O que é Ciclo PDCA?

O ciclo PDCA é uma ferramenta que é utilizada para gerir, administrar e melhorar os processos de uma organização de forma continuada. O segredo desse instrumento é trabalhar com continuidade e repetição. Para que haja sucesso na utilização dessa ferramenta é necessário muito planejamento.

O que significa PDCA?

 

PDCA é um acrônimo formado por palavras de origem inglesa. O “P” é a primeira letra da palavra Plan; “D”, deriva do termo Do; já o “C” é a representação da expressão Check; e por fim, temos o “A” que quer dizer Action. Ao trazer essas palavras para o português cada uma significa especificamente: Planejar, executar, verificar e agir.

Mas o que cada verbo do PDCA quer dizer?

Cada uma dessas palavras se refere a uma etapa deste ciclo. Portanto, para que vocês entendam melhor e possam utilizá-lo, vou destrinchá-lo e explicar especificamente como cada passo funciona e como colocá-lo em prática.

Plan – Planejar: Essa é a primeira parte do ciclo e é nessa etapa que você deverá elaborar um bom plano para sua empresa. Esse deve ser idealizado de maneira minuciosa, pois é uma fase primordial, já que é a primeira e fazendo um trabalho benfeito aqui, levará todo o restante a uma boa finalização.

Este planejamento deve ser feito seguindo os objetivos e metas de sua empresa. É aqui que você descobre tudo que sua organização e profissionais precisam. Se existe algum problema que precisa ser solucionado e como será feito, entre outros.

Do – Executar: Nessa etapa você colocará tudo aquilo que antes só existia no papel, em prática. Ou seja, mão na massa! É por isso que o passo anterior deve ser executado com tanto cuidado, pois aqui, você terá de executar seu plano. Se ele foi feito com detalhamento, nessa parte você fará tudo com a maior facilidade, pois não terá de improvisar.

Aqui nessa etapa, também podem ser feitos treinamentos com seus colaboradores e gestores.

Check – Verificar: Logo depois de planejar e executar, agora é hora de conferir como está tudo caminhando. Aqui você pode lançar mão da ferramenta check list. De dentro do seu planejamento, faça uma lista de tudo que precisa ser verificado, pois nessa etapa você precisa se atentar para identificar qualquer possível brecha que ponha em risco seu projeto.

Action – Agir: Nessa fase, após a identificação de possíveis falhas em seu planejamento e execução, é o momento de corrigir tudo, para que você alcance êxito. É nesse momento também, após concluir a revisão e fazer as correções, que o processo se reinicia.

Como essa ferramenta se trata de um ciclo, ela não para nunca. Quando você está quase concluindo, você já está começando novamente. E é um instrumento que sua empresa pode ter e retirar bom proveito, já que com o costume de uso e o alto planejamento que requer você acaba diminuindo qualquer tipo de erro e os acertos se tornam frequentes, impulsionando o crescimento da organização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros Artigos

Marcus Marques

Empresário e Empreendedor
Marcus Marques é mentor e referência em gestão para pequenas e médias empresas. É sócio diretor do Instituto Brasileiro de Coaching - IBC*, empresa líder de mercado construída junto com seu Pai (José Roberto Marques) que tem mais de 500 colaboradores.Seu conteúdo é recomendado pela Exame.com e foi eleito em 2016 Empreendedor do Ano com o #PJB Prêmio Jovem Brasileiro. Com base em sua formação e experiência prática, criou a metodologia Acelerador Empresarial, onde mais de 1.000 empresas já participaram de seus programasQuer conhecer os resultados e o perfil completo? Veja tudo sobre o Marcus aqui.

CONTATE-ME

TERMOS E CONDIÇÕES | POLÍTICA DE PRIVACIDADE

© 2018 MARCUS MARQUES. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

CNPJ:25.048.157/0001-18 – MARCUS MARQUES INSIGHTS LTDA

AL MARACANA – 1029 CEP: 74.674-150 – QUADRA119 LOTE 21 CASA 02 SALA 01