Atividades que um novo colaborador precisa fazer antes de começar trabalhar

Atividades que um novo colaborador precisa fazer antes de começar trabalhar

Conforme a empresa vai crescendo, o empresário sente a necessidade de contratar pessoas para suprir as demandas que vão surgindo. Porém, a admissão de funcionários não é tão simples quanto parece, e é necessário se atentar para todos os detalhes, a fim de fazer as coisas da maneira certa. No artigo de hoje darei dicas sobre o processo de contratação e todos os passos que devem ser seguidos, confira.
 

O Passo-a-passo da Admissão de Funcionários

 
Após realizar o processo seletivo com os candidatos às vagas, é necessário seguir todas as etapas que envolvem a contratação. Se a sua empresa ainda não conta com um responsável pelos recursos humanos, o contador pode ser de grande ajuda para te orientar em relação a todos os trâmites.
 

Questões Burocráticas: Documentação

 
O primeiro passo da contratação é pedir ao profissional os seus documentos, pois eles serão usados para fazer o registro. Além disso, existe a documentação que a empresa deve providenciar. Veja quais são:
 
Carteira de Trabalho de Previdência Social (CTPS): A carteira de trabalho do profissional é necessária, pois é nela que serão registradas as informações referentes ao emprego, como nome da empresa, cargo, salário, etc.
 
Cópia de Documentos: O novo funcionário deverá levar cópias do seu RG, CPF, título de eleitor e comprovante de residência.
 
Fotos 3×4: É necessário ter uma foto do profissional para colocar na ficha de registro.
 
Ficha de Registro: Esta ficha ficará arquivada na empresa e nela constarão as informações do funcionário.
 
Contrato de Trabalho: Documento que contém todas as informações referentes à contratação, com todos os direitos e deveres do empregado.
 
Opção Vale Transporte: O vale transporte é um benefício concedido pelas empresas para aqueles funcionários que precisam de meios de transporte coletivos para chegar até o local de trabalho. Neste documento o profissional deverá marcar se deseja ou não desfrutar deste benefício.
 
Ficha do Salário Família: Todo trabalhador que tem filhos menores de 14 anos tem direito a receber, todos os meses, um determinado valor, calculado com base em seu salário, por cada filho. Para isso é necessário que preencha uma ficha com todas as informações referentes aos filhos.
 
Declaração de Dependentes Para Imposto de Renda: Os funcionários que tiverem dependentes deverão preencher um formulário para facilitar o cálculo do IR. Esta ficha fica em poder da empresa e à disposição da fiscalização do tributo.
 
Atestado de Saúde Ocupacional (ASO): Documento emitido por um médico do trabalho atestando que o profissional tem plenas condições de exercer o cargo na empresa. O atestado admissional é obtido por meio de um exame, em que o médico verifica a saúde do indivíduo e identifica possíveis limitações físicas. Determinadas funções podem exigir exames mais específicos, como o de sangue, por exemplo.
 

Integração do Funcionário à Empresa

 
Resolvidas as questões burocráticas, é necessário integrar o novo funcionário à empresa. Esta é uma etapa importante porque é nesse momento em que ele irá conhecer melhor o seu novo local de trabalho e entender o seu funcionamento.
 
Políticas Internas: Não é possível cobrar determinadas atitudes das pessoas se elas não souberem exatamente o que se espera delas. Por isso, ter um manual com todas as políticas internas da organização é muito importante. Neste documento deverão conter regras gerais, como: uso da cozinha, estacionamento, postura esperada dos funcionários, uso da internet, etc. Ao entregar o manual, peça para que o funcionário assine um outro papel confirmando que leu e está ciente de todas as normas.
 
Organograma da Empresa: Uma espécie de “mapa” que contém os setores e os nomes dos membros de cada um deles. É interessante porque ajuda o novo colaborador a conhecer melhor a organização e evita que ele fique perdido em meio a todos os outros funcionários.
 
Lista de Sistemas Usados: Na grande maioria das empresas são usados diversos sistemas e, em um primeiro momento, o profissional poderá se assustar ao ouvir tantos nomes que não conhece. Para evitar isso e facilitar a adaptação, ofereça uma lista com os nomes e explicação de cada sistema, para que ele vá se familiarizando aos poucos.
 
Apresentação: Além de mostrar o organograma, leve o novo funcionário para conhecer os novos colegas pessoalmente. Quanto mais receptivas as pessoas forem, mais facilmente ele irá se adaptar.
 
Treinamento: Por mais experiente que o profissional seja, ele precisará de treinamento para entender como as coisas funcionam na empresa. Isso poderá ser realizado por meio de cursos formais ou no dia a dia de trabalho. É interessante eleger um funcionário do mesmo setor em que o novato irá trabalhar para que o acompanhe nesse início e o ensine tudo o que for necessário.
 
Todos os tópicos que citei são muito importantes para uma contratação eficaz. Na parte burocrática, todos os passos são obrigatórios e previstos em lei. No que se refere à integração do novo funcionário, são apenas sugestões que acredito que o farão se sentir acolhido e que irão ajudá-lo a se adaptar com maior facilidade.
 
Você já contratou funcionários para a sua empresa? Compartilhe a sua experiência comigo nos comentários abaixo.