Saiba como criar um site de vendas. Veja as dicas.

Saiba como criar um site de vendas. Veja as dicas.

Para quem está se perguntando como criar um site de vendas gratuito e com potencial para se tornar um negócio rentável é válido conhecer algumas dicas. Antes de dar início ao desenvolvimento do layout do site é necessário ficar atento a algumas questões que podem se tornar problemas ou soluções a longo prazo. A internet é um meio bastante democrático em que todos podem estabelecer um empreendimento para chamar de seu, mas é preciso ter atenção para ser bem-sucedido.

8 Dicas de como criar um site de vendas gratuito

Está pensando em criar um site de vendas? Então confira as dicas que listei abaixo para que esse seu sonho se torne realidade!

1 – Saiba qual é seu nível de conhecimento para criar o site

Existem diferentes opções de plataformas para criar sites gratuitos e cada uma delas apresenta suas próprias particularidades. A dica para quem deseja dar início a um site de vendas, mas não tem conhecimento de programação para desenvolver a página é dar preferência para plataformas que oferecem layouts prontos como a Wix.

Após preencher alguns dados (se desejar você pode se logar direto pelo Facebook) é possível escolher o template que mais te agrada na sessão de lojas virtuais. Faço o adendo de que a criação de site no Wix é grátis, mas para usar alguns recursos como domínio próprio é necessário para uma taxa que começa em R$ 9,90.

2 – Cuidado com a falta de personalização

A mesma facilidade que plataformas como a Wix oferecem para quem não tem experiência em programação, pode se tornar um problema. Geralmente esses sistemas não oferecem muitas opções de template de maneira que muitas lojas virtuais passam a ter um visual semelhante. Se você está começando um pequeno negócio talvez não precise se preocupar com isso agora, mas vá juntando dinheiro para poder investir numa estrutura paga mais adiante.

Outra opção é apostar em plataformas que têm um pouco mais de complexidade como é o caso da WordPress. Com diversos plug-ins essa plataforma oferece funcionalidades adicionais pagando uma taxa de US$ 2,90 dólares por mês. Os problemas dessa plataforma são a quantidade excessiva de publicidade e a restrição de não poder usar um domínio próprio.  

3 – Otimização de SEO

Mais um ponto que deve ser considerado para a escolha de uma plataforma de montagem de sites grátis é a otimização de SEO, recurso que permite que as páginas apareçam mais bem colocadas no ranking de buscas do Google.

4 – Integração com os Correios

Para atender melhor o público consumidor da sua loja virtual é interessante contar com uma plataforma que possua integração com os Correios como é o caso da Loja 2. Nessa plataforma também está disponível a integração com o Google Analytics que permite gerenciar com mais efetividade o seu site.

5 – Fotos dos produtos

Falando na plataforma Loja 2 é importante mencionar que uma de suas restrições na modalidade gratuita diz respeito a quantidade de fotos que podem ser adicionadas por produto, apenas uma por item. O consumidor online gosta de poder ver aquilo que está adquirindo com o máximo de detalhamento possível, então é importante ter mais fotos disponíveis. Com um pagamento mensal de R$ 19,90 essa e outras restrições são removidas dessa plataforma.

6 – Formas de pagamento

Vender pela internet depende de oferecer uma ampla gama de opções de pagamento para os consumidores. A ferramenta BPG, por exemplo, é bastante simples de utilizar, mas conta apenas com o sistema do PagSeguro para receber pagamentos.

Para quem deseja ter mais alternativas para oferecer aos seus compradores, tem a Loja Integrada, que tem como intermediários possíveis PagSeguro, Mercado Pago e PayPal. Quanto mais meios de pagamento mais fácil será para os compradores adquirirem seus produtos.

7 – Número de visitas mensais

O objetivo de todo empreendimento é crescer e se tornar mais lucrativo sendo assim é interessante ter cuidado ao utilizar uma plataforma que limite a quantidade de visitas mensais que o seu site pode ter. A plataforma Loja Integrada, por exemplo, limita esse número em 5 mil visitantes mensais.

Inicialmente pode ser um número bem elástico, contudo, é sempre bom ter em mente que o negócio irá crescer e futuramente esse limite pode ser uma barreira. Novamente destaco a necessidade de juntar dinheiro para investir numa plataforma paga em algum momento.

8 – Faça comparações

Ao longo do artigo listei dicas do que observar e de algumas plataformas de criação de sites de vendas gratuito para que o leitor possa escolher aquele que atende melhor as suas necessidades. Restrições que podem ser impeditivas para alguns empreendedores podem não ter tanto peso para outros. Recomendo que haja um tempo de análise e ponderação antes que a decisão seja tomada em definitivo.

Gostou dessas dicas de como criar um site de vendas gratuito? Compartilhe em suas redes sociais!

 

Copyright:730797961 – https://www.shutterstock.com/pt/g/graphicfarm