O Que é Change Management e Como Aplicar em Processos da Empresa?

Mudança é uma palavra que pode parecer um pouco assustadora para alguns gestores, porém, adotando a metodologia Change Management (Gestão de Mudanças) é possível passar por essa fase de uma forma bem mais tranquila e segura. Planejamento e a correta execução dos detalhes é crucial para que as empresas que precisam mudar de estratégia ou de processos no decorrer de sua jornada no mercado.

O que é Change Management?

Trata-se de uma metodologia estrutural que visa tornar mais fácil de implementar mudanças que tenham sido planejadas para a companhia. A observação dos mínimos detalhes para que esses processos sejam executados é o que determina o seu sucesso e a possibilidade de ter benefícios a médio e longo prazo conservados.

A base desse método está em identificar quais são os principais impactos que a mudança que se pretende realizar pode acarretar para as pessoas individualmente e também no contexto geral da equipe da qual fazem parte. O período de transição entre os processos antigos e os novos deve ser cercado de uma orientação efetiva. Essa gestão de mudanças deve focar na companhia como um todo e envolver todos os setores, mesmo aqueles que aparentemente não estão ligados com as mudanças.

Qual a origem do Change Management?

A difusão da internet criou uma nova situação para o mercado de uma forma geral, antes dela a estabilidade era uma das palavras de ordem sendo que os gestores das companhias não tinham grandes preocupações no que diz respeito a mudanças. A partir do momento em que se passou a ter mais transparência e a possibilidade da realização de trabalho remoto os gestores perceberam que precisavam adotar estratégias flexíveis que pudessem ser mudadas conforme se mostrasse necessário.

As companhias passaram a ter que observar com maior atenção o impacto dos seus valores diante do público e a forma como seus colaboradores se portavam. Mais fatores passaram a fazer parte do escopo do que é relevante para a construção e fortalecimento de uma marca em seu segmento de atuação. Para que esses fatores não só pudessem ser compreendidos, mas alterados se mostrou necessário ter uma metodologia de gestão de mudanças.

Change Management: A base da metodologia

Respondendo às necessidades das companhias que precisavam estruturar eventuais processos de mudanças surgiu a metodologia Change Management que está focada em quatro pontos:

– Escala: mudanças podem impactar boa parte da companhia ou ela como um todo.

– Magnitude: diz respeito ao quanto as mudanças serão significativas no contexto atual.

– Duração: pode levar meses ou até anos para que a mudança se estruture.

– Importância: determina o quanto a mudança é relevante para a estratégia da organização.

Os indivíduos e as equipes como um todo precisam estar motivados para contribuir para a realização das mudanças e a aceitação das mesmas. Somente quando a percepção de cada indivíduo estiver voltada para a nova realidade será possível colher os seus frutos.

Como aplicar o Change Management em processos da empresa

Agora que você já sabe o que é Change Management e para que serve vou explicar como aplicar em processos da sua companhia.

– Quebra das barreiras de resistência

Mudança sempre causará medo e incerteza em algum grau nas equipes, para que a sua empresa passe por esse momento de transição da melhor forma possível é importante realizar um trabalho de comunicação junto aos seus colaboradores para que fique claro o quanto será positivo o resultado final. Esse é o momento de fomentar o surgimento de novos líderes e a descoberta de novas habilidades.

– Envolvimento de todos os setores da companhia

Independente de qual seja a mudança que se está implantando é essencial saber que ela irá – mais cedo ou mais tarde, em maior ou menor escala – afetar a todos os setores da empresa. Uma forma de realizar um trabalho eficaz é identificar líderes em todos os departamentos e engajá-los na divulgação dos pontos positivos das mudanças. Todos os colaboradores devem ter seus valores alinhados com os da companhia assim como o seu desejo de trabalhar para alcançar melhores resultados.

– Avaliações contínuas do processo de mudança

Não se deve ter a ilusão de que todos os processos de mudança irão transcorrer de acordo com o previamente planejado. Estar preparado para eventuais desvios do caminho original é fundamental e para que esses ‘problemas’ possam ser diagnosticados com tempo hábil para serem solucionados é necessário realizar um processo contínuo de avaliação.

No momento em que se está estruturando o planejamento do Change Management é válido considerar o desenvolvimento de alguns planos B. O gestor deve ter sempre em mente que mesmo que não consiga concluir uma etapa de acordo com o desejado sempre terá uma nova possibilidade de alcançar a meta na etapa seguinte.

Gostou de conhecer a metodologia Change Management? Deixe seus comentários abaixo!

 Copyright: 547543738 – https://www.shutterstock.com/pt/g/relif

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros Artigos

Marcus Marques

Empresário e Empreendedor
Marcus Marques é mentor e referência em gestão para pequenas e médias empresas. É sócio diretor do Instituto Brasileiro de Coaching - IBC*, empresa líder de mercado construída junto com seu Pai (José Roberto Marques) que tem mais de 500 colaboradores.Seu conteúdo é recomendado pela Exame.com e foi eleito em 2016 Empreendedor do Ano com o #PJB Prêmio Jovem Brasileiro. Com base em sua formação e experiência prática, criou a metodologia Acelerador Empresarial, onde mais de 1.000 empresas já participaram de seus programasQuer conhecer os resultados e o perfil completo? Veja tudo sobre o Marcus aqui.

CONTATE-ME

TERMOS E CONDIÇÕES | POLÍTICA DE PRIVACIDADE

© 2018 MARCUS MARQUES. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

CNPJ:25.048.157/0001-18 – MARCUS MARQUES INSIGHTS LTDA

AL MARACANA – 1029 CEP: 74.674-150 – QUADRA119 LOTE 21 CASA 02 SALA 01