Conheça o papel do servidor de dados

Conheça o papel do servidor de dados

Você já pensou em investir em um servidor de dados para a sua empresa? Se está em dúvida se isso irá ou não trazer benefícios ou mesmo nem sabe do que se trata, acompanhe o artigo e saiba mais sobre o assunto.
 

O Que é um Servidor de Dados?

 
Antes de mais nada, é importante definir o que é um servidor. Basicamente, trata-se de um computador que fornece informações e softwares a outros computadores ligados a ele por meio de uma rede. Além disso, ele oferece a centralização do gerenciamento de dados, backups e a possibilidade de ter maior espaço para processamento e armazenamento adicionais.
 
Assim como um computador convencional, o servidor também conta com um sistema operacional. O servidor Windows tem uma interface mais amigável e que facilita o acesso dos usuários. Em contrapartida, ele costuma ser mais lento. Já o modelo Linux, por sua vez, é mais rápido e seguro, mas necessita que o usuário tenha mais conhecimento técnico.
 
Em alguns casos, eles são usados para executar aplicativos específicos que exigem mais poder de processamento ou recursos de computação de forma mais eficiente.
 

Quais São as Funções de um Servidor?

 
Sua principal função é armazenar informações importantes para uma empresa, sejam elas arquivos, aplicativos ou softwares. É um local em que todos os funcionários irão armazenar dados, seja como forma de backup de segurança ou para compartilhar com os outros.
 
Ele facilita o dia a dia da empresa compartilhando de forma rápida e prática tudo o que é de interesse de todos os funcionários.
 

Tipos de Servidor

 
Quando falamos sobre servidores, contamos com dois tipos: local e na nuvem. Saiba mais sobre cada um deles.
 

Servidor Local

 
Como dissemos no início, um servidor é, basicamente, um computador que centraliza todos os dados de uma organização. No caso do local, este computador fica na empresa e pode ser encontrado de 3 formas:
 
Torre: Este modelo é o mais básico e recebe o nome de torre porque é composto por um gabinete um pouco mais alto do que o convencional. É uma boa opção para empresas menores e que estão instalando seu primeiro data center.
 
Rack: Quando a empresa é um pouco maior, pode ser necessário ter mais servidores. Nesse caso, para economizar espaço, é interessante fazer uso das racks, que, basicamente, é um sistema que empilha as máquinas em uma espécie de estante. Entretanto, é algo que deve ser feito por empresas que contam com um departamento de TI capacitado para realizar sua manutenção.
 
Blade: Em se tratando de servidores locais, o modelo blade é o mais moderno. Porém, tem o custo mais elevado e não é o mais indicado para pequenas e médias empresas. Ele é mais caro porque é mais compacto do que os outros dois tipos e é muito mais veloz para transferir dados.
 

Servidor na Nuvem

 
Atualmente, grande parte das empresas está trocando seu servidor local por um na nuvem. Ou seja, você contrata o serviço de uma empresa especializada que passa a ter responsabilidade sobre os seus dados. Veja quais são as vantagens dessa opção.
 
Segurança: A segurança de um servidor na nuvem é bem maior do que de um local, pois não há o risco de a máquina ter um defeito e você perder todos os seus dados. Quando se tem um data center próprio é importante se preocupar com sua manutenção. Já no caso da nuvem, a empresa contratada é que passará a cuidar de todos esses detalhes.
 
Acesso Facilitado: Quando as informações da sua empresa estão armazenadas na nuvem, você e seus funcionários poderão ter acesso a elas de qualquer lugar, basta que estejam conectados à internet. Isso possibilita o trabalho home office, por exemplo, uma modalidade bastante utilizada pelas organizações atualmente.
 
Redução de Custos: Manter um servidor local requer mão de obra qualificada, além de hardwares que acompanhem a evolução da tecnologia e da empresa. No caso da nuvem, você contrata um pacote de acordo com suas necessidades e poderá migrar para outras opções conforme o consumo for aumentando.
 
Possibilidade de Contratar Soluções Extras: Um servidor na nuvem possibilita a contratação de soluções extras, como backup, segurança extra, entre outras opções, o que seria inviável em um data center local.
 
A Amazon Web Services é considerada a empresa líder de armazenamento em nuvem e conta com pacotes direcionados tanto para empresas menores quanto para as maiores. Além dela, outras que fornecem esse tipo de serviço são: Google Cloud Storage, HP, IBM, Internap, Microsoft, entre outras.
 

Servidor de Dados: A Tecnologia Como Ferramenta Para o Crescimento

 
Como se pode ver, fazer uso de um servidor de dados irá trazer uma série de benefícios para a sua empresa. Se você tem a intenção de expandir seu negócio, contratando novos funcionários e implementando novos softwares de forma muito mais prática, um servidor irá tornar esse processo muito mais simples.
 
Portanto, não tenha medo de lançar mão da tecnologia em prol do sucesso. Informe-se, estude, e, se necessário, procure especialista em Tecnologia da Informação para te ajudar nessa missão. Em pouco tempo você perceberá os benefícios de centralizar os dados da sua empresa em um servidor.
 
E você já conta com um servidor para sua empresa? Deixe seu comentário abaixo e aproveite e compartilhe este artigo esclarecedor em suas redes sociais.