvolver um app é necessário mantê-lo relevante.

4 – Atenção às solicitações excessivas de dados

Algumas organizações podem ir com muita sede ao pote no que diz respeito à captação de dados dos usuários do seu site ou aplicativo. Antes de desenvolver uma plataforma que demande o preenchimento de muitos dados lembre-se que ninguém tem tempo para ficar numa mesma página mais do que alguns minutos e que pode parecer invasivo dar algumas informações.

Dentre os dados pessoais que boa parte dos usuários não tem problemas em ceder estão geolocalização, hábitos alimentares, tempo diário de atividades físicas ou mesmo rotina de sono. Obviamente quando esses dados irão resultar num feedback personalizado para o usuário.

5 – Redes sociais

Já faz algum tempo que as redes sociais aparecem no topo da lista de principais canais de divulgação e nos próximos anos isso irá se consolidar com ainda mais força. Contudo, não são somente os gigantes como Facebook e Instagram que prometem um crescimento exponencial, os e-mails irão aumentar a sua fatia de participação.

A dica é que seja feita uma análise do público-alvo que se deseja impactar determinando em quais redes ele passa a maior parte do seu tempo online tendo mais assertividade na publicidade.

6 – Vídeos

A tendência é que a publicidade mobile na forma de vídeos aumente consideravelmente nos próximos anos, contudo, a mudança sensível que se poderá observar é um comportamento menos invasivo dos anunciantes que irão trocar os anúncios pré-vídeo por inserções no meio de vídeos de canais relevantes para a sua marca.

Gostou das dicas de como se adaptar a publicidade mobile? Compartilhe esse artigo em suas redes sociais!

Publicidade Mobile e assuntos relacionados a Marketing para empresas você confere no meu canal do Youtube. Inscreva-se agora!