Na visão sistêmica a empresa é analisada como um todo

Na visão sistêmica a empresa é analisada como um todo

Uma das principais competências que um empreendedor de sucesso precisa desenvolver para levar seu negócio para o próximo nível, com certeza, é a visão sistêmica. Mas o que seria isso?  Ter visão é compreender que todas as partes da empresa estão interligadas e devem estar alinhadas e unidas em prol do perfeito funcionamento do seu sonho.

Na prática, isso representa conseguir analisar de forma global tudo que envolve a organização e quais as partes estão sendo influenciadas pelas decisões tomadas pelo líder de forma positiva ou não. Ter este tipo de visão também é o que faz com que o empreendedor consiga administrar seu negócio de forma integral, pensando em todas as suas partes e sem deixar que nenhuma fique negligenciada.

Você tem pensamento sistêmico?

Na verdade, essa é uma característica que pode vir diretamente da personalidade da pessoa ou então pode ser treinada até ser adquirida no ambiente profissional. Conseguir vislumbrar processos do alto, de uma forma que se observe todas as suas faces é uma das grandes vantagens de ter esta competência. E mesmo sem você ter notado, esse tipo de habilidade pode ser usada em todos os âmbitos de sua vida, seja na hora de programar uma viagem e pensar em tudo que se tem que levar no carro ou então, quando se planeja um churrasco com amigos e é necessário calcular quanta bebida comida comprar.

Todas essas situações precisam de uma coisa em comum: planejamento. Essa é a etapa que vem em seguida da visão sistêmica e que complementa a ação de entender as demandas de forma sistêmica. Quando se observa uma situação por completo, você consegue prever possíveis problemas, resolver pequenas alterações na hora mesmo e pensar nos próximos passos. Tendo esse tipo de visão, fica mais fácil de entender qual a tarefa e a demanda que cada um da equipe tem para entregar antes de tudo estar completo. Assim já se sabe que se alguma delas se atrasar, o projeto fica em standy by, mas se todas forem entregues conforme o combinado, o projeto estará pronto.

Isso vale tanto para a construção de novas empreitadas, como em pautas bastante pontuais que sofrem desse efeito cascata, onde se alguém não fizer a sua parte, os demais não conseguem terminar seu trabalho também.

Como treinar sua mente?

Como já comentei antes, todos os dias somos impactados por situações em que podemos colocar em prática nossa abordagem sistêmica. E um dos grandes impeditivos de um trabalho se completar é quando diferentes tarefas estão sendo executadas em separado e sem briefing completo. Essa falta de organização e antecipação é o tipo de desalinhamento que causa atrasos nas entregas ou que deixa funcionários sem um reconhecimento sobre como o seu trabalho será finalizado.
Então, para treinar a sua mente e evitar que problemas aconteçam por pura falta de experiência, aqui vão algumas dicas:

  • Sempre que receber uma demanda que precisa, pare, observe o que está a sua frente e comece a mapear a situação. Faça uma lista do que está acontecendo, quais as etapas necessárias para a tarefa estar pronta.
  • Depois, anote ao lado todas as ações que dependem de alguma outra equipe. E então, comece a checar se quem recebe a tarefa lá no início tem tudo que precisa para executar a sua parte. Depois disso, já atualize a situação para os responsáveis da etapa 3 e assim por diante.
  • Não basta apenas ter um planejamento específico de cada setor sem pensar um todo e em tudo que todos podem precisar. Por isso, aproveite, também, para mapear possíveis problemas, como não possuir o briefing completo, não ter mais matéria- prima, prepare-se para imprevistos e, então já deixe uma “carta na manga” com a solução pronta para qualquer um desses problemas.

 

Vantagens de aplicar a visão sistêmica em sua organização

Até agora eu te ensinei como aplicar a abordagem sistêmica, mas falei pouco sobre as vantagens de incluir isso em seu dia a dia. Depois de muito treino, o líder passa a conseguir relacionar o ambiente externo e o interno, incluindo as tarefas de seus colaboradores, fornecedores e outros sócios.

A principal vantagem que se encontra depois de aplicar esse método é que a empresa se torna mais colaborativa e coordenada. Quando os funcionários se sentem assessorados e tem o apoio necessário para prosseguir com suas tarefas, fica mais fácil de propor mais comunicação e troca de expertises entre os setores.

Além de ser possível propor que essa competência seja cada vez mais trabalhada em todos os níveis de gestão, é muito válido trazer isso para dentro de outras equipes também. Ao incentivar seus colaboradores a praticarem a abordagem sistêmica em seus trabalhos, também, mais e mais projetos estarão cada vez mais alinhados na hora da execução. Com isso, todos se organizam da mesma forma na hora de entender a demanda.

Para que a sua empresa trabalhe mais e melhor, a organização de quem executa as tarefas deve ser muito transparente e de fácil entendimento. E se consegue esse tipo de resultado depois de muito treinamento, conversa e adaptação das equipes ao modelo que o líder for adotar na hora de fazer acontecer um projeto novo.  Tendo uma metodologia flexível e simples, é possível que todos os setores andem alinhados e que trabalhem em prol do objetivo final das estratégias do negócio, que é conquistar sempre grandes resultados.