Conheça as principais ferramentas para uma educação empreendedora

Conheça as principais ferramentas para uma educação empreendedora

A educação empreendedora tem se tornado um conceito importante de se difundir entre os jovens do Brasil para que haja o nascimento de uma cultura com maior foco no desenvolvimento de novos negócios e fortalecimento do espírito de liderança. Países desenvolvidos se diferenciam por incentivar o comportamento empreendedor até entre as crianças. Pode ser esse o caminho para que nosso país se torne mais justo e com maior número de oportunidades.

O Papel da Educação Empreendedora


No cenário econômico e social, a educação empreendedora, passou a ter grande relevância para a construção de uma cultura mais forte de indivíduos preparados para
vencer desafios, seja criando soluções na forma de negócios próprios ou mesmo tornando-se mais envolvidos com os papéis que decidiram assumir no mercado de trabalho. Pessoas com perfil empreendedor tendem a se tornar mais facilmente adaptáveis as mudanças que estão cada vez mais rápidas.

Preparo Para a Vida


Quando se fala de educação empreendedora para jovens pode soar estranho para alguns, contudo, empreendedorismo é mais do que simplesmente ter uma ideia e abrir um negócio próprio, trata-se de uma atitude que se toma diante da vida. Indivíduos empreendedores são aqueles que conseguem analisar as ferramentas que têm a mão e utilizá-las com assertividade para resolver demandas que a princípio pareciam muito complexas.

O ensino focado em empreendedorismo proporciona o estímulo da autoconfiança para que esse jovem possa estruturar os seus sonhos pessoais e profissionais. Mesmo que esse indivíduo decida se integrar ao mercado de trabalho como mão de obra terá características empreendedoras para tornar a sua atuação mais significativa e marcante. A força de trabalho demanda pessoas mais proativas com confiança em suas próprias ideias.

Encontrando Soluções Inovadoras


O perfil empreendedor está cada vez mais necessário em diferentes setores, cada vez mais precisamos de pessoas com capacidade de olhar para um problema e encontrar soluções potencialmente interessantes para ele. Não é à toa que os maiores índices de inovação vêm de países que preparam seus cidadãos desde a infância para acreditar em suas ideias e ‘vendê-las’ para os demais. Nenhuma ideia se produz sozinha, sempre será necessário contagiar outras pessoas para tornar seu insight uma realidade.

Atualmente, é considerado como o principal empecilho para o desenvolvimento da atividade empreendedora em nosso país a falta de conhecimento e capacitação para levar adiante uma ideia própria de negócio. Os especialistas da área da educação observam que a maneira mais assertiva de levar a atitude empreendedora para a realidade dos jovens é de maneira transversal, isto é, mesclada a outros conteúdos pertinentes. Aprender matemática, física, português, história entre outras disciplinas com um toque de empreendedorismo torna mais fácil à assimilação.

Ferramentas Para uma Educação Empreendedora


Para quem está pensando em maneiras de criar ambientes educacionais mais propícios para o estímulo do espírito empreendedor vou apresentar algumas ideias a seguir.


– Estímulo a pensamentos criativos


Os pais podem estimular o desenvolvimento de uma atitude empreendedora em seus filhos a partir do estímulo de pensamentos criativos. Criar situações em que as crianças sejam convidadas a pensar em potenciais soluções com recompensas os ajudará a compreender a importância de trabalhar na construção de suas próprias oportunidades.


– Eventos focados em desenvolvimento de ideias


Criar eventos em que as crianças e adolescentes possam assumir um papel de liderança e encontrar soluções positivas para problemas de impacto social é uma forma de mostrar a elas o poder do empreendedorismo além de estimular o desenvolvimento do seu sentimento de solidariedade. Pode ser uma atividade desenvolvida no ambiente escolar ou mesmo como uma iniciativa da comunidade.


– Controle financeiro


Quando existe uma educação focada em ensinar as crianças e adolescentes o valor real do dinheiro e da sua economia se tem a criação de jovens melhor preparados para uma vida adulta mais saudável. O fornecimento de uma mesada pode ser uma maneira de estimular os jovens a ter um planejamento mais efetivo em relação aos recursos que possuem e a forma como investem os mesmos. Uma das barreiras de entrada do mercado empreendedor atual é a falta de recursos que poderia ser menor caso houvesse uma educação financeira mais efetiva.

– Todo mundo pode educar para o empreendedorismo


Embora exista sempre uma ideia de que a educação de uma maneira geral diz respeito aos pais e a escola é importante dizer que todos nós podemos ter um papel significativo na formação de outros indivíduos. Se você é um empreendedor pode compartilhar a sua experiência com os mais jovens e oferecer oportunidades em sua empresa para quem está chegando agora ao mercado.

Trocar experiências com outros empreendedores buscando chegar a soluções melhores e mais justas para todos também é uma maneira de fazer a sua parte no que visa a uma educação empreendedora, lembre-se de que devemos estar sempre aprendendo e melhorando nossa forma de trabalhar para conquistar o que desejamos.

Qual a sua visão sobre a educação empreendedora? Deixe seus comentários abaixo!

 

Saiba mais sobre empreendedorismo para pequenas e médias empresas! Inscreva-se no meu canal. Inscreva-se agora!