8 Tipos de absenteísmo e como lidar com cada um deles

Os gestores de recursos humanos devem conhecer os tipos de absenteísmo de maneira, a saber, como lidar mais assertivamente com cada um deles. É natural que os funcionários precisem faltar de vez em quando por motivos diversos e em muitos desses casos as faltas são justificadas. No entanto, se deve ficar atento quando há um grande volume de ausências, em especial quando elas se concentram num mesmo setor.

Conheça os 8 tipos de absenteísmo e como lidar com cada um deles

O absenteísmo no trabalho se caracteriza como as ausências físicas, isto é, as faltas. Para mensurar se a taxa está alta ou dentro de um padrão aceitável se deve considerar a quantidade de ausências num determinado período. A situação ideal é aquela em que o colaborador justifica sua falta e tem um motivo plausível para não comparecer. Cabe ao seu gestor imediato e ao departamento de RH verificar a procedência do motivo de falta.

No entanto, nem sempre as faltas são justificadas e têm um motivo relevante. Os gestores de RH devem se ocupar de entender quais fatores podem estar levando ao aumento das faltas e como contornar essa questão que acaba comprometendo seriamente a produtividade. Abaixo listei os 8 tipos de absenteísmo e como lidar com eles.

1 – Questões pessoais

Os problemas não escolhem dia e nem horário para surgir, algumas pessoas acabam faltando ou se atrasando para o expediente para resolver uma demanda pessoal. Se isso acontecer uma vez ou outra até não se torna algo difícil de gerenciar pela companhia, porém, se passar a ser recorrente pode se tornar um empecilho para a produtividade.

A dica é conversar com o funcionário quando houver um número significativo de faltas ou atrasos sem justificativa. Talvez ele esteja passando por um momento complicado em sua vida e com algum auxílio possa voltar a ser um bom colaborador.

2 – Problemas de saúde

Um dos principais fatores de absenteísmo no trabalho é a existência de algum problema de saúde. Os colaboradores enfermos podem ter que se afastar de suas funções durante um determinado período até que estejam melhores.

Os gestores de RH devem ficar atentos quando dois ou mais funcionários se afastam por um mesmo problema de saúde, pois pode ser decorrente do ambiente corporativo. Alergias respiratórias podem estar sendo agravadas pelo ar condicionado que precisa de manutenção, por exemplo.

3 – Problemas de infraestrutura

A falta de espaço e/ou de um mobiliário adequado para as atividades laborais pode resultar em mais faltas. Com o passar do tempo os profissionais podem desenvolver problemas como LER (Lesão por Esforço Repetitivo) ou simplesmente encontrar desculpas para faltar. Ninguém gosta de permanecer num espaço limitado e limitante.

A companhia deve fazer uma análise da sua infraestrutura de tempos em tempos buscando oferecer o melhor para os seus colaboradores em termos de recursos e conforto. A produtividade aumenta e o absenteísmo é reduzido.

4 – Baixa expectativa de crescimento

Se os colaboradores da sua empresa não observam oportunidades reais de crescimento e promoção dificilmente se sentirão motivados. Entendendo que não tem necessariamente um futuro na organização é possível que os colaboradores comecem a faltar sem justificativas plausíveis.

Criar um plano de carreira para os colaboradores mais dedicados não só reduz o número de faltas sem motivos como também corrobora para torná-los mais eficientes em suas funções. Todo mundo sai ganhando.

5 – Desmotivação

A taxa de absenteísmo pode crescer consideravelmente se os funcionários da companhia se sentem desmotivados. Além de faltas sem justificativa esse fator pode refletir numa diminuição de produtividade de maneira geral. Entender quando o fator motivador das faltas é a insatisfação com o trabalho ajudará a desenhar estratégias mais assertivas para aumentar a motivação dos colaboradores, engajamento é essencial para ter equipes com bons resultados.

6 – Assédio

Sentir-se assediado, seja moral ou fisicamente, é um motivo bastante sério para não querer comparecer ao trabalho. O bullying dentro de empresas não só existe como pode ter resultados desastrosos incluindo ações por danos morais. Identificar comportamentos inadequados e punir os eventuais agressores é crucial para ter uma companhia fortalecida e reconhecida como um bom local para trabalhar.

7 – Ambiente estressante

Quando uma pessoa está inserida num contexto estressante é natural que tudo em que consiga pensar seja em formas de fugir. O RH deve ficar atento às condições ambientais dedicadas aos colaboradores de diferentes setores. Um número expressivo de funcionários com atestados por doenças de fundo emocional é um indicativo de que tem algo errado. A construção de um ambiente saudável é o segredo para contar com profissionais mais presentes.

8 – Depressão

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Depressão, é a doença mais comum no mundo atualmente. Muitos profissionais podem passar a ter um comportamento faltoso em decorrência dessa doença e nem ao menos saber que estão com esse problema. Independente dos fatores desencadeantes da depressão é responsabilidade da empresa oferecer acompanhamento para os funcionários.

Gostou de conhecer os 8 tipos de absenteísmo e como lidar com eles? Deixe seus comentários!

 

Copyright: 1054142684 – https://www.shutterstock.com/pt/g/elnur

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros Artigos

Marcus Marques

Empresário e Empreendedor
Marcus Marques é mentor e referência em gestão para pequenas e médias empresas. É sócio diretor do Instituto Brasileiro de Coaching - IBC*, empresa líder de mercado construída junto com seu Pai (José Roberto Marques) que tem mais de 500 colaboradores.Seu conteúdo é recomendado pela Exame.com e foi eleito em 2016 Empreendedor do Ano com o #PJB Prêmio Jovem Brasileiro. Com base em sua formação e experiência prática, criou a metodologia Acelerador Empresarial, onde mais de 1.000 empresas já participaram de seus programasQuer conhecer os resultados e o perfil completo? Veja tudo sobre o Marcus aqui.

CONTATE-ME

TERMOS E CONDIÇÕES | POLÍTICA DE PRIVACIDADE

© 2018 MARCUS MARQUES. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

CNPJ:25.048.157/0001-18 – MARCUS MARQUES INSIGHTS LTDA

AL MARACANA – 1029 CEP: 74.674-150 – QUADRA119 LOTE 21 CASA 02 SALA 01