Dicas para superar a crise financeira empresarial

Dicas para superar a crise financeira empresarial

Infelizmente a crise financeira é algo pelo qual grande parte das empresas brasileiras já passou. Este problema pode ser resultado de despreparo para gerir o negócio, crises econômicas, entre outros fatores. No artigo de hoje darei dicas sobre como sair da crise e recuperar a sua empresa. Continue acompanhando e saiba que atitudes devem ser tomadas nessa situação.
 

Como Sair da Crise e Recuperar Sua Empresa

 
Todo empreendedor começa um negócio porque tem o sonho de que ele dê certo. Por isso, ver aquilo que você sonhou em uma situação negativa é algo bastante desanimador. Certamente este é um momento de fragilidade para os empresários, porém não se deve usar isso como desculpa para não reverter o problema.
 
Antes de mais nada, é importante que o gestor reconheça que a empresa está passando por uma crise e que será necessário rever certas atitudes. Ter humildade para reconhecer os seus erros e usá-los como aprendizado é o primeiro passo para que tudo se resolva.
 

Analise a Situação Atual da Empresa

 
Para entender como sair do vermelho e resolver os problemas primeiro é necessário conhecê-los. Então, verifique o fluxo de caixa e entenda em que momento as coisas começaram a sair do controle. Se houver um funcionário responsável pelas finanças, ele será muito importante nesse processo e poderá te dar todas as informações que precisa.
 
Não tenha medo de somar as dívidas e ver o valor total que precisará para quitá-las. Entendo que pode ser assustador, principalmente se for uma quantia alta. Porém, fugir da realidade não irá ajudar em nada, muito pelo contrário. Então, encare o problema de frente e assim conseguirá encontrar formar para resolvê-lo.
 

Renegocie as Dívidas Com os Credores

 
Veja para quem você está devendo, se são bancos, fornecedores, empresas prestadoras de serviços. Então, entre em contato com seus credores, explique a sua situação e tente renegociar as dívidas. É muito difícil encontrar uma empresa que não aceite a proposta de renegociação, já que é melhor receber aos poucos do que não receber nada.
 
Vale lembrar que, antes de tentar a renegociação, é necessário que você analise a situação financeira da empresa e defina os valores que poderá pagar por mês. Afinal, não adianta nada negociar valores que não poderá honrar. Então vá falar com os credores com os valores em mente e faça a sua proposta. Não aceite nada que não possa pagar, pois senão o problema irá se tornar uma bola de neve.
 
Se não puder negociar tudo de uma vez, faça uma lista das dívidas que são mais urgentes. Se tiver com salário dos funcionários em atraso, pague o mais rápido possível e evite ao máximo que isso se repita. Além do grande risco de sofrer ações trabalhistas, não pagar os funcionários vai deixá-los desmotivados e sem ânimo para trabalhar, o que é altamente prejudicial para sua empresa.
 

Corte Custos Desnecessários

 
Verifique quais são os custos que poderão ser cortados do orçamento da empresa. Deixe as demissões apenas para último caso, pois dispensar funcionários importantes só irá gerar acúmulo de funções e isso pode acabar em mais problemas. Pense nas despesas gerais que podem ser cortadas e naquelas que podem ser reduzidas, como água, luz e telefone, por exemplo.
 
Reúna os funcionários, explique a situação e diga que precisará contar com a colaboração de todos para que a situação seja resolvida. É importante que eles sejam incentivados a ajudar na recuperação da saúde financeira da empresa, pois com trabalho em equipe tudo irá fluir melhor.
 

Separe as Finanças Pessoais das da Empresa

 
Não é porque você está passando por um problema financeiro pessoal que poderá retirar dinheiro do caixa da sua empresa para resolver. Entenda que mesmo sendo o dono do negócio é importante fazer essa divisão para o seu próprio bem. Repassar seus prejuízos pessoais para a empresa é altamente prejudicial e, agindo assim, estará acabando com as chances de aumentar os seus lucros e sair da crise de forma sustentável.
 
Então, aproveite este momento de reestruturação para pôr fim a este costume e reestruturar, também, as suas finanças pessoais. Aplique as medidas que está tomando na empresa no seu dinheiro e veja como tudo ficará melhor e mais organizado.
 

Controle o Fluxo de Caixa Diariamente

 
Fazer um controle eficiente do fluxo de caixa é fundamental para que a saúde financeira da empresa seja mantida. Se possível, utilize um software de gestão para registrar todas as entradas e saídas de dinheiro e utilize esses dados para tomar decisões muito mais acertadas.
 
Outra vantagem de fazer o fluxo de caixa é que ele permite que você faça previsões financeiras para os próximos meses. Dessa forma, poderá prever um saldo negativo e tomar uma atitude para evitar que isso aconteça. Por isso, se sua empresa ainda não tem um fluxo de caixa, comece agora mesmo e verá o quanto isso trará mudanças positivas.
 
Agora que você já sabe como sair da crise financeira poderá tomar atitudes mais vantajosas para a sua empresa. Passar por problemas financeiros é complicado, mas é algo que traz muito aprendizado. Então, use tudo o que aprender a favor da sua empresa e recomece.
 
Gostou do artigo? Aproveite para compartilhar com os seus amigos empreendedores e em suas redes sociais.