Como ajudar um profissional vencer a timidez?

Como ajudar um profissional vencer a timidez?

Timidez ou vergonha, aspectos que afetam em determinado momento muitas pessoas, pois as levam a apresentarem características e sintomas, que, se não “tratados”, acabam atrapalhando sua vida pessoal e profissional. Existem também aqueles indivíduos que são mais afetados e simplesmente não conseguem desenvolver um diálogo com desconhecidos, muito menos fazer uma apresentação em público no trabalho, por exemplo.
 
Para solucionar esta questão, principalmente no ambiente organizacional, é preciso ter bastante jogo de cintura, já que não é possível esperar que todos sejam iguais e tenham os mesmos comportamentos e reações diante dos acontecimentos do dia a dia. Outro ponto também a ser levado em conta é que para muitas áreas de um negócio, como a financeira, análise de dados e tecnologia da informação, ter um profissional com um perfil mais reservado e introspectivo, é perfeitamente natural e muito bem-vindo.
 
Você, enquanto empreendedor e empresário, assim como os gestores e demais colaboradores de sua empresa, precisam compreender, que a origem da timidez de determinada pessoa que faz parte da sua empresa, pode ser incerta, mas o seu papel diante disso é ajudá-la a vencer este, que talvez seja um grande empecilho para o seu crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional.
 

Como identificar um colaborador tímido?

 
Trata-se de uma pessoa de atitudes altamente reservadas e isoladas, que não gosta e não tem muito interesse em participar de grupos, brincadeiras mais expansivas ou emitir ideias, sugestões e opiniões se não for solicitado. É alguém que tem dificuldades em permitir aproximações, pois apresenta expressões mais fechadas, que dificultam o relacionamento com seus colegas de trabalho.
 
Porém, não quero aqui focar apenas em aspectos introspectivos do colaborador mais tímido, pois, apesar de tudo, estou falando de um profissional sério, focado, analista, observador, com quem é possível contar de maneira eficaz a qualquer momento.
 

De que maneira a timidez prejudica?

 
O que prejudica o profissional com características introspectivas? Sua inabilidade de se relacionar com seus pares, pois atualmente, em grande parte das empresas, as principais características que se exigem de um colaborador é participar do trabalho em grupo, comunicar-se com facilidade, bem como a proatividade. No entanto, estes não são aspectos inerentes de um indivíduo extremamente tímido, e pelo fato das organizações buscarem profissionais cada vez mais ousados, que saibam se posicionar de maneira adequada, contribuindo para o crescimento da equipe e da empresa como um todo, ele pode acabar perdendo grandes oportunidades por não conseguir se expressar de acordo com aquilo que o meio lhe pede.
 

O que você pode fazer para ajudar?

 
Esperar que um colaborador mais tímido se livre totalmente da timidez de uma hora para outra é uma expectativa muito alta, que talvez lhe traga algumas frustrações. Para que isso não aconteça, o que você pode fazer é incentivar que ele faça alguns exercícios e desenvolva determinadas atitudes e comportamento, para que assim, você não perca um bom profissional e ele possa demonstrar seu potencial e interagir mais com os colegas.
 

A leitura pode ser um bom começo

 
Um gestor mais atento pode ajudar o colaborador, se aproximando de maneira sutil e sugerindo práticas sociais que melhorem seu relacionamento com o grupo. Um dos principais aconselhamentos que você pode dar ao seu colaborador tímido, para que ele saiba como perder a timidez, é através da leitura de alguns livros técnicos, psicossociais e até mesmo de autoajuda, que vão lhe permitir entender os motivos pelos quais possui tais características e também desenvolver técnicas eficazes para melhorar seus aspectos mais tímidos em seu dia a dia.
 
A leitura vai abrir a possibilidade de conhecimentos, que permitirão ao colaborador manifestar suas ideias com mais habilidade e segurança em seu trabalho na empresa e também em sua vida fora dela.
 

Gere pertencimento

 
Uma boa maneira de fazer isso é disseminando a cultura do respeito mútuo na empresa, incentivando que todos se aceitem e respeitem as características uns dos outros, sem julgar se fulano é melhor ou pior do que cicrano. Mostre a seus colaboradores tímidos que todos que fazem parte da organização estão ali para se ajudar a serem melhores a cada dia, e para que isso aconteça, é preciso que eles se permitam e se deixem pertencer ao grupo e às equipes de trabalho.
 
Neste sentido, uma boa dinâmica que você pode fazer com os tímidos e também os não tímidos, consiste em fazer simulações, encenações onde todos assumem um papel de mais comunicativos e utilizam os vários departamentos da empresa e os diferentes cargos para simular situações onde estão mais abertos. Isso vai lhes permitir vivenciar uma nova experiência, perceber como seria se agisse de forma diferente e conhecer uma nova realidade e tomar decisões as quais não estão acostumados.
 
Este vai ser um grande desafio, que será preciso ultrapassar limites, quebrar paradigmas para empregar melhorias e vencer a timidez aos poucos.
 

Mostre o seu apoio

 
O seu apoio será fundamental para que o colaborador saiba como vencer a timidez e, assim, o problema seja consideravelmente diminuído. Mostre-lhe que você está disposto a iniciar esta jornada com ele e que fará o que for necessário para que todos possam aprender novas ferramentas para ultrapassar, dia a após dia, este grande obstáculo.
 
Mas lembre-se de enfatizar, que este desafio somente será vencido se ele o funcionário se permitir ser ajudado, caso contrário, não há técnica ou apoio que sejam capazes de derrubar este muro que ele levantou em volta de si.
 
Minha principal função com este artigo é mostrar a empresários e empreendedores, que é possível melhorar esta situação e apoiar os colaboradores tímidos nesta caminhada para perder a timidez dia a dia. Realmente não é algo que podemos dizer que é fácil, mas não podemos também desistir de bons profissionais, somente porque estes não conseguem desenvolver melhores habilidades de comunicação e relacionamento interpessoal por conta de seu perfil tímido.
 
É preciso ter paciência, sabedoria e muita persistência em casos assim, para que, desta forma, todos sejam mutuamente beneficiados. Lembre-se disso e invista no desenvolvimento de seus profissionais sempre!
 
Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos em suas redes sociais e continue me acompanhando por aqui e através do meu canal no Youtube também.