Pesquisa Por Voz - O Presente e o Futuro das Pesquisas

Pesquisa Por Voz - O Presente e o Futuro das Pesquisas

Desde que o recurso de pesquisa por voz se tornou uma realidade, muitas pessoas têm substituído o tradicional ato de digitar pelo som de suas vozes. É fundamental para as empresas estarem inseridas nesse tipo de pesquisa que representa o futuro do SEO. Não ter seu negócio no sistema de busca por voz pode significar estar mais distante do novo perfil de consumidor.

Pesquisa por voz e melhorias para empresas, se atualize acompanhando o meu canal. Inscreva-se agora!

Pesquisa Por Voz – O Presente e o Futuro das Pesquisas

A pesquisa por voz abriu um grande leque de possibilidades. Hoje em dia, crianças antes da alfabetização podem fazer consultas de conteúdo pela fala, assim como pessoas da terceira idade, que podem vencer sua dificuldade de digitação e encontrar as respostas que necessitam. Entender como essas mudanças podem impactar sua estratégia de SEO é essencial para tirar o melhor proveito possível da internet para a sua organização.

O mais relevante é deixar claro que a pesquisa por voz não é mais uma ferramenta do futuro, ela já está em pleno uso em nosso presente. Uma pesquisa a respeito demonstrou que mais de 40% das pessoas já utilizam o sistema ao menos uma vez por dia. A maior parte dos usuários prefere a Siri, contudo, Cortana e Alexa também se destacam. Os especialistas em marketing digital alertam que é fundamental que as empresas comecem criar conteúdos otimizados para pesquisa por voz desde já.

Otimização do Conteúdo Para Pesquisa Por Voz

Talvez você esteja se perguntando como tornar seu conteúdo otimizado para as pesquisas feitas por voz. Abaixo listei algumas dicas que contribuirão para esse processo.

1 – Responda questionamentos dos usuários

O fator que torna uma pesquisa relevante ou não, atualmente, é a sua utilidade, isto é, o quanto ele satisfaz as demandas daqueles que estão empreendendo a busca. Considere que o conteúdo deve responder questões que comecem com ‘como’, ‘quando’, ‘qual’, por que’, entre outros.

As pessoas que estão dedicando parte do seu tempo a fazer uma pesquisa desejam resposta para alguma dúvida e ao encontra-la em seu site passarão a ter uma visão de marca diferenciada. Uma questão que ainda precisa de ajustes é o atendimento correto dos termos usados na pesquisa por voz, uma análise de cerca de 850 mil buscas demonstrou que apenas 19,5% encontraram as respostas assertivas.

2 – Ofereça respostas no início dos conteúdos

Ao pesquisar se vai chover no dia seguinte, o indivíduo quer uma resposta objetiva. Para que seu conteúdo possa ser melhor ranqueado nas pesquisas faladas atente para a oferta da resposta logo no início. Após ter concedido a o criador do conteúdo poderá adicionar outras informações que acredite ser relevantes. O esquema mais assertivo é o de dar a resposta e somente depois acrescentar outros dados.

3 – Tamanho dos textos

Um dos critérios utilizados pelos sistemas de busca é a extensão dos artigos sendo que os mais longos são entendidos como mais relevantes. Porém, deve ficar claro que a qualidade também é um critério diferencia, entenda melhor abaixo.

4 – Qualidade do conteúdo

Os algoritmos dos buscadores, como Google, por exemplo, estão cada vez mais bem preparados para identificar conteúdos que são muito rasos ou não tem a qualidade desejada pelos usuários. Dessa forma, não importa quão longo seja um artigo se ele não tiver boas construções de frases e oferecer informações que satisfaçam o público. Somente conteúdo de qualidade é bem ranqueado, os algoritmos dos buscadores são inteligentes então não tente ludibria-los.

5 – Conversa com os chatbots

Os chatbots são sistemas capazes de responder questionamentos dos usuários por meio de chats em páginas de empresas. Futuramente, se prevê que esse tipo de sistema seja capaz de manter uma conversa falada com os usuários. Um dos aperfeiçoamentos que são exigidos é o do uso de linguagem natural pelos robôs para que seja possível que aqueles que fazem suas perguntas tenham respostas satisfatórias.

6 – Gadgets

A combinação de sistemas de pesquisa por voz e gadgets é outra importante tendência que observaremos crescer nos próximos anos. Algumas grandes corporações já contam com essa sinergia de conteúdo em plataformas inovadoras e de fácil acesso. Investir em sistemas que permitam aos seus consumidores ter acesso aos seus produtos e serviços pode ser uma forma inteligente de pensar no futuro projetando melhores resultados.

7 – Página 1 do Google

Para que o conteúdo da sua organização apareça como uma das primeiras respostas em pesquisa por voz no Google, é essencial que esteja ranqueada na página 1. Isso somente é possível quando se atenta para todas as questões que citei acima, como construção de artigos coerentes e que ofereçam as respostas de que o usuário necessita. Lembrando que, de maneira geral, as pesquisas utilizam menos palavras, então foque em elencar as palavras-chave que se referem ao seu setor.

A pesquisa por voz é uma realidade e promete crescer exponencialmente nos próximos anos, de maneira que empresas que não utilizam esse sistema podem estar perdendo boas oportunidades.

Saiba mais sobre Pesquisa por voz para empresas. Inscreva-se no meu canal!