Quem conquista os benefícios para uma empresa são os colaboradores

Quem conquista os benefícios para uma empresa são os colaboradores

Sim, são os colaboradores. Existe um senso comum e ultrapassado que diz que as empresas devem motivar seus funcionários por meio de benefícios, como se apenas isso fosse determinante para o sucesso do negócio. Porém, isso é colocar apenas na organização toda a responsabilidade pelos resultados e isentar o funcionário, que foi contratado para isso.
 
Não há como negar que os benefícios fazem com que os colaboradores se sintam valorizados, mas não devem ser moeda de troca para produtividade. Os profissionais são contratados pelas empresas para realizarem o seu trabalho e, em troca, receber um salário por isso e é isso o que devem fazer. Os benefícios são um extra que cada organização oferece de acordo com as suas possibilidades.
 

Benefícios São Resultados de Alta Performance

 
No início, é natural que uma empresa não consiga proporcionar grandes benefícios para os seus funcionários, já que o faturamento começa do zero. Com o desenvolvimento do negócio e esforço da equipe os resultados melhoram e, aí sim, é possível oferecer certas vantagens, que podem ser concedidos de diversas maneiras, como participação nos lucros, planos de saúde, entre outras. Parece uma lógica bem simples, certo? Trabalhar para ter bons resultados e contribuir com a empresa para que ela contribua com você.
 
Infelizmente, uma boa parte dos trabalhadores brasileiros não entende. Tanto é que, segundo uma pesquisa da Catho, 57,2% dos profissionais querem participação nos lucros e 45,6% desejam bonificação por desempenho. Mas como dar participação sem lucros ou sem uma alta performance? O que falta a alguns profissionais brasileiros é entender a lógica de que os benefícios são consequência de um trabalho de qualidade e que não caem do céu.
 

A Importância de Dividir as Responsabilidades

 
Não pense que, por ser empresário, não consigo enxergar o lado do trabalhador. Como empresário e empreendedor, eu entendo perfeitamente que o Brasil é um país carente em muitas áreas, mas é preciso dividir as responsabilidades e não colocar apenas nas costas das empresas expectativas como essas.
 
Acredito que os funcionários devem fazer por merecer, ou seja, devem contribuir ativa e espontaneamente para o crescimento da empresa e o alcance das metas financeiras. E sabe por quê? Porque quando o negócio vai bem não há desculpas para o empresário não implementar excelentes benefícios aos seus colaboradores e reconhecer seu trabalho e dedicação por meio dessas melhorias. Sempre digo que as pessoas são parte fundamental do sucesso de um negócio, pois não é possível conquistar um império sozinho. Por isso é importante valorizá-las, mas da maneira certa.
 

Benefícios Conquistados São Mais Valorizados

 
Se você é empreendedor, não faça dos benefícios uma estratégia para motivar funcionários porque, sozinhos, eles não sustentam em nada a motivação. Acredito, inclusive, que o fato de terem que conquistá-los faz com que os colaboradores os valorizem ainda mais. Então, sugiro que se posicione abertamente em relação a isso perante sua equipe e estipule metas e desafios.
 
Se, por outro lado, você é empregado, antes de esperar benefícios da empresa, foque em ser ainda mais produtivo, pois quem faz os benefícios é você, é a equipe. Quando os funcionários ajudam a organização a crescer e a prosperar financeiramente, eles terão muitos benefícios. Mas quando não há cooperação, não tem como o negócio arcar com um retorno de algo que não recebeu ou não recebe de seus colaboradores, porque a conta simplesmente não fecha.
 
Por fim, se você é empresário ou empreendedor, avalie muito bem antes de dar benefícios espontaneamente. Incentive e motive os seus funcionários a merecerem este reconhecimento, pois, assim, todos saem ganhando.
 
E você, o que acha disso, a empresa deve dar benefícios aos seus profissionais ou eles devem conquistá-los por mérito? Compartilhe sua opinião nos comentários!