Você está no emprego certo?

Você está no emprego certo?

Ter dúvidas sobre estar ou não no emprego certo é mais comum do que você imagina. Refletir sobre isso é extremamente importante, afinal o trabalho não deve ser apenas um meio de sobrevivência, mas também de realização e felicidade.
 
Passamos um terço do nosso dia no trabalho. Muitas vezes convivemos mais tempo com nossos colegas do que com familiares. Trabalhar com algo que não nos identificamos durante o dia todo é praticamente uma tortura.
 
Para te ajudar a saber se você está no emprego certo, confira as nossas dicas.
 

As Dúvidas Mais Comuns Sobre Satisfação Profissional

 
Quando as pessoas pensam em seu trabalho, elas tendem a pensar apenas em questões superficiais. Eles se perguntam: Estou ganhando dinheiro o suficiente? Tenho estabilidade? É um trabalho que orgulha meus familiares? Trabalhar nessa empresa me faz parecer importante para os outros?
 
Pode ser que você responda sim para todas essas perguntas e isso dará a falsa impressão de que você deve ser feliz com o que tem. Mas saiba que essas perguntas apenas mostram as barreiras que estão atrapalhando o seu verdadeiro sucesso: medo, preocupação com o que os outros pensam e achar que ganhar dinheiro é o mesmo que ter sucesso.
 
Experimente substituir esses questionamentos clichês por outros muito mais eficientes e que realmente vão trazer as respostas que você precisa.
 

1 – Meu trabalho me desafia?

 
Se você se sente desafiado a buscar resultados cada vez melhores, é bem provável que esteja no emprego certo. O emprego dos sonhos não é simplesmente aquele que paga os melhores salários, mas também o que faz com que seus funcionários sintam vontade de sair da zona de conforto.
 
Sentir paixão pelo que faz é, talvez, a questão mais importante a ser considerada. Infelizmente nem todos têm a oportunidade de começar a carreira profissional em um trabalho assim, porém, essa paixão deve começar na hora de conquistar a vaga de emprego.
 

2 – Estou realizado (a)?

 
O seu trabalho te motiva? A satisfação dos seus clientes dá sentido ao que você faz? Se sua resposta for sim, então significa que você realmente ama o que faz. Confúcio nos aconselhou a fazer o que amamos para não termos que trabalhar um só dia na vida. O que ele quis dizer com isso? Que quando trabalhamos com algo que amamos a obrigação de trabalhar se torna um prazer.
 

3 – Estou em um ambiente agradável e que me permite prosperar?

 
Este também é um ponto importante: a convivência na empresa. As pessoas com quem você trabalha respeitam suas ideias e incentivam a sua participação? Você se sente completamente seguro? Por mais que você goste do que faz, o ambiente precisa ser amigável para que você se sinta bem com o restante da equipe.
 
Se você respondeu sim para as três questões é sinal de que está no emprego certo. Porém, se respondeu não para alguma delas, ou para todas, não se desespere. Sempre é possível recomeçar e ir em busca de um trabalho que te dê satisfação.
 

Estou no Emprego Errado: O Que Fazer?

 
Se você constatou de que não está realizado no seu atual emprego é bom ligar o sinal de alerta e começar a agir. Isso não significa ir até a sala do seu chefe e pedir demissão agora, mas sim começar a traçar o caminho para mudar a situação.
 
A palavra mágica para resolver esses e outros problemas da vida é: planejamento. Tudo o que é feito com cautela e inteligência tem muito mais chances de dar certo do que o que é decidido no calor do momento.
 

Procurando um Novo Emprego

 
Antes de pensar em trocar de emprego é importante saber o tipo de emprego que você deseja. Se ainda tem dúvidas, fazer um teste vocacional pode ser uma ótima opção. Por meio dele você irá descobrir qual sua área de interesse e as profissões mais indicadas.
 
Depois de saber o que procurar é hora de arregaçar as mangas e se capacitar para conseguir o tipo de emprego ideal. Obviamente, não é um tipo de mudança fácil e não deve ser feita do dia para a noite. Porém, não deixe para depois. Se você não tomar uma atitude, poderá passar a vida em um trabalho que não te faz feliz.
 

Quer Ter Meu Próprio Negócio

 
O ideal é deixar para pedir demissão apenas depois de ter conseguido outro emprego. Porém, se seu sonho envolver abrir seu próprio negócio, o ideal é se prevenir e fazer uma reserva, que poderá ser usada até sua empresa começar a dar lucros ou em casos de emergência. O ideal é que essa reserva seja o equivalente a 6 meses do seu salário, pois esse é um período razoável para que você consiga se organizar.
 

Não Existe Emprego Perfeito

 
Para finalizar, é importante deixar claro que, por mais realizado e feliz que um profissional seja, ele irá passar por problemas, pois não existe emprego perfeito. Sempre vai ter um colega chato, um cliente exigente demais, um chefe que não é tão amigável, etc.
 
Cabe a você colocar na balança todos os pontos positivos e negativos do seu trabalho e ver o que pesa mais. Um bom salário é realmente muito bom, mas sem satisfação e paixão o preço a se pagar fica alto demais se comparado a uns zeros a mais no final do mês.
 
Quanto vale a sua felicidade?