Saiba a importância do Giro de Estoque

Saiba a importância do Giro de Estoque

Empreendedores do varejo precisam conhecer e saber como aplicar a métrica de giro de estoque para evitar prejuízos com mercadorias encalhadas. Produtos que permanecem muito tempo estocados não fazem o capital investido girar e num médio ou longo prazo podem acabar se tornando fonte de prejuízo. É essencial que haja um planejamento assertivo quanto ao que se tem em estoque para que haja melhor aproveitamento observando as condições do mercado.

Entenda o que é giro de estoque

Basicamente giro de estoque é uma métrica que permite determinar o tempo que uma mercadoria fica armazenada considerando a sua entrada até a sua baixa, ou seja, a venda sem deixar de observar as trocas. Os varejistas sabem que não é incomum terminar o mês com produtos parados no estoque, contudo, é importante ficar atento para situações em que isso se torna recorrente.

Produtos encalhados por um longo período significam prejuízo na certa para a sua companhia. Para fazer com que o estoque da sua empresa gire não adianta ficar esperando passivamente que as vendas aconteçam. O cálculo do giro de estoque permite identificar a qualidade das mercadorias que estão armazenadas além de eventuais ameaças e oportunidades que elas representam.

Por que o giro de estoque é importante?

O cálculo do giro de estoque permite saber quantas vezes cada mercadoria foi renovada no estoque, ou seja, quantas vendas desse item foram realizadas. Quanto mais um item é vendido mais ele representa lucro para a companhia haja vista que se mostra um verdadeiro campeão de vendas.

A partir dessa previsão o gestor consegue definir quais são os produtos que devem ser estocados em maior quantidade com mais chances de impactar a lucratividade do negócio. Essa métrica avalia a rotatividade dos produtos de maneira a facilitar a compreensão de quais têm potencial para lucratividade ou para prejuízo. Trata-se de uma ferramenta fundamental para a formação de um estoque com chances reais de alcançar boa margem de lucros.

Como é feito o cálculo de giro de estoque?

A base para o cálculo de giro de estoque pode estar na quantidade de itens ou no seu custo. De maneira geral para chegar ao resultado é necessário considerar a quantidade de produtos estocados e o total desses itens que foram vendidos num determinado período. Para que o cálculo seja realizado com o máximo de assertividade é importante determinar qual será o período de análise.

Normalmente se utiliza um ciclo anual, mas destaco que para alguns tipos de produtos – em especial os perecíveis – o ciclo deve ser menor. Verifique quantas mercadorias foram vendidas durante o período em questão e qual o volume médio do inventário. É possível coletar esses dados em referência a produtos ou a preços. Para finalizar basta fazer a divisão dos valores e chegar ao resultado.

Exemplo

Para torna mais simples de compreender o que é o giro de estoque e como fazer o seu cálculo vou exemplificar abaixo na prática:

Considere que sua companhia tem 500 unidades de um produto e que no mesmo período foram comercializadas 1.500 unidades deste item. O cálculo deve ser feito dividindo 1.500 por 500 chegando então ao resultado de 3. Esse resultado demonstra que a reposição dessa mercadoria aconteceu 3 vezes no período considerado.

Também é possível realizar o cálculo considerando o preço do produto em questão, em nosso exemplo seu valor unitário é de R$ 15,00. No estoque há 500 unidades então se tem 15 x 500 que resulta num valor de R$ 7.500,00. Nesse período o volume de vendas corresponde a 15 x 1.500 que resulta num valor total de R$ 22.500,00. Quando se faz a divisão dos valores novamente se chega ao resultado de 3.

Média de estoque

Para as organizações que possuem vários itens armazenados recomendo realizar o cálculo de média de estoque. Basicamente esse cálculo é realizado considerando a quantidade de itens estocados e o seu valor. Exemplifico com um estoque que possui valor de R$ 25 mil e volume anual de vendas na casa dos R$ 350 mil. Nesse cálculo é necessário realizar a seguinte operação: 350.000 por 25.000 tendo como resultado 14.

Utilizando o giro de estoque na prática

Agora que você já sabe o que é giro de estoque e como realizar esse cálculo pode começar a empregar essa métrica no cotidiano de decisões de compra e venda da sua organização. É uma forma de equilibrar o tanto que se compra com o tanto que se vende melhorando assim as oportunidades de negócios. Essa métrica ajuda a formar um estoque com mais consciência do que tem mais chances de impactar positivamente os lucros.

Gostou de saber mais sobre o que é giro de estoque e como utilizar no dia a dia da sua empresa? Compartilhe em suas redes sociais e divida com seus amigos!

 

Copyright:1237494658 – https://www.shutterstock.com/pt/g/gorodenkoff